Aprenda como consultar o informe de rendimentos da Caixa Econômica Federal online para declaração no imposto de renda 2019. Informe de Rendimentos Caixa Econômica Federal 2019. Caixa Econômica Federal Informe de Rendimentos para Imposto de Renda. Extrato Imposto de Renda Caixa Econômica Federal 2019. Caixa Econômica Federal Imposto de Renda 2019. Caixa Extrato Imposto de Renda.

Quem gosta de entregar a declaração de imposto de renda logo nos primeiros dias já deve estar de cabelo em pé por não ter recebido ainda os informes de rendimentos. Eu por exemplo não recebi nenhum até o momento. Pode ser um atraso dos correios ou das próprias instituições financeiras. A multa aplicada pela Receita Federal é de cerca de 43 reais para cada documento em atraso, mesmo com um valor tão alto de punição, os atrasos são frequentes.

Porém, estamos em plena era digital e devemos questionar a real necessidade de receber aquela papelada na nossa residência. Além dos altos custos com correspondência, papel e impressora, temos que pensar também no meio ambiente. E dito isso, a melhor forma é a consulta online das informações. Irei então orientar o leitor a consultar os seus rendimentos e saldo em conta corrente, poupança, etc, através do site do da Caixa Econômica Federal.

Informe de Rendimentos de Bancos

Os informes de rendimentos são necessários para que o contribuinte preencha sua declaração de imposto de renda e prove seus ganhos perante a Receita Federal. Neste ano, as instituições devem entregá-los até o dia 28 de fevereiro. Porém, eles nem sempre são entregues voluntariamente. Às vezes é preciso solicitá-los e, em alguns casos, sua entrega sequer é obrigatória.

Os bancos deverão enviar um informe de rendimentos, contendo, por exemplo, os valores depositados na conta-corrente e na poupança, bem como os rendimentos da caderneta. Estarão discriminados, ainda, valores recebidos pelo seguro em caso de sinistro, títulos de capitalização, além de saldos e rendimentos de aplicações financeiras (como CDBs, Letras de Crédito Imobiliário e outros títulos).

Os bancos não são obrigados a enviar pelo correio o informe de rendimentos. Eles podem disponibilizar o informe nos meios eletrônicos: internet ou caixas de autoatendimento. Mas se o cliente solicitar o papel, ele poderá obter. O banco é obrigado a fornecer esse informe em papel. Os bancos não usam emails para enviar os informes de rendimento: Se você receber um e-mail de informe de rendimentos, delete-o. Os bancos, por questão de segurança, não comunicam via e-mail.

Como Consultar o Informe de Rendimentos da Caixa Econômica Federal 2019

É permitida a disponibilização, por meio da Internet, do comprovante para a pessoa física que possua endereço eletrônico e, neste caso, fica dispensado o fornecimento da via impressa. O informe de rendimentos da Caixa Econômica Federal é necessário para que o contribuinte possa fazer sua declaração do imposto de renda. O documento deverá trazer as informações sobre o total dos rendimentos obtidos na Caixa Econômica Federal em 2017.

Para consultar o informe de rendimentos da Caixa Econômica Federal 2019, acesse o internet banking da Caixa e clique no ícone Minha Conta como mostra a figura abaixo:

informe de rendimentos caixa 2019

Em seguida clique na opção Informe de Rendimentos conforme mostrado na figura abaixo:

extrato de rendimentos caixa 2019

Em seguida clique na opção Continuar conforme mostrado na figura abaixo:

informe de rendimentos caixa imposto de renda 2019

O informe de rendimentos da Caixa Econômica Federal será apresentado conforme mostrado na figura abaixo:

informe de rendimentos caixa economica federal 2019

Quem Deve Declarar o IRPF?

