Pergunta do Contribuinte: Faz sentido declarar a restituição do imposto de renda do ano anterior sendo que foi a própria Receita Federal que me pagou? É realmente obrigatório declarar agora em 2019 a restituição que recebi em 2018?

Esta é uma dúvida muito comum para contribuintes que receberam restituição do imposto de renda no ano anterior. A resposta é sim, restituições de exercícios anteriores recebidas são rendimentos isentos e não tributáveis e precisam ser declaradas no imposto de renda anual.

Declaração de Restituição Recebida no Ano Anterior

O contribuinte que recebeu restituição de imposto de renda em 2017 deve declará-la na ficha Rendimentos Isentos e Não Tributáveis. O valor do imposto restituído no ano passado deve ser declarado com o código 25 – Restituição do imposto sobre a renda anos-calendário anteriores. Se o contribuinte recebeu mais de uma restituição no ano passado (no caso de ter caído na malha fina em anos anteriores e a restituição ter sido depositada em 2018), ele deve somá-las.

restituicao do imposto sobre a renda de anos calendario anteriores

E o imposto de renda pago no ano passado, preciso declarar? Veja a resposta neste tutorial.

26 thoughts on “Como Declarar Restituição Recebida no Ano Passado?

  1. Estou incluindo essa informação na minha declaração mas diferente dos anos anteriores agora esta pedindo o CNPJ da fonte pagadora da restituição do IR, alguém sabe onde consigo esse CNPJ?

  2. Isso acontece quando você poe o valor, clica em ok, e depois abre denovo o msm lançamento. Experimente excluir e lançar novamente, só ira aparecer a frase denovo qdo vc abrir novamente o lançamento. Comigo deu certo

  3. Quanto a declaração de IR restituído no ano anterior, o link “Perguntão”, disponibilizado no site da Receita Federal, não menciona se o valor deve ser atualizado conforme o recebido no lote de restituição ou o valor gerado na declaração, apenas diz que deve ser declarado conforme item:
    282 — O valor recebido em restituição do imposto sobre a renda é tributável?
    Esse valor não se caracteriza como rendimento tributável, devendo ser informado como rendimento não tributável na declaração.
    Acredito que por não se tratar de valor tributável, o mesmo não precisa ser o atualizado para informar e sim apenas o já constante da declaração anterior.

  4. Pessoal, mesma duvida do ano passado mas não entendi como resolveram, alguem pode me ajudar como resolveram este problema: “Ja existe registro para este tipo de rendimento. O mesmo só pode ser já formado uma vez. O valor atual será exibido para edição e também a questão do amigo Léo acima:
    Boa tarde. Alguém pode informar se o valor a ser declarado é o valor já com a correção para a data do recebimento em contato corrente, ou o valor que constava na declaração entregue no ano anterior?
    Com correção ou sem a correção do valor? e ainda o cnpj da fonte pagadora da receita federal?
    Muito Obrigado

  5. Boa tarde. Alguém pode informar se o valor a ser declarado é o valor já com a correção para a data do recebimento em contato corrente, ou o valor que constava na declaração entregue no ano anterior?
    Com correção ou sem a correção do valor?

  6. oi alguém sabe orientar sobre essa frase?“Ja existe registro para este tipo de rendimento. O mesmo só pode ser já formado uma vez. O valor atual será exibido para edição.”
    me ajudem por favor.PRECISO DA RESPOSTA SÓ MANDAR NO MEU EMAIL: [email protected]

  7. estou declarando como :” rendimentos isentos não tributáveis” tipo de rendimento : 25
    como não tenho o valor recebido correto ( com as correções ) estou declarando com o mesmo valor constante da declaração do ano anterior .

  8. SÓ PRECISA FAZER ISSO MESMO PARA DECLARAR Restituição Recebida no Ano Anterior? PORQUE EU FIZ ASSIM COMO VC DEMOSTROU AI.VERIFIQUEI E NÃO HÁ PENDÊNCIAS MAS ,FICA ESCRITO PERTO DO VALOR DA RESTITUIÇÃO DO ANO ANTERIOR A SEGUINTE FRASE: JÁ EXISTE REGISTRO PARA ESTE TIPO DE RENDIMENTO.O MESMO SÓ PODE SER INFORMADO UMA VEZ.O VALOR ATUAL SERÁ EXIBIDO PARA EDIÇÃO. ESTÁ CORRETO?

  9. Estou com a mesma dúvida. Acho que vou enviar assim mesmo, pois esta mensagem não gera pendência ao clicar em “verificar pendências”.

  10. ano passado fiz declaração separada do meu marido. este ano entrarei como dependente dele. como declaramos as restituições de ambos recebidas ano passado? somamos as duas? não especificamos quanto é referente a cada um?

  11. A DIRPF 2018 demanda CNPJ da fonte pagadora. Qual CNPJ da Receita federal, já que ela foi a pagadora da minha restituição em 2017?

  12. Boa noite pessoal!

    Na minha declaração apareceu a mesma mensagem, mas confesso que nem me preocupei com isto, vejam abaixo…

    Ja existe registro para este tipo de rendimento. O mesmo só pode ser já formado uma vez. O valor atual será exibido para edição

    Como não gerou inconsistência mandei bala, rs. Entrem em contato com a Receita Federal para entender melhor esta mensagem, porque realmente é confusa.

    Abraço!

  13. Não declarei os anos de 2014 e 2015, mas tenho imposto retido na fonte nesses anos. Tenho como fazer a declaração desses anos para restituir esses valores?

  14. Olá, coloquei o valor da restituição que recebi o ano passado, porém aparece uma informação logo abaixo dizendo: “Ja existe registro para este tipo de rendimento. O mesmo só pode ser já formado uma vez. O valor atual será exibido para edição.” Alguém sabe do que se trata, já que não inserir o valor em nenhum outro campo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.