Estará viajando e fora do seu domicílio eleitoral nestas eleições 2018? Então você poderá fazer o chamado “voto em trânsito”. Esta modalidade de voto nada mais é que uma permissão concedida ao eleitor para que o mesmo participe das eleições em um local de votação 2018 diferente de seu domicílio eleitoral. Essa prática é adotada desde 2010 e veio para resolver a impossibilidade de votação daqueles eleitores que estão temporariamente afastados de seu domicílio eleitoral. Neste artigo, você irá saber como fazer o voto em trânsito.

O eleitor que estiver fora do domicílio eleitoral pode votar para todos os cargos, desde que esteja em uma capital ou numa cidade com mais de 100 mil habitantes. Para votar em trânsito, o eleitor precisa se cadastrar no período de 17 de julho a 23 de agosto de 2018, em qualquer cartório eleitoral. Além disso, o eleitor precisa se encontrar com sua situação eleitoral regularizada. Vale lembrar que, caso o eleitor opte por usufruir do recurso de voto em trânsito, ficará impossibilitado de votar em seu domicílio eleitoral, pois, somente poderá realizar o ato no local definido pelo recurso.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já publicou o calendário das eleições de 2018, quando estarão em disputa a Presidência da República, governos estaduais, além das cadeiras para senadores, deputados federais e deputados estaduais. Veja as principais datas:

  • 7 de abril: último dia para governadores, presidente da República e prefeito deixarem o mandato, caso queiram disputar a eleição para outro cargo;
  • 10 de abril: dia a partir do qual fica vedado aumento salarial para servidores públicos. O aumento é proibido até a posse dos eleitos, a não ser que seja um reajuste para recompor perda de poder aquisitivo no ano;
  • 9 de maio: último dias para o eleitor regularizar o título e fazer atualizações no cadastro;
  • 18 de junho: data em que a Justiça Eleitoral vai divulgar o valor do Fundo Especial de Financiamento de Campanha. O fundo é uma novidade instituída pela minirreforma eleitoral;
  • 7 de julho: fica proibida a contratação ou demissão sem justa causa de servidor público;
  • 20 julho a 5 de agosto: período para convenções partidárias escolherem as coligações e candidatos;
  • 15 de agosto: último dia para os partidos registrarem no TSE os candidatos;
  • 16 de agosto: início da propaganda eleitora;
  • 2 de outubro: data a partir da qual, até o dia da eleição, nenhum eleitor pode ser preso, salvo em flagrante;
  • 7 de outubro: dia do 1º turno;
  • 12 de outubro: início da propaganda eleitoral do 2º turno;
  • 28 de outubro: dia da votação do 2º turno.



Voto em Trânsito Como fazer?

Confira o passo-a-passo para fazer o voto em trânsito:

  1. No site do TSE, verifique se sua situação eleitoral está regular (se não tiver, você precisará regularizar no cartório antes de solicitar o voto em trânsito);
  2. Vá ao cartório eleitoral portando documento pessoal (carteira de identidade, por exemplo);
  3. No cartório, solicite o voto em trânsito indicando a cidade em que você estará no dia da eleição;
  4. No site do TSE, verifique a lista de locais disponíveis para voto em trânsito;
  5. No dia da eleição, dirija-se à zona e sessão eleitoral escolhida.
  6. Se você desistiu da viagem e não fez o cancelamento do voto em trânsito, então não poderá votar no local de origem e precisará justificar.

Voto em trânsito é o procedimento por meio do qual os eleitores que não estão em seu domicílio eleitoral podem votar em urnas especialmente instaladas nas capitais e nos municípios com mais de 100 mil eleitores. O eleitor que se encontrar em trânsito fora da unidade da Federação de seu domicílio eleitoral poderá votar para Presidente da República. Quanto ao eleitor que se encontrar em trânsito dentro da unidade da Federação de seu domicílio eleitoral, poderá votar para Presidente da República, Governador, Senador, Deputado Federal, Deputado Estadual e Deputado Distrital.

É possível alterar ou cancelar a habilitação para votar em trânsito. O eleitor deverá se dirigir ao cartório eleitoral mais próximo, munido de documento oficial com foto, no período determinado pelo Tribunal Superior Eleitoral, ocasião em que indicará em qual município pretende votar. O eleitor cadastrado para votar em trânsito estará desabilitado para votar na sua seção de origem. A habilitação para o voto em trânsito não transfere ou altera quaisquer dados da inscrição eleitoral. Após as eleições, a vinculação do eleitor com sua seção de origem é restabelecida automaticamente.

A alteração ou cancelamento a habilitação para votar em trânsito poderão ser feitos no mesmo período para a habilitação. Após esse prazo, não será possível alterar ou cancelar a habilitação. Se no dia da eleição não puder comparecer à cidade escolhida para votar em trânsito, o eleitor deverá justificar a sua ausência em qualquer seção eleitoral, inclusive no seu domicílio eleitoral de origem, à exceção do município por ele indicado no requerimento de habilitação.

voto em transito 2018

Veja a lista de municípios onde terá o voto em trânsito.

  • Acre
    • Rio Branco
  • Alagoas
    • Maceió
  • Amazonas
    • Manaus
  • Amapá
    • Macapá
  • Bahia
    • Feira de Santana
    • Salvador
    • Vitória da Conquista
  • Ceará
    • Caucaia
    • Fortaleza
  • Distrito Federal
    • Brasília
  • Espírito Santo
    • Cariacica
    • Serra
    • Vila Velha
    • Vitória
  • Goiás
    • Anápolis
    • Aparecida de Goiânia
    • Goiânia
  • Maranhão
    • São Luís
  • Minas Gerais
    • Belo Horizonte
    • Betim
    • Contagem
    • Governador Valadares
    • Juiz de Fora
    • Montes Claros
    • Uberaba
    • Uberlândia
  • Mato Grosso do Sul
    • Campo Grande
  • Mato Grosso
    • Cuiabá
  • Pará
    • Ananindeua
    • Belém
    • Santarém
  • Paraíba
    • Campina Grande
    • João Pessoa
  • Pernambuco
    • Jaboatão dos Guararapes
    • Olinda
    • Paulista
    • Recife
  • Piauí
    • Teresina
  • Paraná
    • Cascavel
    • Curitiba
    • Londrina
    • Maringá
    • Ponta Grossa
  • Rio de Janeiro
    • Belford Roxo
    • Campos dos Goytacazes
    • Duque de Caxias
    • Niterói
    • Nova Iguaçu
    • Petrópolis
    • Rio de Janeiro
    • São Gonçalo
    • São João de Meriti
    • Volta Redonda
  • Rio Grande do Norte
    • Natal
  • Rondônia
    • Porto Velho
  • Roraima
    • Boa Vista
  • Rio Grande do Sul
    • Canoas
    • Caxias do Sul
    • Pelotas
    • Porto Alegre
    • Santa Maria
  • Santa Catarina
    • Blumenau
    • Florianópolis
    • Joinville
  • Sergipe
    • Aracaju
  • São Paulo
    • Barueri
    • Bauru
    • Campinas
    • Carapicuíba
    • Diadema
    • Franca
    • Guarujá
    • Guarulhos
    • Itaquaquecetuba
    • Jundiaí
    • Limeira
    • Mauá
    • Mogi das Cruzes
    • Osasco
    • Piracicaba
    • Ribeirão Preto
    • Santo André
    • Santos
    • São Bernardo do Campo
    • São José do Rio Preto
    • São José dos Campos
    • São Paulo
    • São Vicente
    • Sorocaba
    • Suzano
    • Taubaté
  • Tocantins
    • Palmas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.