Pergunta do internauta: “Uorrem, como calcular o imposto de renda day trade e como preencher o documento de arrecadação fiscal (DARF). Obrigado!”

A regra da Receita Federal para o imposto de renda sobre operações day trade com mini-contratos de índice e dólar é a mesma para usada para operações day trade com ações. Lembrando que considera-se day trade a operação ou a conjugação de operações iniciadas e encerradas em um mesmo dia, com o mesmo ativo, em que a quantidade negociada tenha sido liquidada, total ou parcialmente.

Os ganhos líquidos em operações day trade auferidos em operações realizadas em bolsas de valores, de mercadorias e de futuros são tributados à uma alíquota de 20%. Estas operações estão sujeitas à retenção do imposto sobre a renda incidente na fonte à alíquota de 1%, salvo se o valor da retenção do imposto seja igual ou inferior a R$ 1,00, como antecipação, podendo ser compensado com o imposto sobre a renda mensal na apuração do ganho líquido.

As despesas pagas para a realização de operações de compra ou venda (corretagens, emolumentos, etc.) podem ser consideradas na apuração do ganho líquido, sendo acrescidas ao preço de compra e deduzidas do preço de venda dos ativos ou contratos negociados. Abaixo apresento um exemplo de nota de corretagem. Circulado de vermelho estão as despesas. Circulado em azul está o ganho total do dia. Circulado em amarelo está o imposto de renda retido.

nota de corretagem

Para fins de apuração e pagamento do imposto mensal sobre os ganhos líquidos, as perdas incorridas nas operações day trade poderão ser compensadas com os ganhos líquidos auferidos no próprio mês ou nos meses subsequentes. Lembrando que não se pode compensar resultados negativos de um mês com ganhos auferidos em meses anteriores, pois a base de cálculo do imposto é apurada mensalmente.

O valor do imposto retido na fonte sobre operações day trade pode ser deduzido do imposto incidente sobre ganhos líquidos apurados no mês ou compensado com o imposto incidente sobre os ganhos líquidos apurados nos meses subsequentes, se, até o mês de dezembro do ano-calendário da retenção, houver saldo de imposto retido.



Como exemplo prático vou mostrar a seguir o pagamento do imposto de renda relativo aos lucros que obtive no mês passado (setembro/2016). Logo abaixo está a minha planilha de controle operacional.

extrato imposto de renda day trade

Os valores são:

Ganho Bruto: 83,00
Gastos Totais: 7,04
Ganho Líquido (Bruto – Gastos): 75,96
Imposto de Renda Total (Líquido * 0,2): 15,19
Imposto de Renda Devido (IR Total – IR Retido): 14,43

Logo abaixo apresento o preenchimento do DARF para pagamento do imposto:

DARF day trade

Geralmente utilizo o Internet Banking do Bradesco para pagar os DARFs, mas você poderá utilizar o site do banco que possui conta. Abaixo os campos que precisam ser preenchidos:

Período de Apuração: Último dia do mês anterior (mês das operações)
CPF: CPF do titular da operação
Código Receita: 6015 (sempre usar este número)
Data de Vencimento: Último dia do mês atual (mês de pagamento)
Valor Principal: Imposto devido

Acho interessante guardar o comprovante do pagamento em forma de PDF. Se por algum motivo a Receita questionar sua declaração de imposto no ano seguinte você estará munido das documentações comprovatórias.

DARF comprovante day trade

Lembro que é vedado o recolhimento de tributos cujo valor seja inferior a R$ 10,00. Ocorrendo tal situação, adicione o valor à apuração do mês subsequente até que o total seja igual ou superior a R$ 10,00.

Como Declarar Imposto de Renda Day-Trade com Dólar e Índice

Veja no vídeo abaixo como declarar as operações com dólar e índice no imposto de renda.

suno research recomendação

194 thoughts on “Imposto de Renda Day Trade

  1. Fábio Responder

    Boa tarde,

    Pode por gentileza informar se posso abater prejuízos de anos anteriores em operações daytrade operando mini contratos de dólar com ganhos obtidos este ano (2017) também em operações daytrade, entretanto, operando mini contratos de índice. Gostaria de saber se isso é possível, pois observei que a corretora gera apenas uma única nota de corretagem para ambos ativos (dólar e indice) e ambos são considerados ativos de mercado futuro.
    Favor também informar se posso e como faço para obter a restituição dos descontos de 1% retidos na fonte em operações daytrade, sendo que na verdade os ganhos correspondem apenas a recuperação de prejuízos em operações daytrade de anos anteriores operando mini contratos de dólar. Ou seja, não obtive ganho real, apenas estou recuperando prejuízos de anos anteriores e mesmo assim acabam descontando 1% na fonte.
    Por favor, me dê um retorno. Obrigado pela atenção.

    Abraço,
    Fábio.

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Boa tarde Fábio!

      Pergunta 1: sim.
      Pergunta 2: não.

      Abraço!

  2. Ricardo Responder

    Olá, bom dia!
    Só passando para dar os parabéns.
    Excelente explicação! Primeiro post que vejo que contém de forma clara tudo que eu precisava.
    A única pergunta que me tinha o Marcos Alberto 29/07/2017 fez e vc já esclareceu.
    Vc está ajudando muita gente.
    Deixo meus sinceros agradecimentos.

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Boa tarde Ricardo!

      Fico feliz de ter ajudado. Acompanhe o site.

      Grande abraço!

  3. Alexandre Responder

    boa tarde Day trader de Dezembro eu pago a Darf em janeiro de 2018

  4. Félix Beserra Responder

    Parabéns pelo site que têm muitas informações úteis, principalmente para os traders iniciantes!… Por favor, também gostaria que tirasse algumas dúvidas:

    1 – fiz algumas operações de day trader de minicontratos em 2016 e não declarei no imposto de renda os resultados mensais negativos ou positivos por não saber e minha corretora não ter me ensinado, e agora vou ter que corrigi-lo. Qual seria a alíquota da multa e dos juros diários e como se calcula isso?

    2 – a Receita tem algum programa para calcular isso automaticamente?

    3 – quando se opera day trade de minicontratos e de ações no mesmo dia soma-se tudo para efeito do IR ou precisa ser colocado separado no formulário de IR?

    4 – vi teu vídeo que fala sobre a importância de se separar os resultados de mini dólar e mini índice em virtude de no formulário da Receita estarem separados, mas gostaria de saber se dá problemas caso sejam colocados juntos, usando os dados da nota de corretagem?

