Aprenda aqui como baixar, instalar e usar o programa do imposto de renda pessoa física 2019…

O Programa de Declaração IRPF 2018 ou Programa de Declaração de Ajuste Anual do Imposto de Renda Pessoa Física 2018 veio neste ano com muitas novidades. Ao longo destes anos o aplicativo tem sofrido várias evoluções e está cada vez mais amigável ao usuário. Quem usa este programa hoje em dia costuma reclamar dos inúmeros preenchimentos que devem ser feitos, mas eu que sou mais velho presenciei meu pai preencher fichas e mais fichas de papel por muito tempo. Tinha que preencher na caneta e não podia ter rasuras, era uma tarefa muito trabalhosa. Hoje em dia, com a utilização do Programa IRPF, a tarefa está muito mais fácil e rápida. Dentre as novidades destacam-se:

  • Painel Inicial: Com o objetivo de facilitar o preenchimento, o layout do programa foi remodelado e agora possui um Painel inicial que contem as fichas identificadas como as mais relevantes (a partir do histórico de utilização) para o preenchimento de sua declaração;
  • Declaração de Bens: Criação de campos específicos para informações complementares relacionadas a alguns tipos de bens. Exemplos: Imóveis: Data de aquisição, endereço, Inscrição Municipal (IPTU), área do imóvel;
  • Impressão do Darf: A impressão do Darf de todas as quotas do imposto, calculando os valores de juros Selic para o respectivo vencimento. Além disso, os Darf emitidos após o prazo, também serão calculados os devidos acréscimos legais.
  • Alíquota Efetiva: Exibição da relação percentual entre o imposto devido e o total de rendimentos tributáveis.
  • Dependentes: Obrigatoriedade de informar o CPF de dependentes e alimentandos com 8 anos ou mais, completados até a data de 31/12/2017.
  • Atualização automática: Com a funcionalidade de atualização automática do PGD IRPF, é possível atualizar a versão do aplicativo sem a necessidade de realizar o download no sítio da Receita Federal do Brasil na internet. A atualização poderá ser feita, automaticamente, ao se abrir o PGD IRPF, ou pelo próprio declarante, por meio do menu Ferramentas – Verificar Atualizações;
  • Entrega sem necessidade de instalação do Receitanet: O programa Receitanet foi incorporado ao PGD IRPF 2018, não sendo mais necessária a sua instalação em separado;
  • Recuperação de nomes: Ao digitar ou importar um nome para um CPF/CNPJ, o sistema armazenará o nome para facilitar o preenchimento futuro. Os nomes armazenados são nomes informados pelo declarante, manualmente ou por meio das funcionalidades de importação, não são fornecidos pelas bases da Receita Federal do Brasil. Após armazenados, os campos referentes aos nomes serão preenchidos automaticamente conforme CPF/CNPJ digitados. A funcionalidade poderá ser desativada no Menu – Ferramentas – Recuperação de Nomes;

O Programa IRPF 2018 pode ser utilizado em qualquer sistema operacional, desde que obedecidas as seguintes instruções:

  • A máquina virtual java (JVM), versão 1.7 ou superior , deve estar instalada, pois programa desenvolvido em Java não pode ser executado sem a JVM .
  • A Máquina Virtual Java poderá ser baixada aqui.

Selecione o programa de acordo com o sistema operacional, faça o download e o instale:

Sistema Operacional Instruções
Linux Em breve…
Mac Em breve…
Solaris Em breve…
Multiplataforma Em breve…

Como Baixar o Programa IRPF 2019?

Em breve…

 

Como Usar o Programa IRPF 2019?

Em breve…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.