Minério de Ferro Hoje

Últimas notícias do minério de ferro hoje, preço do minério de ferro atual, cotações do minério de ferro atualizadas e gráfico em tempo real.

Veja também…

> Mercado Financeiro
> Indicadores Financeiros
> Dólar Hoje
> Petróleo Hoje
> Aço Hoje

Minério de Ferro hoje (16/01/2017) – Mining: Os contratos futuros do minério de ferro na China subiram 8% nesta segunda-feira para uma máxima de três anos, sustentados por ganhos nos preços do aço que continuam a beneficiar-se da campanha do governo para reduzir o excesso de capacidade produtiva. Uma alta acentuada nos preços do aço e do minério de ferro, assim como em outras matérias-primas siderúrgicas, como coque e carvão de coque, sugere que investidores especulativos aproveitaram o sentimento altista para o setor e ampliaram apostas nestas commodities, como fizeram no ano passado.

”Há uma melhora no sentimento desde a semana passada e eu creio que há mais (forças) especulativas”, disse o analista Wang Di, da consultoria CRU, em Pequim.

Já o minério no mercado à vista, com entrega imediata no porto de Qingdao, subiu 3,86 por cento, a 83,65 dólares por tonelada, segundo dados do Metal Bulletin. Os futuros do aço na bolsa de Xangai subiram 5,2 por cento, fechando a 3.375 iuanes por tonelada, depois de tocar a máxima de um mês a 3.418 iuanes.

”É um mercado maluco. Não há razão para explicar esse movimento”, disse um operador de Cingapura sobre a disparada do minério nesta segunda-feira, citando fundamentos “pobres” que deveriam limitar ganhos.

Minério de Ferro hoje (11/01/2017) – Mining: Os touros das commodities continuam agindo tanto no cobre como minério de ferro, causando um aumento de mais de 3% no preço após as notícias otimistas da China de topo e as previsões de forte crescimento nos EUA.

O preço de importação do norte da China do minério de ferro chegou a US $ 80,10 por tonelada métrica seca, valor máximo de três semanas de acordo com dados fornecidos pelo The Steel Index. A negociação de futuros de cobre no New York Comex saltou quase 10c para um dia de alta de US $ 2,63 por libra (US $ 5,798 por tonelada).

Os movimentos mais altos vieram depois que o chefe do órgão de planejamento central da China, a Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma (NDRC) disse que a economia do país expandiu em torno de 6,7% em 2016. Este novo impulso ao sentimento foi causado por dados mostrando preços no produtor no país saltando 5,5% em dezembro, o ritmo mais rápido desde 2011.

O minério de ferro também foi impulsionado pela notícia de que a província chinesa de Hebei, o centro siderúrgico do país, deve cortar a capacidade de produção de aço de 2016 para mais de 30 milhões de toneladas este ano.

Em suas perspectivas econômicas globais divulgadas na terça-feira, o Banco Mundial prevê que entre as economias avançadas, o crescimento nos Estados Unidos deverá aumentar para 2,2%, à medida que o crescimento da indústria e do investimento ganha força depois de um fraco 2016. Mas, Os planos de estímulo fiscal são plenamente implementados, ele poderia elevar o crescimento do PIB para 2,5% este ano e para 2,9% em 2018.

De acordo com o banco, o mercado emergente importador de commodities e as economias em desenvolvimento devem crescer 5,6% este ano, inalterado em relação a 2016, enquanto a China deverá continuar uma desaceleração ordenada do crescimento para uma taxa de 6,5%.

Minério de Ferro hoje (20/12/2016) – Reuters: Os grandes grupos de mineração do mundo estão aguçando suas estratégias de marketing em uma disputa pós-crise, mesmo para pequenos aumentos de lucro, buscando ganhos marginais.

A Anglo American, a BHP Billiton e a Rio Tinto estão usando táticas variadas para aumentar a rentabilidade de commodities como cobre, minério de ferro e carvão, já que o modelo tradicional de simplesmente produzir mais está sob tensão e a recuperação de uma recessão profunda permanece ainda em observação.

A única coisa em comum é uma filosofia defendida pelo treinador de ciclismo Dave Brailsford: obter ganhos marginais em tantas áreas quanto possível e o desempenho global do ciclista – ou neste caso o negócio – vai melhorar significativamente.