    5 – considerando que 1% dos ganhos fica retido no IR de day trade de mini contratos, posso deduzir o valor corresponde a esse 1% dos ganhos antes de aplicar os outros 19%, ou esses 19% tem que ser aplicado nos ganhos independentemente de já ter sido descontado o 1%?

    6 – você saberia dizer é preciso colocar na declaração de IR compras feitas no exterior, mesmo sendo de pouco valor?

    7 – fiz algumas operações de Forex em 2016 no exterior, movimentando menos de 100 dólares, isso
    também precisa ser colocado no IR, ou apenas quando há saque que for maior que o valor enviado para a corretora?

    8 – é preciso colocar no IR operações no Tesouro Direto, mesmo quando há prejuízos?

    Muito obrigado pelas respostas.

  5. Adriana Responder

    Olá tudo bem ? Gostaria de tirar uma dúvida por favor ?

    Por exemplo nos dias em que fechei positivo ao longo do mês (mini dolar por exemplo), eu posso transferir o ganho da corretora para a minha conta corrente ou tem que aguardar o vencimento do ativo ?

    Desde já obrigada.

  6. William Duarte Peixoto Responder

    Boa tarde, e no caso de fechar o mes negativo, como faco, eu iniciei em Abril de 2017 e logo no primeiro mes fiquei negativo, opero Day trade dolar e indice, como realizo a DARF

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Opa!
      Só emite DARF se teve lucro no mês. Se ficou com prejuizo basta anotar os valores para declarar no ano que vem.
      Abraço!

  7. Breno Leal Responder

    Bom dia,

    Se eu fiz uma operação de compra de 10 contratos e só vendi 5 no DT os outros 5 eu fiquei na posição e vendi no dia seguinte. a Nota de corretagem vem com todos os custos referente àquele dia do pregão.
    Considero que foi um swing com os 10? ou tenho que separar os custos de corretagem e fazer uma DARF para o Lucro no DT e depois para o lucro no swing?

    Muito Obrigado

    Breno Leal

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Boa tarde Breno!

      Sim, você precisa separar os custos do swing e do DT. O DARF pode ser apenas um com o imposto total, mas a apuração do IR deve ser deparada por tipo de operação.

  8. Maycom Meurer Responder

    Boa tarde, para pagar e compensar o IR, se dentro do mes fizer operacao com WDO e WIN, eu tenho que juntar os dois para calcular o IR..? e o prejuizo tbm é acumulado dos dois?
    tipo se tiver prejuizo do WDO e Lucro do WIN, eu pago o IR pela diferença?

    e se tiver prejuizo no mes em WDO e no outro mes tiver Lucro no WIN, posso compensar o prejuizo do WDO para abater o pagamento de IR do WIN né?

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Isto mesmo Maycom, desde que seja day-trade em ambos ou operação comum em ambos.
      Abraço!

  9. Maycom Meurer Responder

    se eu deixar a posicao aberta no fim do dia:
    exemplo, comprei mini-indice futuro no dia 10/10 e acabou o dia e nao vendi…no outro dia continua aberta ou a corretora fecha no fim do dia?
    para fins de IR entraria nas regras de daytrade ou swingtrade com isençao de 20 mil ?

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Depende.

      Se usar boleta day-trade irá fechar no fim do dia automaticamente. Caso contrário fica posicionado. Sobre a isenção de 20.000, até onde sei só vale para ações.

      Abraço!

  10. Maycom Meurer Responder

    outra duvida, para compensar prejuizo?
    se tenho no mes lucro em indice de R$ 100,00 e prejuizo no dolar de 200,00..
    preciso pagar o IR sobre o indice?
    na lei diz “somente serão compensadas com ganhos auferidos em operações da mesma espécie.”
    esta mesma espécie entende-se oque?

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Operações de mesma espécie: operação day-trade com operação day-trade, operação comum com operação comum.

      Então não precisa pagar IR sobre o índice se teve prejuízo no dólar, desde que seja ambas operação day-trade ou ambas comuns.

      Abraço!

  11. Maycom Meurer Responder

    fiquei com duvida se no fim dos meses houver saldos de IR retidos pelo motivo de ter prejuizo nos meses, esses valores retidos posso compensar em outros meses?
    e se em dezembro tiver valores retidos com prejuizo, tenho que pedir restituicao ou posso compensar o valor retido de anos calendario anterior?

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Opa!

      O IR retido pode ser compensado até o último mês do ano.

  12. Maycom Meurer Responder

    bom dia, se eu tive lucro de R$ 1.000,00 em outubro, pago R$ 200,00 de IR até o final de novembro…
    e se no caso no final do ano (dezembro) eu terminar com o prejuizo de R$ 2.000,00. Posso pedir restituicao do valor pago referente a outubro?

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Bom dia Maycom!

      Prejuízos só podem ser abatidos de lucros futuros e não lucros passados.

      Abraço!

  13. Maycom Meurer Responder

    Voce nao tem uma planilha pra mandar para nós de calculos?

  14. juliana Responder

    Boa noite , estou aprendendo operar day trade , eu estou saindo de uma fase que eu ganho e depois perco tudo e mais um pouco, me tira uma dúvida sobre este cálculo:
    num determinado mês tive um lucro líquido de 1.082,50 e prejuízo líquido de 1.543,36
    o valor que tenho vou usar pra compensação do próximo mês é 1543,36 reais ou tenho que fazer a conta lucro 1082,50 – prejuizo 1543,36 = 460,66 , ? entendeu ?
    Desde já obrigada

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Bom dia Juliana!

      Tem que fazer a diferença do lucro menos o prejuízo sim.

      Boa sorte e bons trades!

  15. Maycom Meurer Responder

    Bom dia, no seu exemplo la em cima, a sua base de calculo para calcular os 20% de IR, seria qual?
    Seria R$ 145,08 x 20% = 29,02 – IR retido de R$ 1,45 = IR a pagar R$ 27,57 ?