A Receita Federal ainda não publicou as regras de declaração do imposto de renda 2019 mas as mesmas não costumam mudar muito de um ano para o outro. Em 2018, estava obrigada a apresentar a Declaração de Ajuste Anual do Imposto sobre a Renda a pessoa física residente no Brasil que, no ano-calendário de 2017 tenha:

  • Recebido rendimentos tributáveis, como salários e aluguéis, cuja soma foi superior a R$ 28.559,70.
  • Recebido rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a R$ 40.000,00.
  • Obtido, em qualquer mês, ganho de capital na alienação de bens de direito, sujeito a incidência de imposto, ou realizado operações em bolsas de valores de mercadorias, de futuros e assemelhados.
  • Tido posse ou propriedade em 31/12/2017 de bens ou direitos superiores a R$ 300 mil.
  • Passado à condição de residente no Brasil em qualquer mês e nessa condição se encontrava em 31 de dezembro.
  • Realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas.
  • Vendido imóvel residencial em que houve opção pela isenção de IR sobre o ganho de capital, cujo produto foi utilizado para a aquisição de outro imóvel residencial no prazo de 180 dias.
  • Relativamente à atividade rural, quem:
    – obteve receita bruta em valor superior a R$ 142.798,50;
    – Pretenda compensar, no ano – calendário de 2017 ou posteriores, prejuízos de anos-calendário anteriores ou do próprio ano-calendário de 2016;
  • Quem passou à condição de residente no Brasil em qualquer mês e nesta condição se encontrava em 31 de dezembro; ou quem optou pela isenção do imposto sobre a renda incidente sobre o ganho de capital auferido na venda de imóveis residenciais, cujo produto da venda seja aplicado na aquisição de imóveis residenciais localizados no País, no prazo de 180 (cento e oitenta) dias contados da celebração do contrato de venda, nos termos do art. 39 da Lei nº 11.196, de 21 de novembro de 2005.

Fica dispensada da apresentação da declaração a pessoa física cujos bens comuns sejam declarados pelo cônjuge, desde que não se enquadre em nenhuma das demais hipóteses de obrigatoriedade e que o valor dos seus bens privativos não exceda R$ 300.000,00.

Quem Não Precisa Declarar o IRPF?

O contribuinte que não se enquadrou nos requisitos apresentados acima ou possui as seguintes doenças graves não precisa declarar o imposto de renda 2018:

a) AIDS (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida);
b) Alienação Mental;
c) Cardiopatia Grave;
d) Cegueira;
e) Contaminação por Radiação;
f) Doença de Paget em estados avançados (Osteíte Deformante);
g) Doença de Parkinson;
h) Esclerose Múltipla;
i) Espondiloartrose Anquilosante;
j) Fibrose Cística (Mucoviscidose);
k) Hanseníase;
l) Nefropatia Grave;
m) Hepatopatia Grave;
n) Neoplasia Maligna;
o) Paralisia Irreversível e Incapacitante;
p) Tuberculose Ativa.

17 comentários em “Como Consultar o Informe de Rendimentos Caixa Econômica?

  1. Pingback: Imposto de Renda 2018 Restituição Calendário e Cronograma

  2. Mica Responder

    Nãp estou conseguindo, pois o site pede que eu selecione a conta, mas a lista está vazia.

  3. Anônimo Responder

    Nao estou conseguindo, exibe mensagem selecione a conta… mas a lista esta vazia…

  4. Anônimo Responder

    INFELIZMENTE NÃO CONSIGO NEM ENTRAR EM MINHA CONTA PELO COMPUTADOR…. SEMPRE VEM UMA MENSAGEM DE BLOQUEIO…. NEM NO CELULAR CONSIGO VER O QUE PRECISO…O QUE ERA PARA SER ÁGIL VIRA UM TORMENTO….ENTÃO PARA QUÊ ESSA M… DE SITE?

  5. Patrícia Responder

    Não dá certo pq o aplicativo atualizou e não tem essas funções mais… Estão precisando atualizar o site tbm ……bjus

  6. Maria Responder

    O ruim é que esse informe só consegue pelo computador, no aplicativo para celular essa droga não está disponível

  7. Caroline Responder

    Tenho duas contas cadastradas no mesmo usuário, mas só consigo pegar o demonstrativo de uma. Você sabe o motivo?

  8. Sergio Responder

    SHOW ! ! ! Liguei pra querida CEF e me informaram que só comparecendo a uma agência ou indo ao caixa eletrônico. Realmente a galera da CEF não sabe de nada!!! Obrigado pela matéria

  9. zilda Responder

    processo trabalhista como declarar? tem honorários de advogados tb como declarar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.