Melhores Ações de Dividendos

Palavras-chave: melhores ações

No mundo corporativo lucro é o que importa. Quando um investidor aporta certo recurso financeiro em uma empresa o seu primeiro objetivo é obter lucro. E o lucro de qualquer empresa só tem dois caminhos possíveis: reinvestimento na própria empresa ou distribuição aos acionistas através de dividendos. Neste contexto, quais seriam as melhores ações de dividendos da bolsa brasileira? Quais são as chamadas “vacas leiteiras”? E afinal, o que são Dividendos? Como podemos analisar e comparar este múltiplo fundamentalista entre as diversas empresas de capital aberto na bolsa?

melhores ações de dividendos

Dividendos são parte do lucro das empresas distribuídos periodicamente aos acionistas. Geralmente, empresas que são boas pagadoras de dividendos estão em estágio de crescimento avançado, não necessitando de muitos investimentos para financiar sua expansão.

Assim, tendem a distribuir uma parcela maior de seu lucro sob a forma de dividendos. É o caso da Souza Cruz – que hoje não está mais sendo negociada na bolsa, que sempre foi uma boa pagadora de dividendos, já que atua em um setor que não tem perspectiva de muita expansão, até mesmo pelas campanhas contra o tabaco.

Essas empresas também têm como característica comum o fato de serem líderes de mercado além de atuarem em segmentos com demanda estável ou com baixa concorrência. Por essas razões, suas ações não sofrem como aquelas mais influenciadas pelo ambiente macroeconômico e tendem atrair mais investidores em momentos de baixa da Bolsa.

Por terem, em geral, baixa necessidade de reinvestimento no negócio, são empresas mais defensivas e que conseguem repassar boa parte dos lucros aos acionistas. As boas pagadoras de dividendos costumam se concentrar em setores de utilidade pública, como saneamento, energia e telefonia, bem como nos setores financeiro como cartão de crédito e de consumo não cíclico como fabricantes de bebidas alcoólicas e cigarros.

O que são Dividendos?

Para escolher as melhores ações de dividendos é importante, primeiramente, entender o que são dividendos. O estatuto social de uma empresa deve especificar um percentual mínimo do lucro líquido que deve ser pago aos acionistas a título de dividendo mínimo obrigatório, que pode também ser pago sob a forma de juros sobre o capital próprio.

A Lei das Sociedades por Ações permite, entretanto, que os acionistas de uma companhia suspendam a distribuição do dividendo mínimo obrigatório, caso o conselho de administração informe à assembléia geral que a distribuição é incompatível com a condição financeira da companhia.

Os lucros não distribuídos em razão da suspensão na forma acima mencionada serão destinados a uma reserva especial e, caso não sejam absorvidos por prejuízos subseqüentes, deverão ser pagos, a título de dividendos, tão logo a condição financeira da companhia assim o permita.

O dividendo mínimo obrigatório pode ser pago também a título de juros sobre o capital próprio, tratado como despesa dedutível para fins de imposto de renda de pessoa jurídica e de contribuição social sobre o lucro líquido.

melhores ações

Devido a Lei das Sociedades por Ações a empresa deve a realizar assembleia geral até o quarto mês subsequente ao encerramento de cada exercício social na qual, entre outras matérias, os acionistas deverão deliberar sobre o pagamento de dividendos do exercício social encerrado.

O pagamento de dividendos de determinado exercício social encerrado toma por base as demonstrações financeiras auditadas não consolidadas, referentes ao exercício social imediatamente anterior.Os titulares de ações na data em que o dividendo for declarado fazem jus ao recebimento dos dividendos.

O Conselho de Administração pode declarar dividendos intermediários a débito da conta de lucros apurados no último balanço anual ou semestral, bem como determinar o levantamento de balanço e o pagamento de dividendos em períodos inferiores a seis meses, desde que o total de dividendos pagos em cada semestre do exercício não exceda o montante das reservas de capital da Companhia.

Dividend Yield

Dividend Yield, abreviadamente DY, é uma expressão inglesa que traduzida literalmente significa rendimento do dividendo. É um índice criado para medir a rentabilidade dos dividendos de uma empresa em relação ao preço de suas ações.

É calculado através da razão em que figuram no numerador os dividendos por ação e no denominador o preço unitário das ações. É importante lembrar que um Dividend Yield alto não garante que a empresa está pagando grandes dividendos é preciso avaliar se a ação está muito desvalorizada.

O cálculo do DY é muito simples, se você comprou uma ação por 10 reais e recebeu 1 real de dividendos, então o Dividend Yield deste papel na sua carteira é de 10%. Se você realizou mais de uma compra então o DY deve ser calculado tendo como base o preço médio.

Payout Ratio

O percentual dos lucros que a empresa distribui aos acionistas em dividendos é chamado de Payout Ratio. Se uma empresa tem um Payout de 50% significa que ela distribuiu 50% do seu lucro. O cálculo é realizado através da divisão do valor distribuído em um período pela empresa pelo valor do lucro da empresa naquele período.

O valor do Payout pode então ser utilizado como um critério para avaliar se a empresa tem uma política de pagar dividendos ou de reinvestir lucros e buscar crescimento.