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Isto mesmo Maycom. É o lucro líquido * 20% – IRRF

  16. Miler Roschel Responder

    Boa tarde, poderia me tirar uma dúvida, operei alguns dias em agosto e setembro, tive mais perdas do que ganho tenho que emitir a DARF desses ganhos? Todas as movimentações terão que ser declaradas no IR?
    R$ 7,00 R$ 1,33 17/ago
    R$ 17,00 R$ 3,23 18/ago
    R$ 39,00 R$ 7,41 21/ago
    R$ 36,00 R$ 6,84 22/ago
    -R$ 71,00 R$ – 23/ago
    -R$ 135,00 R$ – 24/ago
    R$ –
    -R$ 21,00 R$ – 20/set
    -R$ 35,49 R$ – 21/set

    Obrigado

    • Italo Responder

      Primeiro vc tem que separar se suas operações são DAY TRADE ou não. Se forem day trade, verifique se houve lucro. Caso ocorra lucro, vc paga 20% de imposto de renda sobre o LUCRO. O valor da DARF terá que ser no mínimo de R$10,00, caso o valor a pagar seja menor que os R$ 10, será acumulado para o mês seguinte. Neste caso eu recomendo que pague os R$ 10 para não esquecer para o mês seguinte.
      Se sua operação demorou dois dias ou mais, vc terá que verificar qual foi o valor total de alienação. Se a quantidade de vendas do mês de agosto foi superior a 20 mil reais e se no mês de agosto vc obteve lucro, vc pagará 15% de imposto de renda em cima do lucro. No caso do seu exemplo, vc teve prejuízo no mês de Agosto, sendo assim vc não tem que pagar IR.
      O valor do seu prejuízo vc poderá compensar nos meses seguintes. Por exemplo, caso vc realize uma unica operação neste mês de outubro (comprou 20 mil reais de PETR4 hoje), no final do mês vc vendeu suas ações por 22 mil reais. Seu lucro bruto foi de 2 mil reais. Deste lucro eu vou abater o custo da corretagem mais outras despesas que totalizaram R$ 30,00. Seu lucro líquido foi de R$ 1970. No seu exemplo acima vc teve um prejuízo de R$ 165 (arredondei). Neste caso vc irá realizar a subtração de 1970 – 165 = 1805 (valor este que será apurado para fins de IR).
      Espero ter ajudado.

      • Ábaco Líquido Autor do post

        Muito obrigado pela contribuição Italo!

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Boa noite Miler!

      Você só faz apuração de IR caso tiver ganho consolidado no mês. Então no seu caso não haverá necessidade de emitir DARF.

      Abraço!

  17. Danilo Henrique Pereira Schnetzler Responder

    Olá, me ajude em uma duvida, por gentileza!!!
    A isenção do lucro da venda em operacoes comuns é anulada com a soma das vendas de day-trade?
    1. Vendi r$ 10,000.00 em acao comum e lucrei r$ 500.00.
    2. Vendi R$ 50,000.00 em acao daytrade e tive prejuizo no mesmo mes da venda da operacao comum.

    Tenho q pagar imposto em cima dos R$ 500,00 ou nao ?

    Abraços.

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Bom dia Danilo!

      A isenção do lucro da venda em operações comuns não é anulada com a soma das vendas de day-trade. Não precisará pagar IR sobre o lucro de 500 reais.

      Abraço!

  18. Italo Responder

    Se eu operar em com todos os ativos BMF e obtiver lucro em todos, a DARF será uma só ou terei que realizar DARFs em separado para cada ativo? Eu sei que no programa do IR ele pede para separar cada contrato. Eu particularmente separo na minha planilha os contratos de índice do dólar.

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Italo,

      A DARF pode ser única, mas na declaração precisa mesmo separar por tipo de ativo e por tipo de operação.

      Abraço!

      • Italo

        Vc recomenda separar as DARF? Acredito que para controle pessoa e da própria RFB deve ser melhor.
        Outra dúvida, eu posso compensar prejuízo entre operações com AÇÕES e operações DERIVATIVOS? Ou só posso compensar AÇÃO com AÇÃO e DOLAR com DOLAR?

      • Ábaco Líquido Autor do post

        Boa noite Italo!

        Eu faço apenas um DARF, mas fica a seu critério fazer mais de um para fins de organização.

        Sim, você pode compensar prejuízo de ações com lucros de derivativos, desde que seja day-trade com day-trade ou operação comum com operação comum.

        Abraço!

  19. Italo Responder

    Boa noite.

    Eu operei recentemente um contrato do mini índice como swing trade. Como no final do pregão ocorre o ajuste de operação, eu não sei como eu devo proceder para recolher o IR. Irei exemplificar minha situação:
    No dia 21/09 vendi 3 contratos com preço de 76.025,00 pontos e tive um custo total de R$ 7,43 (R$ 6 de custo de corretagem, R$ 1,20 da taxa da BVMF e 0,23 de outros custos). No dia 22/09 o ajuste de posição foi de 75.694,00 pontos. Comprei um contrato a 75.490,00 pontos e dois contratos 76.040,00 pontos e tive um custo de R$ 7,42 (R$ 6 de custo de corretagem, R$ 1,20 da taxa da BVMF e 0,22 de outros custos). A minha nota me diz que obtive lucro liquido de R$ 70,21.
    Eu vou declarar meu IR em cima de qual valor e o que eu vou descontar de custo operacional?

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Bom dia Italo!

      No caso de swing trade com derivativos, há incidência de imposto de renda sobre o ganho líquido na negociação ou liquidação. A alíquota base de imposto de renda utilizada para o mercado de dólar futuro é de 15% sobre o lucro líquido da operação.

      O imposto de renda em operações no mercado futuro é apurado sobre o resultado positivo da soma dos ajustes diários observados entre a data de abertura do contrato e a data de encerramento ou cessão da operação.

      A apuração é realizada ao longo da vigência do contrato e não mensalmente. A responsabilidade de apuração e de pagamento de imposto de renda é do contribuinte. O pagamento do imposto de renda deve ser realizado até o último dia útil do mês subsequente ao mês de apuração.

      Parte do imposto de renda a ser pago pelo investidor no mercado futuro pode ter sido retido na fonte. Há incidência do imposto de renda retido na fonte (IRRF) à alíquota de 0,005% sobre a soma algébrica dos ajustes diários, quando positiva, apurada por ocasião do encerramento da posição, antecipadamente ou no seu vencimento.

      Abraço!

      • Italo

        Sinceramente eu não entendi. Tem como eu te passar duas notas de corretagem por email? Eu não entendo a forma como eu irei declarar os contratos com o ajuste diário.

