O Investidor Brasileiro

Pesquisa da ANBIMA realizada com mais de 3,3 mil pessoas de todo o país para conhecer os hábitos de poupança e de investimento da população brasileira levantou informações importantes para entender o comportamento do investidor brasileiro. Em respostas espontâneas, ou seja, sem opções de escolha, apenas 45% da população disse conhecer um ou mais tipos de produtos, com destaque para a poupança, citada por 32%. Abaixo, você conhece um pouco mais do perfil do investidor brasileiro.

Efetivamente, apenas 42% dos brasileiros tinham algum saldo aplicado em produtos de investimento. Dessas pessoas, apenas 9% investiram algo em 2017. A poupança é o principal destino das economias dos investidores brasileiros. O perfil predominante é daqueles com mais de 25 anos, maior escolaridade, renda superior a dois salários e pertencentes às regiões Sudeste, Sul e Centro-Oeste (39%). Quando analisada exclusivamente a renda, 44% das pessoas que recebem mais de dez salários declaram guardar dinheiro na poupança. O percentual cai para 28% entre os entrevistados que ganham até dois salários mínimos.

investidor brasileiro

Fonte: ANBIMA

Para o investidor brasileiro, a segurança é o principal motivo que o leva a investir (54% dos investidores). Ele não enxerga os produtos financeiros como uma forma de maximizar o patrimônio ou auferir ganho, mas como uma maneira de guardar o que economizou em um lugar seguro. A busca por retorno financeiro aparece em segundo lugar entre as motivações (16% dos investidores). O motivo que aparece em terceiro lugar (12%) é poder sacar sem prejuízo o dinheiro guardado.

Minha Casa – Minha Vida: O Destino das Aplicações dos Investidores Brasileiros

A compra do imóvel próprio é o principal objetivo das aplicações financeiras do investidor brasileiro. Veja abaixo os principais objetivos pelos quais o brasileiro guarda dinheiro:

  • 31%: Comprar imóvel
  • 15%: Emergências
  • 11%: Comprar veículo
  • 10%: Viagens
  • 7%: Empreender
  • 6%: Estudo
  • 6%: Futuro dos filhos
  • 6%: Construção/reforma de casa
  • 5%: Aposentadoria
  • 5%: Uso quando necessário

Gerente, O Amigo da Onça

O gerente do banco continua tendo papel fundamental para o investidor brasileiro. Veja abaixo como o brasileiro se informa sobre investimentos:

  • 41%: Conversando com o gerente do banco ou do corretor de investimento
  • 33%: Conversando com amigos e parentes
  • 29%: Sites de notícias
  • 17%: Consultorias de  investimento
  • 11%: Apps de corretoras
  • 9%: Blogs e fóruns de investimento
  • 5%: Não buscam informações
  • 3%: Meios de comunicação

Números Alarmantes

  • Apenas 9% dos brasileiros fizeram investimentos em aplicações financeiras  em 2017
  • Apenas 22% dos que não investiram em 2017 têm a intenção de fazer uma aplicação financeira
  • 47% dos brasileiros acreditam que serão sustentados pelo governo na aposentadoria
  • 76% dos brasileiros não sabem qual é a rentabilidade da poupança

14 comentários em “O Investidor Brasileiro

  1. Investidor Concursado Responder

    Números alarmantes que refletem bem a falta de educação financeira dos brasileiros.

    Infelizmente num futuro próximo teremos uma legião de idosos passando fome esperando o governo cuidar delas. Muito triste.

    “47% dos brasileiros acreditam que serão sustentados pelo governo na aposentadoria”

  2. Longe do Limite Responder

    Nunca fomos tantos, mais ainda pertencemos à ponta da pirâmide, Uó.

    Analisando a pesquisa mais a fundo, constatamos que o desconhecimento do que seja educação financeira não é um problema tupiniquim, mas mundial.

