Nunca declarei poupança no imposto de renda. É necessário declarar poupança no imposto de renda? Resposta: cadernetas de poupança ou contas poupança são aplicações financeiras e, se tiverem saldo superior a R$ 140 em 31/12 do ano anterior, então devem ser declaradas. Contas com saldo negativo (cheque especial) também devem ser informadas como dívidas se o valor ultrapassar R$ 5.000. O contribuinte, contudo, é livre para declarar ou não a poupança que tenha com saldo inferior a R$ 140. Aprenda aqui como declarar poupança no Imposto de Renda 2019. 

Se você tem dinheiro aplicado em poupança pode ser obrigado a declarar o imposto de renda 2019, conforme duas regras da Receita. Em 2018 a Receita exigia que quem tinha, em 31/12/2017, a posse de bens ou direitos que somavam mais de 300 mil reais estava obrigado a declarar.

Portanto, os contribuintes que tinham mais de 300 mil reais na poupança, ou possuíam na data outros bens, como imóveis e carros, que, somados ao valor da poupança, ultrapassaram 300 mil reais, estavam obrigados a declarar o Imposto de Renda.

Outra regra de 2018 exigia que quem recebeu, em 2017, mais de 40 mil reais em rendimento isentos, como é o caso do obtido com a poupança, também deveria declarar. O contribuinte que se encaixou em uma dessas duas regras só estará dispensado da entrega da declaração se for incluído como dependente no Imposto de Renda de outra pessoa.

Os saldos da poupança em 2018 e 2019, bem como o valor exato dos rendimentos registrados na aplicação financeira, podem ser consultados no informe de rendimento do banco. Esse documento pode ser enviado por correio, consultado pelo internet banking e em caixas eletrônicos ou solicitado nas agências bancárias.

No informe, os bancos detalham as informações tal como elas devem aparecer na declaração com o saldo em 2018 e 2019, os rendimentos obtidos no período, além da razão social e CNPJ do próprio banco. Lembrando que os rendimentos obtidos com a poupança são sempre isentos de imposto de renda.

Como Declarar Rendimentos de Poupança no IRPF 2019?

Poupança em banco é algo que a maior parte dos brasileiros possui e, apesar da sua baixa remuneração, sua principal característica é ter rendimentos isentos de imposto de renda. Desta forma, o contribuinte precisará acessar a ficha de declaração de “Rendimentos Isentos e Não Tributáveis” no programa do imposto de renda 2019.

Na ficha Rendimentos Isentos e Não Tributáveis o investidor deverá escolher a opção 12 – Rendimentos de cadernetas de poupança, letras hipotecárias, letras de crédito do agronegócio e imobiliário (LCA e LCI) e certificados de recebíveis do agronegócio e imobiliários (CRA e CRI) conforme mostrado na figura abaixo. Feito isto, será exibido o quadro auxiliar para declaração de valor através do qual o investidor irá lançar o rendimento da poupança apurado no final do ano-calendário. Além do rendimento da poupança, é obrigatório lançar o CNPJ da fonte pagadora e o nome.

como declarar rendimentos de poupanca

Como Declarar Saldo de Poupança no IRPF 2019?

Para declarar saldo de poupança no imposto de renda 2019, contribuinte precisará acessar a ficha Bens e Direitos. Em seguida deverá selecionar a opção 41 – Caderneta de poupança e a localização (país).

como declarar poupanca

Devem ser informados os seguintes campos:

  • CNPJ: CNPJ do banco;
  • Discriminação: Informações diversas sobre a poupança;
  • Agência: Número da agência bancária onde a poupança foi aberta;
  • Conta: Número da poupança;
  • DV: Dígito verificador do número da poupança;
  • Situação em 31/12/2017: Valor da poupança em 31/12/2017 (conforme informe de rendimentos);
  • Situação em 31/12/2018: Valor da poupança em 31/12/2018 (conforme informe de rendimentos).