  20. Luis Claudio Responder

    Prezados, bom dia.
    Parabéns pelo ótimo artigo, me ajudou muito!
    Porém ainda continuo com a seguinte dúvida sobre quando devo ou não pagar o DARF 6015.
    Vou explicar a minha situação.
    Fiz operações Day Trade em ações na Bovespa nos meses de julho, agosto e setembro de 2017, e tive as seguinte situações:
    Em julho: Lucro líquido de R$ 535,91 e prejuízo de R$ 3.192,50
    Em agosto: Lucro líquido de R$ 171,38 e prejuízo de R$ 2.579,20
    Em setembro: Lucro líquido de R$ 1.580,54 e prejuízo de R$ 7.608,95
    Nos três casos, eu ainda não paguei o DARF.
    As minhas dúvidas são as seguintes:
    Com o tamanho do prejuízo que tive, ainda terei que pagar o DARF 6015?
    Se sim, terei que aplicar os 20% ou 19% sobre o lucro líquido?
    Se não, caso nos próximos meses eu consiga reverter esse prejuízo operando Day Trade em ações, terei que pagar esses lucros líquidos retroativos e pagarei também multa e juros por não ter pago no período correto?
    Obrigado pela atenção!

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Boa tarde Claudio!

      Entendo que os prejuízos foram superiores aos lucros em todos os meses, correto? Se sim não precisa pagar o IR com a DARF.

      Abraço!

  21. Fábio Responder

    Boa tarde,

    Pode por gentileza informar se posso abater prejuízos de operações daytrade em mini contratos de dólar (futuro) em anos posteriores na mesma categoria? Ou seja, caso obtenha lucro em operações daytrade em mini dólar em anos seguintes se posso descontar os prejuízos de anos anteriores nas operações de daytrade. Informo que registrei todos os prejuízos nas declarações de imposto de renda.
    Aguardo retorno. Obrigado pela atenção.

    Abraço,
    Fábio

  22. Leandro W P Coimbra Responder

    De início quero agradecer todas as informações já fornecida aqui… Veja se pode me ajudar com mais uma dúvida… estou com R$15.000 de venda em operações de swing trade nesse mês. Comecei a operar mini contratos em day trade. Sei que preciso pagar sobre os ganhos em day trade mas não sei exatamente que valores devo considerar dessas operações, conjuntamente com os 15.000, para saber se já devo pagar imposto neste mês. Seria os valores de ” Vlr.Oper./Ajuste ” apenas das vendas ?

    Novamente agradeço a ajuda!

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Obrigado Leandro.

      Este swing também é com mini contratos?

      No caso do day trade, você precisa consultar na nota os valores líquidos creditados na conta.

      • Leandro W P Coimbra

        R$15.000 de Swing trade apenas com ações.

        No caso de uma operação como essa:
        C/V Mercadoria Quantidade Preço/Ajuste Tipo Negócio Vlr.Oper./Ajuste D/C Tx Operacional
        V WIN V17 5 76.800,00 DAY TRADE 353,00 C 5,00
        C WIN V17 5 76.650,00 DAY TRADE 203,00 D 5,00

        devo somar R$556,00 (353+203) aos 15000 para saber se preciso pagar imposto sobre as operações de swing trade com as ações no mês ou apenas o valor ganho (R$150 – custos)?

      • Ábaco Líquido Autor do post

        Boa tarde Leandro!

        Você não deve misturar operações day-trade com operações não day-trade, logo, o swing-trade deve ser considerado à parte. Mas se você não vendeu mais de 20.000 no swing então não precisa pagar IR sobre o lucro do swing.

        No caso do day-trade, você precisa apurar o lucro. Basicamente é o lucro bruto das operações, menos as corretagens e menos as taxas.

        Abraço!

  23. Luis F Responder

    Ola primeiro parabéns pela explicação

    Estou com uma duvida e não vi ela em nenhuma das perguntas, ja de cara peço desculpas pela minha falta de conhecimento

    pelo q eu entendi, todo fim de mês no caso de lucro, devemos gerar a darf com 19% em imposto pra pagar do total liquido sobre os lucros do mês

    1 – a minha duvida eh a seguinte, mesmo pagando todo mês os 19% IR devido sobre o lucro liquido, quando chegar na declaração anual eu pagarei mais algum imposto ou preciso apenas informar em algum campo os impostos ja pago mês a mês ?

    2 – supondo q depois de pagar a darf, me sobre 10 mil de lucro todo mês e eu saque para minha conta corrente todo mês esses 10 mil, na declaração anual eu terei q pagar algum IR sobre essa movimentação mensal de 10 mil ou ja estaria isento ? visto q ja foram pagos IRs mensais sobre essa quantia de lucro

    3 – vc saberia me informar qual a porcentagem cobrada no ISS e sobre qual valor, quais são os valores cobrados de emolumentos e tx de registro pra day trade de mini dólar e se a taxa de emolumentos e tx de registros são cobrados igual é cobrado na corretagem, uma pra abrir a operação e outra pra fechar ?

    muito obrigado e no aguardo da resposta

      • Luis F

        desde ja agradeço a resposta

        mais uma duvida e paro de amolar kkkkk

        se eu fizer uma operação no mini dólar, com 1 ou 20 contratos e ela for ganhadora, mesmo que seja apenas um gain de 0,5 ponto, no resultado de todos os descontos, ainda terei um saldo positivo ?
        vale a pena fazer um scalper de meio ponto com 20 contratos de mini dólar por exemplo ? claro q se a operação for de gain

      • Ábaco Líquido Autor do post

        Opa Luis, não entendi bem esta pergunta, pode reformular?

  24. Kauê Responder

    Boa tarde!
    Gostaria de deixar os parabéns ao post, foi muito esclarecedor, fiquei com algumas dúvidas iguais aos colegas que comentaram, e sua resposta as sanou com precisão, muito bom.
    Grato!

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Opa Kauê!
      Fico feliz de ter ajudado. Qualquer dúvida estou à disposição.
      Abraço!

  25. Marcos Douglas Responder

    Me tira uma dúvida, comecei a operar no inicio do ano e por falta de informação só recentemente entendi que eu precisaria pagar DARF todo mês (pois eu achava que só era necessario com ganhos acima de 20.000,00), e por ter sido iprudênte eu não anotava minhas operações, tem alguma forma que eu posso correr atraz dessas imformações (meus ganhos e prejuízos e taxas dos meses anteriores) e como faço pra preencher a DARF nesse caso? junto todas as informações e coloco em uma DARF só como se tivesse pagando a desse mês? Obrigado.

