Quarto Montessoriano: Como Fazer?

Um ambiente estruturado de acordo com a ótica da criança e não do adulto. Assim é a proposta do quarto montessoriano. O objetivo é oferecer um lugar com móveis e objetos na altura dos olhos da criança para que ela possa desenvolver a sua autonomia e liberdade com segurança.

quarto montessoriano

O Método Montessori, criado pela médica e educadora italiana Maria Montessori em 1907, implica em deixar o quarto adaptado para que a criança possa ser estimulada, sem nada ser perigoso.

Preconiza que a criança seja dona se seu cantinho – seu quarto – e tenha acesso aos objeto, brinquedos, livros e espelho para se reconhecer.

O método prioriza a autoeducação, ou seja, o quarto deve oferecer elementos – posicionados na altura da criança – que estimulem o desenvolvimento e a autonomia de forma segura para que ela se sinta à vontade para explorar o espaço.

A ideia é  promover a autonomia dos pequenos, para que cresçam com  independência, e sem que os pais precisarem ficar  monitorando a criança para que não corra riscos.

Os Seis Pilares Educacionais do Método

1. Autoeducação: é a capacidade inata da criança de aprender. Ela gosta de observar o mundo à sua volta e busca a todo momento compreendê-lo. Para isso o ideal é proporcionar um ambiente adequado e oferecer materiais interessantes para que a criança possa se desenvolver de acordo com seu ritmo e interesse.

2. Educação Cósmica: se trata da melhor forma de auxiliar a criança a entender o mundo. Cosmos significa ordem, levando isso em consideração, o educador que utiliza o método Montessori precisa passar o conhecimento à criança de forma organizada, sempre estimulando sua imaginação e explicando que tudo no universo tem um por quê e que ela deve estar consciente que possui um papel importante na manutenção e melhora do mundo.

3. Educação como ciência: é a maneira de compreender a criança e seu fenômeno educativo. Neste pilar, o professor utiliza o método científico de observações, teorias e hipóteses para entender a melhor forma de ensinar cada criança e também para checar a eficácia de seu trabalho no dia a dia.

4. Ambiente preparado: seja em casa ou na escola, é um local preparado para que a criança desenvolva sua autonomia e liberdade. Este ambiente precisa atender as necessidades biológicas e psicológicas, ou seja, que a mobília tenha o tamanho adequado para ela e que os materiais para seu desenvolvimento estejam de fácil acesso para que ela possa pegar sempre que quiser.

5. Adulto preparado: é o nome do profissional, no Método Montessori, que auxilia a criança em seu desenvolvimento. O mesmo deve conhecer cientificamente as fases do desenvolvimento infantil e, através da observação e de ferramentas educativas comprovadas, guiar a criança no seu aprendizado da melhor maneira possível.

6. Criança equilibrada: é qualquer criança em seu desenvolvimento natural. Utilizando um ambiente adequado e com a ajuda de um adulto preparado, a criança tem espaço para se expressar e aprender livremente.

Leia mais em Lar Montessori!

O Quarto Montessoriano

A ideia do quarto montessoriano baseia-se na acessibilidade, na interação e no desenvolvimento sensorial-cognitivo do bebê ou da criança. Por isso, é preciso colocar uma cama baixa, pode ser em uma estrutura de madeira ou o colchão no chão, forrar o chão com algum isolante térmico, instalar um espelho na altura do bebê com uma barra transversal na frente, de modo que a criança possa se ver e ter apoio para se levantar.

quarto montessoriano

Brinquedos didáticos e sensoriais, armário com função de guarda-roupa do tamanho de uma criança, ou seja, com nichos para guardar objetos e roupinhas penduradas (de modo que, no futuro, a própria criança escolha o que vestir), armários de brinquedos acessíveis a mãozinhas ligeiras.

quarto montessoriano

Joanita MC (SP), pontua que o Método Montessori tem como principal objetivo as atividades motoras e sensoriais aliadas à criação e à aplicação. “Maria Montessori falava sobre questões em uma época na qual as crianças eram ignoradas e tratadas como mini adultos. E o que vem com tudo atualmente é o esforço para a humanização da humanidade. Difundir valores verdadeiros.”