Informe de Rendimentos

Todas as instituições financeiras onde o investidor possui ativos devem fornecer o Informe de Rendimentos Financeiros do último ano-calendário. Geralmente são enviados por correio ou podem ser acessados nos sites das instituições. Logo abaixo temos um exemplo de um informe:

informe de rendimentos

No destaque 1 estão os CNPJs relacionados à instituição financeira. O investidor deve tomar cuidado pois os rendimentos apresentados logo estão vinculados à apenas um dos CNPJs.

No destaque 2 são apresentados os saldos das posições financeiras no ano-calendário anterior e no destaque 3 os saldos das posições no ano-calendário em questão.

No destaque 4 são apresentados os rendimentos de cada aplicação financeira, tais como poupança e títulos do tesouro.

Dúvidas mais Comuns Sobre Declaração de Poupança

Pergunta 1: Em 2015 meus rendimentos foram de R$ 25.490. Recebi também R$ 2.130,44 de rendimentos de uma poupança. Devo soma esse rendimento de poupança ao que recebi no ano passado? Sou obrigado a declarar?

Resposta: Se os R$ 25.490 foram rendimentos tributáveis, como salário, não se deve somar com os R$ 2.130,44 de rendimento da poupança, e estará livre de declarar o imposto de renda. A Receita exige que a declaração seja feita por quem recebeu mais de R$ 28.123,91 de renda tributável em 2015. Porém, se os R$ 25.490 foram rendimentos isentos, como aposentadoria por doença grave, então deve-se somar com os R$ 2.130,44 de rendimento da poupança. Mesmo assim, estaria isento de declarar pois a soma está abaixo do mínimo exigido pela Receita. Para declarar o imposto de renda, precisa ter ganho mais de R$ 40 mil de rendimentos isentos em 2015. Contudo, pode ser obrigado a fazer a declaração por outras razões, como possuir bens de mais de R$ 300 mil.

Pergunta 2: Pretendo fazer a declaração simplificada em 2018. Há necessidade de declarar poupança? Tenho poupança há anos e nunca declarei. No caso de obrigatoriedade de declaração, tenho que fazer retificação dos anos anteriores?

Resposta: Correto, o saldo da conta de poupança cujo valor individual seja superior a R$ 140 deve ser informado na ficha de “Bens e Direito”, tanto no modelo completo quanto no simplificado. Caso o saldo de poupança dos anos anteriores forem superiores a R$ 140,00 as mesmas devem ser retificadas.

Pergunta 3: Qual é o valor máximo para que haja isenção sobre o rendimento da poupança? A partir de qual limite a poupança deixa de ser isenta de imposto de renda?

Resposta: Não há limite. Qualquer que seja o rendimento da poupança, ele é isento de Imposto de Renda.

Saiba como consultar o informe de rendimentos no Banco do Brasil para obter o saldo e os rendimentos da poupança..

Saiba como consultar o informe de rendimentos na Caixa para obter o saldo e os rendimentos da poupança…

Saiba como consultar o informe de rendimentos no Bradesco para obter o saldo e os rendimentos da poupança…

Saiba como consultar o informe de rendimentos no Itaú para obter o saldo e os rendimentos da poupança…

Saiba como consultar o informe de rendimentos no Santander para obter o saldo e os rendimentos da poupança…

51 comentários em “Como Declarar Poupança?

  1. Carlos Roberto Responder

    Boa tarde!
    A minha esposa (1ª titular) tem uma conta de poupança conjunta com minha sogra (2ª titular).
    Como o extrato vem em nome da minha esposa eu tenho declarado nos anos anteriores na minha declaração o valor total desta conta, pois os bens comuns do casal estão na minha declaração.
    Gostaria de saber se estou fazendo correto, ou se devo lançar na descrição que essa caderneta de poupança pertence a minha esposa em conjunto com minha sogra?
    Ou se devo lançar esta conta de poupança na declaração de ajustes da minha esposa.
    Obs.: Minha sogra não faz declaração de imposto de renda.