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Olá Marcos!

      Você precisará consultar todas as notas de corretagem para apurar o lucro/prejuizo mês a mês. Pode pagar apenas em um DARF, mas o cálculo das multas e juros deverá ser realizado em separado para cada mês em atraso. Depois você soma tudo. Depois veja este post:

      http://abacusliquid.com/darf-atrasado/

      • Marcos Douglas

        Ok, muito obrigado, quero me livrar desse problema a tempos, mas os outros artigos na internet só me deixavam mais confuso. Obrigado pela resposta e pelo post.

  26. Marcos Alberto Responder

    Por favor me esclareça uma dúvida que tenho.
    Junho
    Soma da N. C. 140,00
    Despesas 30,20
    Saldo 109,80
    IR 20% 21,96
    IR. N. C 3,01
    Vlr. A Recolher 18,95 já recolhido

    Julho
    Soma da N. C. 76,00
    Despesas 201,26
    Saldo -125,26
    IR 20% –
    IR. N. C 9,73
    Vlr. A Recolher Oficial –

    Minha dúvida é:
    1º no próximo mês caso seja positivo poderei descontar os 125,26 negativo referente ao mês de julho?
    2º E os 9,73 retidos no mês de julho o que fazer? posso descontá-lo do imposto a ser recolhido no mês seguinte?

  27. Emersom Responder

    Bom dia, poderia tirar umas dúvidas.

    1° Se no ano passado eu tive um prejuízo de 5000 e este ano tô com um lucro de 4000 eu preciso pagar imposto gerar uma darf,ou eu faço o desconto.

    2° Se eu fiz uma operação com 20000 em day trade tive um lucro líquido de 1000 já contando as taxas, eu pago o imposto em cima dos 1000, como eu faço o cálculo para pagar a darf.

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Bom dia!

      1 – Faz o desconto
      2 – O IR sempre é sobre o lucro líquido (lucro bruto – taxas)

      Abraço!

  28. Roberta Responder

    Bom dia,
    Onde eu preencho a DARF? Só encontrei versões para imprimir no site da Receita federal, mas em alguns sites dizem que para Daytrade tenho que preencher o Carnê Leão, é a mesma coisa? estou na dúvida 🙁

  29. Mercelo Silveira Responder

    Parabéns pelo excelente artigo dobre imposto de renda day-trade!

  30. Marcus Nascimento Responder

    Olá, boa noite!
    Uma dúvida.
    Fiz uma compra de uma certa ação ontem, vendi ela hoje, e recomprei a mesma quantidade hoje, a uma cotação diferente.

    Só para ilustrar:
    Compra ontem: 600 x 2,39
    Venda hoje: 600 x 3,00
    Recompra hoje: 600 x 2,65

    Na nota de corretagem de hoje, essas operações de venda e compra (3,00 e 2,65) de hoje, ficou marcado como operação Day Trade.
    O valor para base de IRRF Day Trade está negativo, e o valor de IRRF está 0,00.

    Isso quer dizer que tive prejuízo na operação Day Trade?

    Se sim, esse valor de Base IRRF DT que está negativo na nota, posso utiliza-lo para diminuir a base positiva que tive em operações anteriores?

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Olá Marcus!

      Está estranho isto, se a compra foi por um valor abaixo da venda então o resultado deveria ser positivo. Me envie um print da nota de corretagem.

  31. Afonso Nogueira Responder

    Boa noite. Estou iniciando no mercado e tenho algumas dúvidas. Espero que possa me ajudar.
    Sou dependente no IR do meu pai. Tenho 24 anos e estou cursando faculdade.
    Vamos as dúvidas:

    1ª – Operando mini dolar ou mini indice preciso fazer meu próprio IR ou ainda posso permanecer como dependente?
    2ª – Qual a diferença entre o DARF e o IR?
    3ª – Preciso pagar a DARF e também declarar no IR as notas de corretagem ou somente pagando a DARF todo mês já me isento de declarar no IR?

    Ainda tenho dúvidas a respeito de resultados negativos e os impostos empregados mas primeiro preciso esclarecer as dúvidas citadas.
    Desde já agradeço a atenção.
    Abraço

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Bom dia Afonso!

      1 – Minha interpretação da lei é que você está sim obrigado a fazer sua declaração e não pode ser dependente. De qualquer forma peço que você entre com contado com a Receita neste link http://idg.receita.fazenda.gov.br/contato/fale-conosco/cidadao/irpf/dirpf-2017-declaracao-do-imposto-de-renda-pessoa-fisica-2017 Assim que ela te responder me diga aqui qual foi a resposta.

      2 – A DARF é o formulário que você emite para pagar o IR.

      3 – Você é obrigado a pagar o IR (através do DARF) em todo mês subsequente àquele em que você teve lucro. Quanto à declaração do imposto de renda, você só faz no ano seguinte. Por exemplo, se você começou a operar neste mês de junho e teve lucro, então em julho deverá emitir o DARF para pagar o IR relativo a este lucro. Já em 2018 você deverá fazer a declaração de imposto de renda informando à Receita todos os lucros, prejuízos e impostos pagos no ano de 2017.

      Abraço!

      • Ronaldo

        Dúvida….Por exemplo, digamos que as operações em dt no mini dólar fechem o mês no positivo e que fiz a apuração e o pagamento do darf, Além destes 20% , na declaração anual de ir ainda posso ser taxado em mais 15% caso meus ganhos estejam superando R$ 20.000,00 mensais? Ou não o imposto dobre dt é apenas o de 20%? Muito obrigado!

  32. NALVES RIBEIRO Responder

    No seu exemplo foi retido R$ 1,45 de IR então o cálculo foi de 1% e não 0,005% certo? Por que?

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Bem observado Nalves!
      O valor de 0,005% é para operações comuns. Para operações day-trade o IR retido na fonte é de 1%.
      Grato!

  33. Marcio Responder

    Muito Obrigado pelo feedback!
    A exemplo pratico gostaria que você me ajudasse com esses dados,
    No Mês de janeiro de 2016 operei mini – Índice obtive os seguintes resultados;
    Prejuízo de R$ 258
    Lucro R$ 62
    ISS = 5,5
    Corretagem R$ 110
    Tx de Resgistro = R$ 7,7
    Emolumento = R$ 6,6
    IRRF= R$ 0,13
    Fechei o Mês no negativo, como faço para declarar esses valores.
    Mais uma vez, muito obrigado e parabéns pelo site

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Fala Marcio!