    Sei que aqui você focou nos nossos números (e eles são horríveis), mas eles são surpreendentemente melhores que muitos países desenvolvidos, como os dos países escandinavos e até mesmo os do Japão.

    Abraço!

  3. RKinvetimentos Responder

    Uo, o povo brasileiro não tem nem m.. para defecar mas está no estádio de futebol enchendo o saco, fica 50 anos pagando ingressos futebolísticos, depois na velhice enche o saco do governo.
    Falei e disse

  4. Anônimo Responder

    Fato interessante é o seguinte, quando eles colocam que o motivo da poupança é a casa própria pode ter certeza que na maioria dos casos é poupança para guardar a entrada do financiamento imobiliário.

  5. Aprendiz Responder

    Essa pesquisa só demonstra o quão falido está o sistema de educação brasileiro. Mal se ensina português e matemática básica nas escolas imagina ter matéria de “educação financeira”.

  6. Investidor Fuleiro Responder

    No meu trabalho, em uma empresa de razoável porte, só conheçoais duas pessoas que se interessam por investimentos.

    Infelizmente a obsessão pela casa própria mina a capacidade do brasileiro de procurar outras oportunidades de fazer o dinheiro trabalhar pra ele.

    Fuleiro
    investidorfuleiro.blogspot.com

  7. Dinheiro Investimento e Lazer Responder

    Ótimo post!

    Ainda há muito trabalho a ser feito, no ramo das finanças pessoais e dos investimentos.

    A boa noticia, é que já 9% dos brasileiros se informa sobre investimentos em blogs e fóruns de investimento.

    Daqui a uns 10 anos, com o crescimento dos blogs e dos canais do YouTube, a percentagem pode passar de 9% para uns 20%. O que é bom, tanto para nos que temos blogs de finanças e investimentos, como para as pessoas que vão ficar com mais informação sobre este tema!

    Abraço e bons investimentos.

  8. André Responder

    Lamentável, Uó! Acredito que seja, de fato, a realidade da população brasileira.

    Mesmo “à nossa volta”, como o Anon1 citou acima, a maioria não investe. Podem ter casas, carros, viagens, mas a maioria ainda depende do seu salário mensal. Gostaria de imaginar qual seria a porcentagem das pessoas que possuem uma reserva de emergência equivalente, ao menos, a 6 meses de seus gastos mensais. Eu chutaria abaixo de 5%…

    Triste ainda que tantas pessoas ainda dependam do gerente do banco… Talvez os FIIs de agências sobrevivam um pouco mais do que eu imaginava rsrs

    Abraço!

  9. Adri Responder

    Brasileiro ganha pouco e quem consegue ou pode investir, a maioria desses não possui ‘educação sobre investimentos financeiros.
    Outros possuem medo e ficam na poupança.

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Cachorro que foi mordido por cobra tem medo de linguiça. rs

  10. Vagabundo Responder

    47% dos brasileiros acreditam que serão sustentados pelo governo na aposentadoria… Nao vai ter viaduto suficiente pra tanto indigente.
    A obsessão pela casa própria acaba minando a capacidade de poupança. Quem ao trancos e barrancos guarda um dinheirinho na poupança gasta tudo pra dar entrada num imóvel e depois fica preso ao financiamento. Ao final do financiamento está mergulhado na mais completa ignorância financeira e acostumado a viver de contra cheque a contra cheque, por isso nem liga mais pra investir pois afinal conquistou o sonho da casa própria.

  11. Anônimo Responder

    Não acredito muito nesses dados!

    Pois a minha volta, conhecido de trabalho, colegas de escola e tal, todos têm aplicação financeira, Fundo de Bancos é o principal.

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Bom, na minha família, sou um dos poucos que investe. Pode ter certeza que esta é uma realidade brasileira.

    • Anônimo Responder

      A sua volta não representa nem 0,001% dos brasileiros!
      Temos que lembrar sempre disso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.