Há casos de encontramos empresas com Payout de maior que 100%. Isto significa que a empresa distribuiu todo o lucro e mais um pouco. Casos assim podem ocorrer quando uma empresa deixa de pagar dividendos em um ano e paga mais no ano seguinte, ou quando a empresa tem um resultado ruim mas mantém a mesma distribuição de dividendos utilizando dinheiro de reservas financeiras.

melhores açõesO Payout Ratio irá variar então conforme a necessidade de investimentos da empresa. Se for uma empresa madura e não necessitar de altos investimentos, poderá então distribuir uma parcela maior de seus lucros na forma de proventos. Caso contrário precisará segurar uma parcela maior do lucro para suportar seus planos de expansão.

E existe alguma obrigação por lei que defina o Payout mínimo das empresas? Não,  de acordo com a lei 6.404/76 (Lei das S/As), é o estatuto da empresa que determinará a proporção dos lucros que será destinado ao pagamento de dividendos. Porém, muitos acreditam que o Payout mínimo das empresas é de 25%.

Esta confusão ocorre porque quando a lei foi criada, as companhias já existentes tiveram duas escolhas: distribuir um dividendo obrigatório de 50% dos lucros, ou convocar assembléia para definir os dividendos. O dividendo mínimo para estas companhias que já existiam era de 25%.

Se a empresa desejasse diminuir este percentual ela poderia. Mas para isto teria que recomprar as ações de todos os acionistas que ficassem insatisfeitos. Então, para não serem obrigadas a queimar caixa recomprando ações, todas as empresas estabeleceram um mínimo de 25% de dividendos, o que se tornou um percentual padrão das empresas brasileiras.

Desta forma, empresas criadas após esta lei podem pagar os dividendos abaixo de 25% do lucro líquido ajustado, ou inclusive até mesmo deixar de pagar.

Dividend Yield x Payout Ratio

melhores açõesO retorno do investimento em uma ação é composto por dois elementos: o dividend yield e o ganho ou perda de capital, ou seja, a diferença entre o preço da venda da ação e o preço da compra.

A desvalorização do preço de uma ação pode então comprometer todo o ganho obtido com os dividendos, um exemplo recente foi o papel ELPL4 referente à empresa Eletropaulo que se desvalorizou tanto que todos os ganhos com dividendos anteriores foram praticamente zerados.

Não resta dúvida que o retorno com dividendos é importante para a escolha de uma ação. Primeiramente, o preço de papéis com alto dividend yield tende a estar depreciado. Segundo, quando a administração decide pagar dividendos isto sinaliza que ela está confiante no fluxo de caixa futuro da empresa.

Empresas de crescimento terão um Payout baixo, distribuindo apenas uma pequena parte dos lucros como dividendo. Em compensação, o reinvestimento na própria empresa pode fazer com que ela consiga um crescimento rápido, acompanhado por valorização nas ações.

Em outras palavras, o crescimento do lucro por ação depende de investimentos produtivos que permitam à companhia aumentar sua produção. Se todo o caixa for direcionado aos dividendos, o aumento da produção ficará comprometido e, com isso, o preço da ação pode cair.

Essa conclusão é semelhante à do estudo High Yield, Low Payout publicado em agosto de 2006 por Pankaj N. Patel, Souheang Yao e Heath Barefoot, do Credit Suisse Quantitative Equity Research. Os analistas observaram a performance das ações do S&P 500 entre janeiro de 1980 e junho de 2006.

Foram configuradas dez carteiras baseadas em dividend yield, sendo a carteira 1 formada pelas ações de menor retorno com dividendos e a carteira 10 pelas de maior retorno. No período, as carteiras dos decis 8 e 9 tiveram melhor desempenho do que a carteira do decil 10, das ações com maior dividend yield.

Para descobrir o porquê do resultado, foram criadas três cestas com alto, médio e baixo dividend yieldpayout ratioAlém disso, cada categoria foi dividida em outras três: de baixo, médio e alto payout ratio.

Foi então calculada a rentabilidade das nove cestas entre janeiro de 1990 e junho de 2006. A carteira com melhor desempenho não foi aquela com apenas alto dividend yield, mas aquela que combinou ações com dividendos atrativos e baixo payout ratio.

Essa conclusão confirma, de forma indireta, que se a empresa distribui grande parte dos lucros, o crescimento da companhia pode ficar comprometido. Assim, a empresa deve reter parte dos lucros para suportar seus investimentos, reduzindo os dividendos distribuídos, o que significa um menor payout ratio.

 

Onde Consultar Dividendos

Há na internet diversos sites de consulta de múltiplos fundamentalistas que podem nos ajudar a selecionar as melhores ações de dividendos, inclusive sites específicos para consultas de dividendos com datas de pagamento e tudo mais. Porém, irei indicar neste artigo um novo site lançado há poucas semanas, trata-se do $INvestimentos.

melhores ações divendos

O site foi desenvolvido pelo Gustavo Reis como tema do seu TFG no curso de Sistemas de Informação da Universidade Federal de Itajubá. Como o site faz parte de um trabalho de final de curso, o Gustavo  está precisando receber feedbacks sobre a sua utilização. Quem puder dar uma força para ele pode responder o questionário de avaliação da ferramenta através deste link. Eu mesmo já respondi e é muito rápido.

Melhores Ações de Dividendos

Não farei neste post ou neste site nenhuma recomendação de melhores ações de dividendos, mesmo porque não sou habilitado para isto. Entenda então que o termo “melhores” presente no título deste post tem a ver com as empresas que mais pagam dividendos, ou em outras palavras, aquelas que possuem maiores dividend yield. Sendo assim, utilizei o site $INvestimentos para montar a lista de ativos a seguir:

melhores acoes dividendos

Tópicos Relacionados

4 comentários sobre “Melhores Ações de Dividendos

Comente...