      Você precisa declarar o valor negativo do mês na ficha de renda variável. Este artigo abaixo pode lhe ajudar (foi feito para ações mas também se aplica em partes aos mini contratos)…

      http://abacusliquid.com/imposto-de-renda-day-trade-acoes/

      Se a dúvida persistir pode postar lá, lembrando que você precisa considerar as taxas para calcular o valor negativo a ser declarado:

      Valor de prejuízo a declarar = 62 – 258 – 5,5 – 110 – 7,7 – 6,6.

      Abraço!

  34. Marcio Responder

    Boa noite! ainda estou com uma duvida. No ano de 2016 me aventurei no mercado financeiro, fiz muitas operações (Mercado futuro) com ganhos e perdas, porem nunca fechei um mês no positivo, por isso não declarei IR. Só que agora, meu CPF esta Pendente de regularização, será se é por causa disso, por não ter declarado mesmo com perdas.

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Boa tarde Marcio!

      Como você operou em Bolsa, mesmo tento fechado no negativo todos os meses, é obrigado a declarar o imposto de renda. Pode ser isto mesmo o motivo da pendência no CPF.

      Abraço!

  35. Juliana Responder

    Boa noite, ano passado quebrei 3 vezes contas pequenas,este ano comecei uma conta de 890,00 reais cheguei a ter 2176,00 e depois perdi tudo, comecei outra conta e esse mês pela primeira vez estou fechando positivo, como devo declarar? tenho que descontar os prejuizos passados ?
    obrigada

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Boa noite Juliana!

      Fico feliz que agora está no positivo. Correto, você precisa descontar os prejuízos passados dos lucros atuais para apurar o imposto de renda a ser pago.

      Abraço!

  36. Chris Conde Responder

    Ola fiz operacao dt e tive resultado positivo …mas nao operei acima de vinte mil
    Neste caso nao preciso pagar ir correto?
    Somemte qdo minhas compras e vendas forem acima 20 mil

      • Fabio

        Ola, aproveitando a pergunta, se operei day trade num mês, não importa o valor, tenho que pagar IR de 20% se tive lucro, e se juntando a essas operações Day trade, no mesmo mês fiz operações normais, de menos de 20.000,00 tenho que pagar 15% de IR também, somando os 15% mais os 20% do day trade ou somente das operações de day trade? Estou com essa duvida pois fiz isso mes passado e não sei se faço dar comenda dos day trade ou de tudo. Mesmo sendo menos de 20.000,00. Agradeço de me ajudar.

      • Ábaco Líquido Autor do post

        Bom dia Fábio!

        Não se deve pagar IR de 15% se você operou menos de 20.000, mesmo que você tenha operado day-trade. No seu caso então, se você teve lucro no day-trade, deve apenas recolher os 20% de IR sobre este lucro.

        Abraço!

  37. Matheus Leonardo Alves Melo Responder

    Olá, o valor da DARF seria então o valor IRRF Daytrade * 19 ? Como opero somente mini-dólar posso fazer somente esse cálculo e preencher a DARF no próprio internet banking bradesco?

  38. Ricardo Espirito Santo Responder

    Boa tarde! Posso compensar prejuízo ocorrido no mini-dólar e/ou mini-indice com lucro auferido em ações?

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Bom dia Ricardo!

      Pode desde que seja o mesmo tipo de operações, isto é, se o prejuízo foi com day-trade poderá compensar apenas com day-trade de ações. Nunca pode misturar resultados de operações day-trade com resultados de operações comuns, OK?

      Não deixe de assinar o site Abacus Liquid para ficar informado sobre as últimas novidades.
      http://abacusliquid.com/blog/assine

      Abraço!

  39. Berlin Responder

    Boar Tarde!
    Tenho uma pequena duvida, que não encontrei respondida nos demais comentários, em um mês que tenha sido realizada apenas uma
    operação Day Trade, e está operação tenha dado prejuízo, este valor a ser compensado é o valor total da nota de corretagem, ou seja o prejuízo mais as taxas e corretagens?

      • Anderson

        Boa noite.cadastrei na clear ano passado.entrei na impogacao operando entre outubro e novembro.aportei 800 em outubro porém no final do mês fiquei com saldo de 143 após as variações de perdas, em novembro aportei mais 600 e acabei ficando com saldo de 174 após as perdas.
        Gostaria de saber se é necessário declarar na ir 2017 pois em ambos meses só tive prejuízo tanto no mini índice e no mini dólar.
        Outra coisa eu leigo não sabia que tinha que gerar darf das movimentações por mês.ou seja não paguei nada ano passado.mas ficando no prejuízo realmente é necessário gerar darf?
        Outra coisa passei 3 meses no simulador vou voltar a operar px mês.logo se tiver lucro tem que ser declarado o valor apurado no mês correto?
        Agradeço o apoio.

      • Ábaco Líquido Autor do post

        Bom dia Anderson!

        1 – Gostaria de saber se é necessário declarar na ir 2017 pois em ambos meses só tive prejuízo tanto no mini índice e no mini dólar.
        Sim, você precisa declarar o IR informando os prejuízos.

        2 – Ficando no prejuízo realmente é necessário gerar darf?
        Não, se você teve prejuízo não precisa gerar DARF para pagar IR.

        3 – Se tiver lucro tem que ser declarado o valor apurado no mês correto?
        Sim, se o lucro que você tiver for superior aos prejuízos acumulados então você precisará emitir a DARF para pagar o IR.

        Não deixe de assinar o site Abacus Liquid para ficar informado sobre as últimas novidades.
        http://abacusliquid.com/blog/assine

        Abraço!

  40. Anônimo Responder

    Bom dia!
    Gostaria de saber se ao chegar no fim do ano e ainda tiver prejuízo a compensar (de operações DT), posso continuar compensando no ano seguinte?

  41. Nayara de Lima Responder

    Boa noite,
    Primeiramente gostaria de agradecer a todas as explicações nos posts, elas me ajudaram muito. Minha dúvida é, quando a pessoa física é isenta de declarar o imposto de renda visto que não auferiu o mínimo de rendimentos (de trabalho), mas possui operações de DT, é obrigada é declarar, ainda que em 2016 só obteve prejuízo nos fechamentos?

    Obrigada!

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Boa tarde Nayara!

