Fatores de Grande Importância Relacionados ao Design no e-Commerce

Se na vida, de uma forma geral, uma imagem pode valer mais do que mil palavras, na internet essa premissa também é verdadeira. No comércio eletrônico global, o design de loja virtual é visto como um de seus pilares, o que justifica a atenção dada a este aspecto dentro do ecommerce.

O estilo da loja deve ser bem representado:

O mercado em que os diversos tipos de loja virtual estão agrupados é tão vasto, quanto competitivo. E é justamente esta competição que se empreende para vender online a motivadora de se possuir uma identidade visual impactante, de modo a atrair as pessoas.

· Dê especial atenção à página inicial:

Algumas práticas existentes no comércio tradicional são fundamentadas em estudos envolvendo comportamentos das consumidores. O que apresenta-se de forma mais atrativa também pode ser aplicado em uma loja virtual, mas de maneira adaptada. Assim sendo, a página inicial de uma loja online deve ter funções análogas às de vitrines, ou seja, é preciso que consiga promover interesse quanto ao consumo.

· Adote um design que seja responsivo:

O site de vendas precisa ser algo atrativo em todas as suas particularidades. Começando pelo nome da loja, passando pelo slogan e por questões relativas ao design. Neste último caso, o perfil responsivo é mais explorado pelos usuários, já que a tecnologia móvel é mais utilizada em atividades cotidianas.

· É importante que a plataforma seja intuitiva:

A importância de se desenvolver uma plataforma para comércio envolve também os detalhes inerentes ao design. O consumidor sempre almeja por ter suas demandas rapidamente atendidas. Em outras palavras, é de grande valia que todos os elementos virtuais deste tipo de loja sejam funcionais.

Como dispor as imagens no site:

As imagens gratuitas, assim como os demais tipos, possuem enorme parcela de mérito nas vendas pelo ambiente virtual. A escolha do que ilustrará a comercialização online é relevante a fim de que haja harmonia e atratividade. Essa dinâmica vale para empresas que integram o ecommerce Brasil e para as do restante do mundo.

· Considere a hierarquia das mercadorias:

Os produtos potencialmente mais interessantes aos usuários precisam surgir primeiro nas páginas de compras. Esta estratégia é verificada em diversas lojas virtuais, devendo ser acompanhada por empresas de portes variados. O consumidor tende a não expressar o mesmo interesse pelo comércio, caso os produtos exibidos a ele não sejam do seu interesse.

· Pense em ações para datas comemorativas:

O design personalizado para ocasiões específicas pode gerar mais vendas. O país conta com algumas datas comemorativas e outras são oriundas de festividades internacionais. Para os dois casos, contudo, recomenda-se que se altere o estilo conforme o que se está em alta em um dado momento. Há, por exemplo, Black Friday, Dia das Mães, Natal, Dia das Crianças, bem como uma variedade de dias ou períodos cuja comemoração poderá ser altamente lucrativa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.