Imposto de Renda Day Trade

Pergunta do internauta: “Uorrem, como calcular o imposto de renda day trade e como preencher o documento de arrecadação fiscal (DARF). Obrigado!”

imposto de renda day trade

 

 

 

A regra da Receita Federal para o imposto de renda sobre operações day trade com mini-contratos de índice e dólar é a mesma para usada para operações day trade com ações. Lembrando que considera-se day trade a operação ou a conjugação de operações iniciadas e encerradas em um mesmo dia, com o mesmo ativo, em que a quantidade negociada tenha sido liquidada, total ou parcialmente.

Os ganhos líquidos em operações day trade auferidos em operações realizadas em bolsas de valores, de mercadorias e de futuros são tributados à uma alíquota de 20%. Estas operações estão sujeitas à retenção do imposto sobre a renda incidente na fonte à alíquota de 0,005%, salvo se o valor da retenção do imposto seja igual ou inferior a R$ 1,00, como antecipação, podendo ser compensado com o imposto sobre a renda mensal na apuração do ganho líquido.

 

As despesas pagas para a realização de operações de compra ou venda (corretagens, emolumentos, etc.) podem ser consideradas na apuração do ganho líquido, sendo acrescidas ao preço de compra e deduzidas do preço de venda dos ativos ou contratos negociados. Abaixo apresento um exemplo de nota de corretagem. Circulado de vermelho estão as despesas. Circulado em azul está o ganho total do dia. Circulado em amarelo está o imposto de renda retido.

nota de corretagem

Para fins de apuração e pagamento do imposto mensal sobre os ganhos líquidos, as perdas incorridas nas operações day trade poderão ser compensadas com os ganhos líquidos auferidos no próprio mês ou nos meses subsequentes. Lembrando que não se pode compensar resultados negativos de um mês com ganhos auferidos em meses anteriores, pois a base de cálculo do imposto é apurada mensalmente.

O valor do imposto retido na fonte sobre operações day trade pode ser deduzido do imposto incidente sobre ganhos líquidos apurados no mês ou compensado com o imposto incidente sobre os ganhos líquidos apurados nos meses subsequentes, se, até o mês de dezembro do ano-calendário da retenção, houver saldo de imposto retido.

Como exemplo prátic,o vou mostrar a seguir o pagamento do imposto de renda relativo aos lucros que obtive no mês passado (setembro/2016). Logo abaixo está a minha planilha de controle operacional.

extrato imposto de renda day trade

Os valores são:

Ganho Bruto: 83,00
Gastos Totais: 7,04
Ganho Líquido (Bruto – Gastos): 75,96
Imposto de Renda Total (Líquido * 0,2): 15,19
Imposto de Renda Devido (IR Total – IR Retido): 14,43

Logo abaixo apresento o preenchimento do DARF para pagamento do imposto:

DARF day trade

Geralmente utilizo o Internet Banking do Bradesco para pagar os DARFs, mas você poderá utilizar o site do banco que possui conta. Abaixo os campos que precisam ser preenchidos:

Período de Apuração: Último dia do mês anterior (mês das operações)
CPF: CPF do titular da operação
Código Receita: 6015 (sempre usar este número)
Data de Vencimento: Último dia do mês atual (mês de pagamento)
Valor Principal: Imposto devido

Acho interessante guardar o comprovante do pagamento em forma de PDF. Se por algum motivo a Receita questionar sua declaração de imposto no ano seguinte você estará munido das documentações comprovatórias.

DARF comprovante day trade

Lembro que é vedado o recolhimento de tributos cujo valor seja inferior a R$ 10,00. Ocorrendo tal situação, adicione o valor à apuração do mês subsequente até que o total seja igual ou superior a R$ 10,00.

Conheça o curso Trend Following Bovespa…

curso trend following

Tópicos Relacionados

17 comentários sobre “Imposto de Renda Day Trade

  • Tem como pagar o imposto sobre renda variavel de modo antecipado, atraves do mensalão codigo 246? Como faço para pagar antecipado, e não preocupar já que são poucas operações, pois faço a contabilidade exata em dezembro. que codigo usar?

    • Olá Daniel!

      Não tenho esta informação para você. Não conheço este código. Mas acredito que você pode esperar o mês terminar, e no mês seguinte já pode fazer o pagamento logo no primeiro dia, usando o código 6015.