quarto montessoriano

“Mas também se vê uma desmoralização do conceito. A cama casinha, por exemplo, não é uma invenção Montessori. Em teoria, ela dizia para se ter a cama próxima do chão para os pequenos explorarem o universo na altura deles. E virou uma corrida de mães em busca de quartos do Pinterest. Alguém inventou isso e virou uma febre. O princípio básico da filosofia é ter a cama no chão para a criança ter autonomia sem se machucar, aí a indústria pega essa informação e a transforma em outra coisa e faz parecer que todo mundo tem que ter a tal cama casinha”, explica Joanita.

quarto montessoriano

De preferência uma decoração minimalista. Pintado e decorado com cores suaves (sem exageros porque o quarto não é uma brinquedoteca) utilizando poucos móveis. Quadros e gravuras devem ser fixados altura do campo de visão do bebê.

quarto montessoriano

Para o sucesso na criação de um quarto montessoriano é necessário que o bebê tenha espaço de sobra para se movimentar e explorar o seu cantinho. Para isso, a segurança do seu filho merece uma atenção especial: as tomadas e as quinas dos móveis devem ser protegidas, nada de fios de eletricidade ou objetos pequenos/pontiagudos fáceis de serem engolidos. Todo cuidado é pouco!

quarto montessoriano

Como Fazer?

Espelho

O espelho é uma peça que não pode faltar no quarto montessoriano. Isso porque, é através dele que a criança é capaz de se autor reconhecer. Assim, ele visualiza não só o próprio rosto, mas é capaz de ver os movimentos que faz, proporcionando a si mesmo, além de autonomia, reconhecimento de si próprio como indivíduo.

espelho montessoriano

Para instalá-lo no quarto do seu filho, uma dica (caso seja um bebê) é colocá-lo rente ao chão, na posição horizontal. Lembre-se de fixá-lo na parede para que não corra o risco de cair, quebrar e machucar o pequeno. Conforme seu filho for crescendo, coloque-o na vertical.

espelho montessoriano

O espelho proporciona diversas interações. Por algum motivo biológico a criança adora o rosto humano. Então ver um rosto humano refletido já é divertidíssimo para ela. Além disso, ver-se refletido no espelho, reconhecer as próprias feições, expressões, brincar com as partes do corpo é uma grande diversão e garante incríveis descobertas!

espelho montessoriano

Barra Afixada na Parede

A barra na parede tem uma utilidade só no quarto montessoriano: ajudar a criança a andar, sem depender da ajuda direta dos pais. Pode-se pendurar objetos nesta barra, com espaços de intervalo, para que a criança tenha objetivos a atingir quando tentar caminhar. A utilização da barra precisa ser ensinada, claro, devagar, passo a passo, e quando você perceber que seu filho está tentando levantar e dar os primeiros passos. A barra poder ser daquelas de cortina, mesmo, bem presas a mais ou menos 50cm do chão- isso vai variar conforme a altura de seu filho.

barra montessoriano

Tapete

No tapete montessorianoquarto montessoriano o tapete delimita o espaço para as atividades para as crianças maiores e proporciona experiência sensorial para os bebês – ao crescer a criança começa a compreender que o tapete é o local onde são espalhados os brinquedos e peças.

Uma opção bastante utilizada é o tatame emborrachado (aqueles vendidos em blocos grandes indicados para academias e estúdios de pilates) porque são atóxicos, laváveis e possuem uma espessura ótima para absorver os impactos. O revestimento vinílico também é uma boa opção por ser indicada para quartos, creches, salas de recreação e clínicas pediátricas, porém absorve menos aos impactos.

Alerta: não utilizem os tapetes de EVA populares coloridinhos com desenhos em formato de quebra-cabeça porque não são recomendados para o uso infantil (apesar de serem vendidos para esse fim) pois eles possuem partículas tóxicas na sua composição (o mal cheiro já acusa isso). Embora que no Brasil eles sejam muito vendidos, em alguns países europeus suspenderam as vendas pelo caráter nocivo comprovado do produto.

