Calcular a rentabilidade é algo fundamental para determinar se você fez um bom investimento. É comum compararmos as rentabilidades de diversas opções de investimento antes de investir. Mas depois de realizado o investimento você calcula e acompanha a rentabilidade do mesmo?

Muitos investidores não dão a devida importância à rentabilidade dos seus investimentos. Em alguns casos, o banco, a corretora, ou o gestor do fundo apresentam estes dados já calculados. No entanto, nos casos em que o cálculo fica por conta do investidor, poucos se dão ao trabalho de calcular sua própria rentabilidade e o investidor fica limitado a saber quanto dinheiro a mais (ou a menos) o investimento gerou.

Como demonstra o colega blogueiro Além da Poupança, a fórmula correta de calcular o rendimento de investimentos é a mesma fórmula matemática utilizada para calcular qualquer variação percentual de qualquer coisa:

Variação (%) = ((situação nova – situação antiga) / situação antiga) * 100

Porém, para empregar esta fórmula no cálculo de rendimentos deve-se levar em consideração três fatores:

1 – O aporte não poderá impactar, em um primeiro momento, o rendimento da carteira;

2 – O momento em que o aporte foi realizado deverá ser considerado pois impactará positiva e negativamente nos rendimentos no tempo;

3 – O valor do aporte deverá ser considerado no cálculo do rendimento.

Como o colega AdP demonstra no post citado, para a perfeita adequação destas considerações, foi criada uma forma diferente de se ver a carteira de investimentos. Os investimentos são vistos além dos seus valores em reais, eles são “cotabilizados” como demonstrado no exemplo a abaixo:

Suponha que o investidor possua R$1.000,00 investidos. Para cotabilizar o investimento vamos assumir que a carteira é constituída por 1000 cotas, cada uma valendo R$1,00. Em um segundo momento, o investidor verifica que sua carteira agora vale R$1.008,20. Cada cota está valendo então R$1,0082 (R$1.008,20 / 1.000). Calculando o rendimento:

Variação = ((R$1,0082 – R$1,00) / R$1,00) * 100 = 0,82%

Ao realizar um novo aporte, devemos considerar que o investidor está “comprando” novas cotas no novo valor. Supondo que o investidor aporte novos R$1.000,00, desta forma ele estará comprando 991,866 cotas (R$1.000,00 dividido por R$1,0082). Observem que agora o investidor possui 1991,866 cotas, cada uma valendo R$1,0082, o que totaliza uma carteira de R$2008,20. Como o valor da cota não foi alterado com o aporte, não há qualquer rendimento neste momento.

Em outra data, o investidor percebe que sua carteira agora vale R$2.019,78. Como ele tem 1991,866 cotas, cada uma delas agora valerá R$1,014 (R$2.019,78 / 1991,866). Calculando o rendimento:

Variação = (R$1,014 – R$1,0082) / R$1,0082 = 0,0057 = 0,57%

Para facilitar a vida de nós investidores, o AdP criou uma planilha que realiza estes cálculos automaticamente e que pode ser baixada neste link. Estou utilizando esta planilha para acompanhar a rentabilidade dos meus investimentos como mostrado nas figuras abaixo. Tenho basicamente três controles: um geral que leva em consideração todo o meu patrimônio, uma para ações e outro para FIIs.

rentabilidade invstimentos dezembro 2017

Abaixo é apresentada a rentabilidade da carteira de FIIs.

rentabilidade fiis dezembro 2017

Abaixo é apresentada a rentabilidade da carteira de ações.

rentabilidade acoes dezembro 2017

O AdP disponibiliza também uma outra planilha para acompanhamento gráfico de patrimônio e comparativo de rentabilidades. Veja neste post o funcionamento desta planilha. O gráfico abaixo é plotado com a utilização da mesma.

rentabilidades

Veja também…

> Dividend Yield
> Alocação de Ativos

6 comentários em “Investimentos – Rentabilidades

  1. Jivago Responder

    Boa tarde,

    Por gentileza, poderia reenviar a planilha? o link do artigo está quebrado!

    Outra coisa, quando ocorrem entradas de dividendos, jcp, cupons de renda fixa, resultado de edge, fazemos o fechamento da cota no dia anterior, após incluímos esse novo dinheiro como número de cotas acrescentadas?

    Vamos colocar para exemplo uma quantia de 1000000 de patrimônio, tenho uma quantidade de cotas de 10000 cotas no valor de 100 reais cada. 1000000/10000=100.

    É correto entender como cotas o valor total em caixa para investimentos? ou o valor disponível passa a ser cota se eu efetivamente investir.

    Supomos que entraram dividendos, para dar o rebaixamento das ações, o que acontece com as cotas?

    supomos que tenho 200000 reais aplicados em uma ação, cada uma custando 40 reais: 200000/40=5000 ações. totalizando 2% do total da minha carteira.

    eu recebi 0.15 por cada ação de dividendos. sendo assim a ação fica: 40-0,15=39.85 por ação. totalizando um valor de: 39.85*5000=199250 reais dos 200000 patrimônio do fundo que estava investido. esse valor de 0.15*5000=750 reais dos dividendos o que acontece? viram novas cotas? ou simplesmente entram no caixa, já que no fim das contas, o que vai ser reduzido será só o peso percentual das ações na carteira…

    penso que se virarem cotas, eu tenho uma queda na rentabilidade da carteira, já que se eu não fizer nada, o valor está parado em caixa.

    com o recebimento: 199250/10000000=1,9925%?

    totalizando um caixa de: 9800750?

    Abraço

  2. Eric Responder

    Olá uó poderia esclarecer sobre as rentabilidade , sei que pode ser uma dúvida de iniciante mais ainda me confunde muito , a diferença entre a rentabilidade anual e histórica , tanto a anual e a histórica por ex valem a última? No caso a fechamento do ano vc tem uma histórica de 18% , isso que dizer do tempo todo que vc esta na bolsa a sua média da isso?

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Bom dia Eric!

      A rentabilidade histórica é aquela que eu obtive desde que comecei a investir no buy-and-hold. Não é aquela desde que entrei na bolsa pois antes eu investia em fundos de ações e não calculava a rentabilidade. Foi só a partir do momento que comecei a montar minhas carteiras de investimentos que comecei a registrar a rentabilidade histórica. Ficou claro?

      Abraço!

  3. Pingback: Separação de Fátima e Bonner, Impedimento de Dilma e Olimpíadas

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Espero que fique mais bonito com o tempo, por enquanto tá perdendo até da poupança, rs.
      Abraço1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.