      Abraço!

  • Boa tarde, paguei meu primeiro DARF hoje, antes de consultar seu site e quase tive um treco, porque nao sabia se ISS era deduzido do lucro antes de calcular o IR. Fiz o cálculo igual você, mas tenho uma dúvida. Nas minhas notas de corretagem, o IRRF é 1% de [(ajuste do dia) – (Taxa de corretagem + Taxa Registro BMF + Taxa Emolumentos BMF)] ou seja, o ISS não é deduzido na hora de calcular o IRRF, porque ele seria na hora de calcular o IR??

    • Olá Gabriel, tudo beleza?

      Não sei como a sua corretora está discriminando as taxas, mas veja a nota que coloquei como exemplo no post, os valores são:

      Corretagem: 8
      Taxa Registro BM&F: 2,94
      Taxa BM&F: 2,64
      Total de Taxas: 13,58

      Lucro Bruto: 159

      Lucro Bruto – Taxas: 145,42

      ISS: 0,34
      Lucro Bruto – Taxas – ISS: 145,08

      IR Retido: 1,45

      Total Líquido da Nota (Lucro Bruto – Taxas – ISS – IR Retido): 143,63

      Entendo que o ISS faz parte dos gastos, mas você precisa certificar na sua nota de corretagem se ele não está incluído em outras taxas.

      Abraço!

      • Então, eu estava fazendo o cálculo exatamente assim, mas quando fui ver a nota de corretagem fiquei confuso, porque o ISS estava em uma seção diferente que as taxas de corretagem e da BMF. O seu post me tranquilizou, mas só pra ter certeza fui até a Receita Federal e eles me instruíram a calcular o IR após deduzir todo e qualquer custo, o que inclui o ISS.

        Disseram também que se o cálculo estiver errado, que um de dois poderia acontecer. A diferença ser tão desprezível que a Receita não iria se incomodar, ou que eles iriam entrar em contato para cobrar o resto, que no caso poderia ser corrigido no próximo DARF. Falaram que se você fizer um pagamento errado, tanto para mais quanto para menos num determinado mês, que você pode corrigir nos próximos, já que o importante é o valor total estar correto.

        Obrigado pela atenção, espero que essa descoberta também ajude a outros.

        Abraço!

        • O ISS é discriminado em separado mesmo.

          Não sabia que pagar a mais em um mês poderia ser compensado no mês seguinte. Qual página você fez a consulta na Receita?

          Abraço e obrigado!

  • Esse ano ao preencher meu irpf acabou que meu imposto a recolher foi menor que 10 reais.
    Sabe me dizer se no próximo ano se eu tiver imposto a ser restituído a dedução daquilo q tenho q pagar será automática?
    Pesquisei mas não encontrei a resposta.
    Se sim ou se não, de qualquer forma ano que vem passo aqui para falar Oq aconteceu.
    Abraco!!

  • Ola, tenho uma duvida, comecei Day trade mês passado, no primeiro dia ganhei R$200,00, mas minha alegria acabou no primeiro dia, depois só perdi e fechei o mês negativo. Comecei o mês com R$2000,00 e fechei o més com R$700,00. E agora, o dia que eu ganhei R$200,00 tenho que gerar a Danf e pagar o imposto? Ou como não tive lucro no fechamento do mês não preciso pagar IR nem desses R$200,00?

    • Olá João!
      Que pena que fechou o mês negativo, mas não se preocupe, é o custo do aprendizado. O importante é ir aprendendo com os erros.
      Sobre a DARF, você só precisaria gerar caso tivesse terminado o mês no positivo, ou seja, com lucro. Para o Fisco o que conta é a soma dos resultados de todas as operações do mês. Então no seu caso não será necessário gerar. Porém anote seu prejuízo que poderá ser utilizado para abater caso tenha lucro neste mês.
      Abraço!

  • Uo conseguiu sair no gain hoje no day trade? Hoje foi um dia bem direcional no mini indice, vi alguns professores de sala ao vivo no loss, como pode os caras perder grana num dia desses aqueles que se dizem professores rs

    • Opa, hj não fiz DT mas aproveitei o dia para me desfazer de 2 minis de índice que tinha vendido no swing na semana passada. Na verdade estava vendido em 3 e deixei o último para depois do feriado. Quinta promete. Quem é vc?
      Abraço!

Comente...