      Correto, se operou em bolsa de valores já está obrigada a declarar, mesmo que teve prejuízo. Dá um trabalhinho mas é a forma de você deixar o Fisco ciente que possui prejuízo a compensar futuramente.

      Não deixe de assinar o site Abacus Liquid para ficar informado sobre as últimas novidades.
      http://abacusliquid.com/blog/assine

      Abraço!

  42. Ravi Responder

    Oi, bom dia. Eu já faço day trade desde agosto e desde lá venho apenas compensando o prejuízo que obtive no primeiro mês, e como não sabia que eu deveria separar os custos/ganhos por ativo (dólar e índice), eu acabei que não fiz uma planilha de controle pra cada operações, apenas com os valores gerais (contidos na nota de corretagem) e haviam vários dias que operei dólar e índice, e como na nota de corretagem não diz a hora nem qual ordem foi executada pra fechar tal posição, eu não consigo saber o lucro é prejuízo pra cada operação de dólar e índice de alguns dias. O que você poderia me sugerir? Pois como eu não fiz um controle de operações, não dá pra discriminar cada ganho e perda e estou bastante preocupado em relação à isso. Obrigado pelo seu tempo.

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Boa tarde Ravi!

      Ligue para a corretora e veja se ela pode lhe enviar os relatórios detalhados de entrada e saída por ativo. Se não for possível a única forma que vejo é você fazer uma estimativa. Minha opinião pessoal é que, apesar da Receita pedir para separar índice de dólar, o importante mesmo é você apurar o imposto devido que neste caso não dependeria da separação em si. Mas esta é só uma opinião.

      Abraço!

  43. Pingback: Dúvidas Sobre Imposto de Renda 2017? Veja algumas informações úteis

  44. Thiago Responder

    Boa Tarde!
    1 – É obrigado colocar minha esposa como dependente,e se ela também for assalariada preciso colocar os rendimentos dela,ou algum imóvel,automóvel que estiver no nome dela,mesmo se os rendimentos dela também forem isentos ?
    2 – No item de bens e direitos onde informo as ações que mantive em carteira em 31/12,preciso informar dinheiro da poupança ou meu salário que recebi durante o ano, mesmo se enquadrando na insenção e se não informar pode haver algum tipo de multa ?
    3 – Se por acaso movimento dinheiro na minha conta por alguns dias, de algum parente ou amigo algo do tipo, vamos supor uns 20 mil reais,preciso incluir na declaração e especificar a fonte desse dinheiro ?
    Mais uma vez agradeço as respostas que já obtive.

  45. Sandro Responder

    Olá! Parabéns pelas explicações!!!

    Preciso somente de uma confirmação…eu operei somente no mes de mar/2017, pelo que entendi, como estou no prejuízo, eu não preciso fazer nada em relação ao IR, ou seja, nem mesmo fazer o DARF, certo?

    NOTAS:
    1 – Eu entendo que fazer o DARF = declarar mês anterior (Lucro que gere IR acima de R$ 10,00)

    2 – Caso tenha ficado no zero x zero ou no prejuízo, não precisa nem fazer o DARF.

    Minha conclusão está certa?

    Caso tiver certo, em qual momento devo declarar estes prejuízos? Na declaração anual em 2018? Ou nunca!

    Obrigado e um abraço!!

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Boa noite Sandro!
      Obrigado!

      Você entendeu certinho, é isto mesmo. Sobre os prejuízos, na declaração de imposto de renda do ano que vem você deverá lançar todos eles.

      Não deixe de assinar o site Abacus Liquid para ficar informado sobre as últimas novidades.
      http://abacusliquid.com/blog/assine

      Abraço!

  46. Gustavo Vieira de Moura Responder

    Parabéns pela explicação! Muito boa!

    Tive uma dúvida.
    A operação do último dia do mês (atual), que cai na minha conta no primeiro dia do mês seguinte, entra na conta do mês seguinte ou do atual?

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Boa noite Gustavo!

      No meu entendimento os resultados das operações do último pregão do mês devem ser contabilizadas naquele mês e não no seguinte. Se encontrar alguma orientação diferente desta me informe aqui para discutirmos.

      Abraço!

  47. JOAO LUCIO QUIN ALENCAR DUARTE Responder

    Boa tarde, fiquei muito feliz em encontrar esse site, pois, são dúvidas complicadas esses impostos….eu tenho várias dúvidas, por exemplo, se eu comprei um pacote de corretagem de R$ 1000,00, e no final do mês consegui um lucro de r$ 1000,00, ou seja, só recuperei o gasto do pacote de corretagem, você acha que ainda assim eu teria que pagar DARF?

    parabéns e obrigado por fornecer essas informações.

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Boa tarde João Lucio!
      Obrigado!

      Para a Receita Federal importa saber o rendimento líquido, ou seja, o que sobrou do lucro de day-trade depois que você abateu todas as despesas com as operações. Se no final do mês você ficou no zero a zero então não tem que pagar imposto no mês seguinte. Se ficou negativo então precisa guardar o prejuízo para compensar lucros futuros. Registre tudo pois no ano que vem você precisará declarar cada mês.

      Não deixe de assinar o site Abacus Liquid para ficar informado sobre as últimas novidades.
      http://abacusliquid.com/blog/assine

      Abraço!

  48. Pingback: DARF Atrasado: Como Calcular, Emitir e Pagar o DARF em Atraso

  49. Renan Responder

    Obrigado pela rápida respostas….
    Vi em uma pergunta abaixo que no caso de prejuízo do mês (dólar e índice)….o lançamento poderia ser realizado exclusivamente em único ativo. Vc informando que não posso…..preciso fazer o rateio dos custos e emolumentos?
    Att

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Opa!

      Talvez você esteja confundindo ao ler a resposta da pergunta abaixo:

      “Tenho uma dúvida: Para fins de apuração é permitido considerar as operações DT como um todo no mês ou preciso segregar por contrato? Ex: Compensação de prejuízos de WING17 com WINJ17 e vice-versa.”

      No caso foi respondido em relação à compensação de prejuízos entre os ativos e não em relação à separação no lançamento no programa de declaração. Apesar de poder compensar entre eles para fins de apuração de IR a pagar, na hora de lançar no programa da Receita tem que ser separado. E neste caso deve fazer o rateio dos custos para calcular cada lucro/prejuízo.

      Abraço!

  50. Renan Responder

    Boa noite!