Cama Baixa

No quarto montessoriano o berço é substituído por um colchão no chão ou uma cama bem baixa, para que a criança tenha mais independência para se levantar e se deitar. A cama baixa garante que aos poucos seu filho tenha acesso a ela quando está cansado e aos poucos isso se torna um hábito pra ele. Claro que a cama baixa também possibilita o acesso livre aos brinquedos. Talvez isso gere um pouco de confusão na cabecinha deles no começo. “Oba! Vamos brincar!”. Mas depois que a euforia passar ela vai começar a exercitar a independência na hora de dormir e também quando acorda. Normalmente as crianças quando usam o berço, chamam os pais ao acordar. Mas quando usam a cama baixa e a disposição dos objetos e brinquedos ao seu alcance, ela provavelmente acordará no horário habitual e passará um tempo entretida no seu universo antes de chamar pelos pais.

cama baixa

cama baixa

cama baixa

Armário Baixo

armario montessorianoNo quarto montessoriano armazene neste espaço poucas opções de roupas para que a criança possa escolher com facilidade.  A mobília do quarto infantil é simples. Não é necessário haver nada muito sofisticado. As crianças gostam de ser, muito mais que de ter. Se pudermos proporcionar a elas a possibilidade de se tornarem seres humanos plenamente desenvolvidos, isso já as satisfaz.

As estantes baixas não precisam ser construídas à parte – embora possam, se você assim o desejar, e isso só será positivo. Você pode adaptar os armários que já existem, tirando suas portas, colocando puxadores mais para baixo ou simplesmente deixando as portas sempre abertas. Usar as gavetas de baixo para colocar as roupas às quais a criança pode ter acesso também é uma boa ideia.

Cantinho da Brincadeira

Não adianta ter uma montanha de brinquedos se eles permanecem empilhados, sem uso. No quarto montessoriano privilegie brinquedos que estimulem os sentidos. Deixe sempre uma seleção dos brinquedos mais queridos e acrescente novas opções. Não muitas. Meia dúzia ou um pouco mais é suficiente.

quarto montessoriano

Os brinquedos devem ser dispostos em estantes baixas, cestos ou caixas acessíveis à criança para que possa encontrar seus brinquedos e objetos favoritos – ponto este que incentiva a autonomia infantil e o senso de organização dos pertences. Brinquedos devem ser colocados na altura do olhar da criança e ao seu alcance. O quarto deve ser organizado e ter poucos objetos a serem explorados por vez. Uma dica é fazer um rodízio dos brinquedos que ficam ao alcance da criança.

quarto montessoriano

Cantinho da Leitura

O ato de folhear um livro já estimula. Exercitar a leitura de histórias também. Por isso ler para a criança desde sempre é tão importante. Ver que os pais tem os livros como opção de entretenimento direciona as crianças para o hábito natural da leitura.

quarto montessoriano

No quarto montessoriano um cantinho da leitura também é importante para desenvolver o gosto pela leitura. Então deixe os livros ao alcance para que eles folheiem, vejam as figuras e até rasguem as páginas. Tudo isso faz parte do desenvolvimento.

quarto montessoriano

Bauzinho

quarto montessorianoNum baú (pode ser uma caixa organizadora de plástico ou de trançada de vime) guarde alguns objetos que sejam do interesse da criança, mas que não sejam brinquedos.

Escolha objetos seguros da casa como uma peneira, uma pequena colher de pau, um potinho de guardar alimentos, etc. Deixe que a criança toque nos objetos e manipule-os sob sua supervisão.

Como a ideia é trabalhar com o sensorial, escolha objetos de materiais diferentes entre si. Faça um rodízio também com esses utensílios no quarto montessoriano.

Segurança

Em um ambiente com elementos ao alcance da criança, a principal preocupação dos pais é com a segurança. A arquiteta Cristiane Passos, responsável pelo projeto do quarto quarto montessoriano da Alice, alerta para as precauções que devem ser tomadas:

– Evite móveis ou outros elementos com quinas.

– Não use quadros com vidros. Prefira acrílico.

– Fixe os objetos na parede com fita dupla face. Evite o uso de pregos.

– Tome cuidado com móveis instáveis que possam tombar.

– Esconda e proteja as tomadas.

quarto montessoriano

Fonte 1, Fonte 2, Fonte 3, Fonte 4, Fonte 5, Fonte 6, Fonte 7, Fonte 8

Tópicos Relacionados

6 comentários sobre “Quarto Montessoriano: Como Fazer?

Comente...