A BHP e a Rio Tinto, as maiores mineradoras, nomearam executivos este ano para extrair o máximo valor de todas as etapas de seu processo de negócios, desde a mina até o consumidor.

Para a BHP ea Anglo American, as estratégias incluem o comércio de commodities – embora em uma escala muito menor do que seu rival Glencore, que começou a vida como um puro comerciante e diz que a renda deste negócio ajudou-o através da queda da commodity.

No geral, o objetivo é ajudar a proteger os grupos de mineração do tipo de oscilações de preços extremos que o mercado tem experimentado nos últimos anos.

A mudança estratégica, que começou com o crash de preços que derrubou bilhões de lucros das mineradoras em 2015, ganhou impulso este ano, apesar de um renascimento nos mercados de commodities.

“Os preços aumentaram, mas o mundo continuará a ser um lugar muito competitivo e todo mundo ainda estará procurando esse dólar extra”, disse uma fonte da indústria, falando sob condição de anonimato.

Mesmo depois que os investidores voltaram a comprar ações de mineração este ano, tornando-os os maiores ganhadores do índice FTSE de Londres, seus preços ainda estão apenas de volta para onde estavam por volta do início de 2015.

Chris LaFemina, diretor-gerente de pesquisa do banco de investimentos Jefferies, disse que as novas estratégias eram necessárias, mas que não transformariam a fortuna das mineradoras.

“Em um mercado em alta, as empresas não teriam se preocupado com as margens incrementais através do marketing, mas agora todo mundo está focado em obter o preço máximo e eles podem obter um pouco de margem extra em um monte de toneladas”, disse ele. “Pequenas mudanças são importantes na parte inferior do ciclo e ainda importa, mas não vai mudar o caso de investimento”.

 

Cotação do Minério de Ferro Futuro


 

Notícias do Minério de Ferro




Noticias Mineracao Inteligência e Tecnologia em Mineração




 

Panorama do Mercado de Minério de Ferro em 2016

A forte produção de aço e a queda na mineração interna levaram a China a um recorde na importação de minério de ferro em 2016. A maior parte do 1 bilhão de toneladas métricas que o país asiático comprou do exterior saiu do Brasil e da Austrália e contribuiu para uma recuperação nos preços do minério no mercado em 2016. Cálculos da Bloomberg apontam que os chineses consumiram 32 milhões de toneladas de minério de ferro por segundo e analistas estimam que em 2017 o apetite será ainda maior.

O aumento de 7,5% do consumo chinês na comparação com 2015 resultou na disparada de mais de 80% nos preços do minério de ferro em 2016. A tonelada do minério negociada no porto de Qingdao com 62% de pureza atingiu a máxima em dois anos em dezembro de 2016, cotada a US$ 83,58.

A dinâmica em 2017 será determinada pela oferta, na avaliação do economista sênior da Westpac Banking Corp, Justin Smirk. “Tudo gira em torno da oferta. A oferta de minério de ferro no comércio vindo de Brasil e Austrália, assim como de alguns outros produtores menores, continua crescendo e vai continuar entrando nos mercados chineses”, estimou, em entrevista à Bloomberg. Um dos fatores que devem impulsionar a produção de minério de ferro do Brasil é o início da operação do projeto S11D, da Vale, o maior da história da companhia e também da indústria da mineração.

Para Smirk, porém, a dinâmica de crescentes importações chinesas podem não ser suficientes para sustentar os preços ao longo deste ano. “Em vez de sugerir que a demanda por minério importado é grande, eu destaco que a oferta está crescendo de novo”, ponderou. Para ele, sem uma elevação significativa na demanda, a disparada da oferta pode levar a uma correção dos preços em 2017.

Complexo S11D da Vale

Panorama do Mercado de Minério de Ferro em 2015

O minério de ferro é abundante no mundo, porém as jazidas concentram-se em poucos países, sendo que apenas cinco detêm mais de 70% das reservas mundiais. O Brasil possui hoje cerca de 12% das reservas e o minério de ferro está entre os quatro principais produtos da pauta exportadora brasileira respondendo por 7,6% das exportações totais do país.

A transformação do minério de ferro em aço ocorre nas usinas siderúrgicas. No alto-forno coloca-se o minério de ferro, o carvão com alto teor de carbono (coque), calcário para remover as impurezas e acrescenta-se o oxigênio para a queima, essa combinação vai resultar no ferro gusa ou ferro fundido e aço. Para produzir ferro e aço com características específicas acrescenta-se outros metais e elementos químicos como o níquel e cromo (aço inox) ou tungstênio, manganês e molibdênio (tesouras e trilhos).

