Lavras Novas App / Estrada Real App – Turismo e Local

Esta é segunda vez que falo aqui no site sobre a acolhedora comunidade Lavras Novas. Se você não leu o post anterior então acesse aqui. E como é temporada de férias, acredito que este post será muito útil para os turistas que estão sem programação. O simpático arraial está localizado perto de Ouro Preto e é um dos refúgios de fim de semana preferido dos mineiros de Belo Horizonte e região metropolitana.

A mais de 1.500 metros de altitude, Lavras Novas encanta pelas belas paisagens contornadas por serras e cachoeiras e pelo clima serrano. Pousadinhas aconchegantes, restaurantes e bares com música ao vivo se espalham pelos coloridos becos e vielas, garantindo charme e alto astral à vilazinha que preserva o estilo colonial. Lavras Novas faz parte do roteiro Estrada Real que a cada dia ganha mais turistas do Brasil e mundo afora.

Aplicativos de Turismo

Fonte: Estado de Minas

Quem viaja por Minas Gerais e por outros estados sabe que, muitas vezes, chegar a uma cachoeira ou a um mirante é uma espécie de caça tesouro, o que pode se tornar perigoso para quem não conhece as trilhas e caminhos locais. Pensando nessas rotas e nas outras atrações que uma cidade do interior tem, os aplicativos que estão sendo lançados usam GPS para guiar visitantes a áreas de difícil acesso.

Esse foi um dos motivadores dos empresários Rafael Cipriani da Cruz e Pedro Henrique Mendonça. Eles criaram um aplicativo (link aqui), com o mapeamento das cidades que fazem parte da Estrada Real em Minas e Rio. Com o nome Cachoeiras Estrada Real, o programa é um guia para locais como São João Del-rei, Tiradentes, Ouro Preto, Aiuruoca, São Tomé das Letras, dentre outras.

“A ideia surgiu há uns dois ou três anos, quando trabalhávamos com ecoturismo em Tiradentes. Vimos que as pessoas não tinham informações sobre os pontos turísticos, não sabiam sobre nível de dificuldades em determinadas trilhas ou quais seriam os atrativos naturais”, conta Cipriani.

estrada real

O Aplicativo conta com o mapeamento de 21 cidades, 180 cachoeiras e mais de 100 pontos turísticos com produção audiovisual inédita com uso de Drones e câmeras subaquáticas. As cachoeiras são descritas com fichas técnicas que informam ao usuário o nível de dificuldade de acesso, tempo médio de percurso, dicas de segurança, informações sobre guias, características ambientais e se o terreno se encontra em propriedade particular. Já as rotas foram marcadas com indicativo de bifurcações e partem sempre da Prefeitura Municipal.

Em oito meses, o aplicativo já teve 50 mil downloads feitos de todo o país e de outras localidades do mundo. “Estamos focados na geração de conteúdo. Fizemos, para esse aplicativo, filmes com drone e fotos de alta resolução”, destaca Cipriani. Apesar do esforço para divulgar as muitas cidades que fazem parte do Estrada Real, os idealizadores do aplicativo dizem não ter tido retorno financeiro.

No princípio, houve parceira com algumas prefeituras, mas, agora, não há. “Estamos procurando um patrocínio para veicular a marca do projeto. Temos muitas ideias para aprimorar cada vez mais o programa. Em breve, vamos implantar fotos de 360 graus. Além disso, Mariana vai entrar na lista das cidades divulgadas”, antecipa.

A ferramenta ainda dispões de rotas por GPS sem a conexão com a internet, bem como informações sobre onde se hospedar, onde comer e todos outros serviços do município tais quais postos de gasolina, bancos e telefones de emergência.O usuário ainda conta com o acesso à serviços e informações sobre pousadas e restaurantes da rota, além de bancos, postos de gasolina, telefones de emergência e contato dos guias e receptivos locais, tudo geolocalizado no mapa.

O principal objetivo dos desenvolvedores foi criar uma ferramenta que pudesse contribuir com o turismo desta região. E é por isso que também incentivam e participam de projetos de preservação e conscientização ecológica junto às escolas ao longo do roteiro.

Lavras Novas App

As cidades mineiras estão apostando em tecnologia na tentativa amenizar os baixos retornos  no setor de turismo pela crise econômica. Municípios como Diamantina, no Vale do Jequitinhonha; Tiradentes, na Região Central; São Tomé das Letras, no Sul de Minas e até o pequeno vilarejo de Lavras Novas, distrito de Ouro Preto, estão investindo em aplicativos de celulares que servem como guias turísticos para quem visita esses locais e servem de esperança para melhorar a economia local.

lavras novas appDesenvolvidos por empresas, cidadãos ou até mesmo pelos órgãos públicos, os aplicativos trazem informações sobre cachoeiras, restaurantes, pousadas, entre outras, e são um serviço de guia completo.

Em Lavras Novas, que está a 117 quilômetros de Belo Horizonte, a iniciativa veio da moradora e fotógrafa Luciana Pautilla, de 30 anos. O pacato vilarejo, que foi descoberto ao longo dos anos no “boca a boca”, sofreu uma redução de cerca de 40% no movimento este ano por causa da crise econômica.