  2. Pingback: Informe de Rendimentos Banco Bradesco para Imposto de Renda 2019

  3. Camila Responder

    Tenho cinta poupaça da caixa geralmente mexo com vendas e depositado muito dinheiro na minha conta uns 20 mil por mês tenho que declara imposto de renda? Das já agradeço

  4. Pingback: Tem dúvidas sobre a declaração a Receita Federal? Leia tudo sobre o IRPF 2018! – Terceirização Contábil

  5. Rubens Responder

    Ola , meu tio passou 200 mil reais para minha poupança . Não estou trabalhando , nunca declarei irpf , não tenho bens ou imoveis em meu nome ,; tenho que declarar ?

  6. Gil Responder

    Uma pessoa acima de 65 anos, possui rendimentos de poupança nunca declarado no IR ( valor acima de 50 mil)( o valor nunca foi declarado por achar que era rendimentos isentos do ir).
    Essa pessoa possui alguns filhos e gostaria de sacar e dá por livre espontânea vontade esse saldo a somente UM filho.
    Isso poderia gerar contestamento dos outros filhos no futuro?

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Olá Gil,
      Isto é uma decisão familiar, não tem nada a ver com regras de imposto de renda.

  7. Pingback: Imposto de Renda 2018 Restituição Calendário e Cronograma

  8. Tanilda Responder

    Tenho poupança ha muitos anos, porém meus rendimentos nunca ultrapassaram de 40 mil reais, preciso declarar esse valor? Obg

  9. MARIA BRANGER WATANABE Responder

    NÃO ENTENDI NADA,A POUPANÇA NÃO PAGOU NEM UM POR CENTO E AGORA A GENTE TEM QUE PAGAR A RECEITA 22,5 SOBRE O VALOR ? ENTÃO EU SÓ PAGUEI PARA POUPANÇA E NÃO RECEBI NADA E AINDA FIQUEI NO PREJUÍZO É ISSO? DE 50 MIL É ISSO QUE DEVO PAGAR ISSO É ILEGAL É EXTORSÃO ,NÃO É JUSTO.

  10. Romilson R. Lima Responder

    olá, estou terminando de fazer a declaração do imposto de renda, mais travei quando vou colocar o CNPJ da banco Bradesco poupança consta como invalido.

  11. Lucas Responder

    Sou servidor público, meu extrato de rendimentos de 2017 mostra o valor de 27.790,00 do recebimento de salários porém minha poupança rendeu 1.200,00, preciso fazer a declaração ou estou isento?

    • Le Le Responder

      Está isento, mas verifique a lista de obrigatoriedade no site da receita.

  12. PAULO Responder

    SE JUNTEI DINHEIRO NA CONTA POUPANÇA NO ANO DE 2017, POIS O SALARIO DO MEU ESPOSO O QUE SOBRAVA COLOCAVA NA CONTA E O MEU TBM, E MINHA MAE TBM AJUDAVA PRA JUNTAR NA CONTA POUPANÇA, E PASSA DOS 25 MIL PODE TER PROBLEMAS, PAGA IMPOSTO? OBS: RENDIMENTOS DO SALARIO É 28.301,00 TEM QUE FAZER DECLARAÇÃO? POIS NUNCA FIZ.

  13. Pingback: Informe de Rendimentos Banco Bradesco para Imposto de Renda 2018

  14. Pingback: Informe de Rendimentos Banco Santander para Imposto de Renda 2018

  15. César Responder

    Olá, tenho um determinado valor na poupança do Banco do Brasil que é o mesmo número da conta corrente. Esse dinheiro que eu transfiro para a poupança, vem de uma parte do meu salário como servidor público que já tem desconto de IR na folha. Como diziam que poupança não é tributável, então não declarei nos últimos 4 anos. Nunca tive problemas pois sempre recebi as restituições sem qualquer restrição. Só que agora o valor se tornou expressivo e estou pensando em declarar, vou ter que retificar os anos anteriores? Outra coisa, ano passado declarei a compra de um carro, este ano declaro pelo mesmo valor? Preciso continuar informando de quem eu comprei?
    Qual é a legislação que versa sobre isso, uma vez que “cada um diz uma coisa” e parece que as normas da Receita Federal não são claras, as regras do IR parecem algo totalmente arbitrário. Abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.