Os dados abaixo foram extraídos do relatório do mercado de minério de ferro elaborado pelo Bradesco.

Reservas Mundiais de Minério de Ferro

As reservas lavráveis brasileiras, com um teor médio de 49,0% de ferro, representam 12,1% das reservas mundiais. Os principais estados brasileiros detentores de reservas de minério de ferro são: Minas Gerais (72,5% das reservas e teor médio de 46,3% de Fe), Mato Grosso do Sul (13,1% e teor médio de 55,3%) e Pará (10,7% e teor médio de 64,8%).

Entretanto, considerando-se as reservas em termos de Ferro contido no minério, o Brasil assume lugar de destaque no cenário internacional. Esse fato ocorre devido ao alto teor encontrado nos minérios Hematita (60% de Ferro), predominante no Pará, e Itabirito (50% de Ferro), predominante em Minas Gerais.

reservas mundiais de minerio de ferro

Exportadores Mundiais de Minério de Ferro

O Brasil é o segundo maior produtor de Minério de Ferro no mundo respondendo por 23,3% das exportações mundiais, ficando atrás apenas da Austrália que detém 51,1% das exportações mundiais de minério de ferro.

exportadores de minerio de ferro

Importadores Mundiais de Minério de Ferro

importadores de minerio de ferro

Sazonalidade das Exportações de Minério de Ferro

exportacao minerio de ferro

Exportadores Brasileiros de Minério de Ferro

exportadores brasileiros de minerio de ferro

Importadores do Minério de Ferro Brasileiro

importadores de minerio de ferro brasileiro

Exportação Brasileira

grafico de exportacao brasileira

Eliezer Batista – O Engenheiro do Brasil

Tópicos Relacionados

16 comentários sobre “Minério de Ferro Hoje

    • Este mercado é muito louco. Lembro-me que outro dia mesmo estava lançando ordem de compra nos 6 reais morrendo de medo, rs. Agora estamos 20 reais acima e já estivemos em quase 28 reais. Loucura. Estávamos no epicentro do furacão e nem nos demos conta. Lembro-me que faltou só vender as cuecas para comprar ações em janeiro e fevereiro. rs

  • Uó muito boas as informações adicionais, vou colocar o link na minha página fixa, assim fica mais fácil para eu consumir suas informações.
    Eu já fechei a operação com Vale da semana passada, vendi um pouco na quarta, mais um bocado na quinta e já recomprei tudo na sexta, se o minério de ferro continuar a subir acho que vou fazer uma venda mais pesada na semana que vem.
    Eu fico com medo dessas operações ‘erradas’ que dão certo, digo erradas, pois não fazem parte do ‘core’ da minha estratégia. Mas não posso ser qualificado como um simples aventureiro, tenho ações da Vale a 3 anos, já amarguei cotação abaixo de 7 reais firme e forte, inclusive fazendo aportes adicionais, agora não deve ser um pecado tão grave embolsar um pouquinho dessa disparada.

    • Tá uma loucura, infelizmente não tenho mais nada pra vender, rs. Aliás, Gerdau tá indo junto na onda, vendi metade antes de ontem, tô querendo ver o resto lá pelos 14. Vamos ver.

  • Muito boa essa página, achei meio sem querer…
    E o minério de ferro bombando Uó, quem diria que ainda em 2016 eu veria minhas ações da Vale com rentabilidade positiva.
    Página adicionada a minha barra de favoritos.

    • ahaaa, pesquisando sobre o mercado de minério para saber até aonde vai suas Vales… rs
      Ontem vendi o resto que ei tinha. Tô líquido.
      Mas tô acompanhando…
      Abraço!

          • Estes gráficos são bacanas. Coloquei aqui no site tudo que preciso como investidor. Antes tinha que ficar pulando de site em site, agora está tudo aqui, ou quase tudo pois ainda tenho que colocar mais um monte de coisas, mas o básico já está.

            Bolha tivemos anos antes, o que estamos vendo agora é só uma recuperação, coloque o gráfico no semanal para vc ver. Mas a China é uma bomba prestes a explodir, eu não quero ficar muito preso neste país não. Tô líquido e tranquilo agora.

            Abraço!

Comente...