Luciana Pautilla, que morou em São Paulo e na Argentina, voltou a Lavras Novas e, em busca de uma oportunidade de trabalho para a sua área, começou a divulgar o local nas redes sociais. “Quando voltei para cá, arrendei uma pousada e não tinha muito o que fazer na minha área. Comecei a criar páginas nas redes sociais. Foi uma repercussão grande e, em pouco tempo, consegui 20 mil seguidores”.

Foi aí que a fotógrafa decidiu dar um passo maior. Procurou uma empresa que desenvolve aplicativos em BH e criou o Lavras Novas, que com cinco meses de funcionamento já conta com mais de 3 mil downloads.

Para que tenha retorno financeiro com a iniciativa, Luciana Pautilla cobra até R$ 30 por anunciante. “Para o visitante que baixar o aplicativo, que é gratuito para o usuário, há descontos nos estabelecimentos. Há dicas de passeios, como chegar em cachoeiras, restaurantes e pousadas”, diz.

Ela conta que, a princípio, convencer os nativos do comércio no local não foi fácil. “As pessoas do interior ficam um pouco ‘cabreiras’ com o tal ‘certo pelo duvidoso’. Então, comecei a oferecer o serviço para os donos de pousadas que vieram de fora. Aí começou a ter uma procura boa e os nativos viram que valia a pena”, afirma.

O grande trunfo, segundo ela, principalmente para a economia local, é que a plataforma permite divulgar ao visitante locais pouco conhecidos, como restaurantes caseiros. “Além disso, muita gente não sabia, por exemplo, que havia delivery de sanduíche aqui. Com o Lavras Novas, estão descobrindo”, orgulha-se.

Lavras Novas – O que Fazer, Onde Ficar, Onde Comer…

Fonte: O Tempo
lavras novasTem coisa boa em Lavras Novas, aquele distrito de Ouro Preto, na região Central de Minas, que todo mundo ama! Há pouco tempo, foi lançado o aplicativo Lavras Novas, com descontos em hospedagens, passeios e restaurantes, além de fotos e informações sobre eventos no vilarejo e na região, e como chegar a cachoeiras e mirantes de carro ou a pé. A ideia do App Lavras Novas é ótima e traz muita praticidade e informação para o turista em sua viagem. É só baixá-lo na lojinha da Apple (link aqui) ou do Android (link aqui) no celular ou no tablet e ficar sabendo de tudo o que rola na vila. O site Lavras Novas também está maravilhoso!

lavras novas o que fazer

Em Lavras Novas você não pode deixar de alugar um quadriciclo para passeio. A experiência e a adrenalina de pilotar pelas trilhas e estradas, contemplando a exuberante beleza da região, é única. Para fazer o passeio é necessário ter mais de 18 anos e ser habilitado para dirigir motocicletas ou carros. Cada quadriciclo tem espaço para duas pessoas e as regras acima valem apenas para o condutor, porém menores deverão ter autorização dos responsáveis. Durante todo o percurso você será acompanhado por instrutores que ajudarão a identificar as melhores rotas. Os quadriciclos são sem dúvida a melhor opção de transporte para o turista chegar aos pontos mais afastados do lugarejo. Além do mais, por serem veículos abertos, permitem ao turista um maior contato com a natureza da região.

 

lavras novas onde ficar

Lavras Novas é uma unanimidade. Lugar bucólico e encantador, está incrustada nas montanhas de Minas Gerais. Entre turistas que vêm de perto ou de longe, todo mundo que vai lá uma vez quer voltar. A vila tem dezenas de pousadas e chalés. Há pousadas para todos os gostos e bolsos. Desde os quartinhos mais simples alugados por moradores locais até as pousadas mais badaladas com piscina e quartos com banheira de hidromassagem.

lavras novas onde comer

Que tal uma comida mineira legítima? Com bife de alcatra à milanesa, feijão tropeiro, couve, mandioca frita e muitas outras gostosuras típicas de Minas? A culinária de Minas Gerais talvez seja a que concentra a maior diversidade de pratos no Brasil, pois em cada região do estado há uma comida típica diferente, com ingredientes encontrados com fartura no meio rural. Há dois pratos que se destacam, oferecidos nas mesas de todas as casas mineiras, principalmente no interior: o angu com quiabo e o feijão tropeiro. Não podemos esquecer também do ora-pro-nobis refogado com carne e o torresminho frito.

Documentário de Lavras Novas

Assista a seguir um pequeno documentário de Lavras Novas com participação de ator Jonas Bloch que tem casa na região. O ator tem também no lugarejo uma loja de artesanato e decoração, a Menestrel, onde vende as esculturas e os desenhos que produz. Jonas Bloch diz que Lavras Novas tem algo de mágico, além de sua beleza. “As relações de amizade aqui são muito fortes; temos uma verdadeira confraria”, conta. “Gosto de ficar observando os costumes e o jeito das pessoas do lugar.” Expressões como desensarado, para falar que alguém está doente, e luxento, para designar aquele que ostenta riqueza, são duas que o intrigam.

suno research recomendação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.