    Duas dúvidas:

    A primeira…….a nota de corretagem com operações de Day trade informam o resultado final do mini dolar e mini indice no dia……no site da receita esses campos estão separados…..Posso lançar todo o prejuízo em um único ativo, exemplo todo o resultado do mês em mini índice?

    Segunda pergunta, em dias de operações de day trade e posição (comum) no mini índice e mini dólar, tenho dificuldade em desmembrar a Nota de Corretagem. Você tem algum material que explique o cálculo para lançamentos?

    Obrigado

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Boa noite Renan!

      1 – Para fins de lançamento no programa da Receita, é necessário que você faça o lançamento dos lucros e prejuízos de acordo com a classe do ativo, ou seja, não poderá lançar tudo em um único ativo.

      2 – Este cálculo realmente é chato de fazer, a regra é fazer o rateio entre as operações de Dt e as operações comuns, veja mais neste post: http://abacusliquid.com/imposto-de-renda-day-trade-acoes/

      Abraço!

  51. Jhony Henrique da Silva Responder

    Ábaco liquido boa tarde. Li seu artigo aqui, mas ainda tenho uma dívida.. Ano passado (2016) preenchi o IR (2015) com alguns prejuízos durante o ano em day trade no dólar. Em 2016 tive um mês que consegui fechar com R$50,00 de lucro, houve a retenção na fonte, porém como eu tinha o prejuízo que tinha do ano de 2015, não fiz a darf, mesmo porque não daria R$10,00. Agora fui preencher o IR referente a 2016 o no campo que eu coloco os R$50,00 calcula R$1,00 de imposto devido, achei estranho pois o sistema do IR não puxa o saldo a compensar do ano anterior. Como que eu faço para preencher isso? Controlo eu em uma planilha e já desconto os R$50,00 do prejuízo e coloco R$0,00 no programa do IR ou repito os valores de 2015 + os de 2016 para preencher ? Agradeço se puder sanar minha dúvida.

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Boa noite Jhony!

      O resultado negativo do ano anterior não é importado automaticamente, neste ponto o programa da Receita é meio burrinho, rs, você deve lançar manualmente no mês de janeiro conforme mostrado na figura abaixo:

      resultado-negativo ate o mes anterior ir renda variavel

      Confirme se lançando o negativo no mês de janeiro o programa irá parar de calcular 1 real como imposto devido.

      Abraço!

  52. Ana Responder

    Excelente materia, parabens….esta me ajudando muito, mas tenho algumas duvdidas….por favor, voce poderia me ajudar?

    1- O ISS nao entra na base do calculo do 1% que a corretora calcula, mas pelo seu exemplo e comentarios no site deve ser considerado como custo, correto?

    2-Ele pode ser carregado para o ano seguinte para abatimento do futuros ganhos?

    3- Ah…outra duvida… a Clear cobra uma taxa de R$ 2.9 por dia operado e vem discriminado na nota de corretagem como outros custos (vem uma nota do no rodape que se trata de +Custos BM&F, conforme Ofício Circular BM&F 079/2007-DG)….observei que esse gasto nao entra no calculo do total liquido da nota (ele eh apenas ganho – corretagem- custos bolsa- IRRF -ISS)…posso abater do ganho liquido para calculo do IR?

    MUITO obrigada mesmo e desculpa pela falta de acento eh que o meu teclado esta desconfigurado.

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Boa noite Ana!
      Obrigado!

      1 – Sim, o ISS entra como custo.

      2 – Não se carrega ISS de mês para mês, você deve usá-lo para achar o custo total da operação e assim calcular o lucro/prejuízo.

      3 – Tem como postar uma imagem desta nota de corretagem?

      Abraço!

    • JOAO LUCIO Responder

      oi Ana, como vai? Eu também opero pela clear, teria como a gente trocar umas ideias sobre operações, tenho pouco tempo de mercado e trocar experiencias pode ajudar multuamente. se for possivel me add no face ou whatssap : e joao lucio. valeu

  53. Thiago Responder

    Boa Tarde !
    Primeiramente agradeço pela resposta que obtive, e lhe confesso que depois de visitar seu site tirei 90% das dúvidas sobre o IR,ótimo trabalho.
    1 – Sobre as questões do abatimento de prejuízo,sabemos que a receita sabe das nossas operações através daquele 1% o IRPF quando obtemos lucro no day trade,a dúvida que fica é a seguinte.Vamos supor que em 20 dias do mês,em ganhei 1.000 reais a receita já reteve os 1% e está esperando os outros 19% ,blz.Mas no ultimo dia de pregão deste mesmo mês eu perdi os 1.000 reias, como a receita identifica que eu fechei o mês negativo,se ela sempre retem nos dias de lucro para nos rastrear,como ela identifica os dias de prejuízo?
    2 – Eu preciso declarar o prejuízo de 2016 para poder usar agora no começo de 2017,ou posso usar e declaro depois ?
    3 – Vamos supor que eu fechei um mês com prejuízo de 500 reais nas operações swing trade,no mês seguinte minhas vendas superam os 20 mil e fecho o mês com um lucro liquido de 1000, devo gerar a Darf me baseando em 1000 (1000 x 15%) que daria 150,desconto os 500 de prejuízo do mês anterior e ainda me restaria 350 para serem descontados em outros meses, OU pego esses 1000 desconto os 500 de prejuízo ficaria 500 positivo e ai sim gero a Darf (500 x 15%) daria 75 ?
    4 – Sendo a primeira vez que devo declarar o IR,por conta das operações na bolsa,como ficaria a questão da poupança e o que foi movimentado na minha conta corrente preciso declarar algo, tem alguma especie de limite,sei que são códigos diferentes mais devo preencher alguma coisa relacionada as outras movimentações ?
    Mais uma vez agradeço pelo ótimo trabalho,já que nem em algumas corretoras estão dispostas a tirar dúvidas dos seus clientes.

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Opa, obrigado!

      1 – A Receita não identifica os dias de prejuízo. Nestes dias a corretora simplesmente não faz a retenção do IR. Cabe a você informar o prejuízo a ela através da declaração de imposto de renda anual.

      2 – Se você operou em bolsa no ano de 2016, deverá declarar agora em 2017 todos os resultados mensais, sejam eles positivos ou negativos. Mas não precisa aguardar o envio da declaração do IR 2017 para fazer os abatimentos nos primeiros meses do ano.

      3 – Para calcular o DARF você precisa achar o lucro final até o último dia do mês. Então desconta este lucro de prejuízos anteriores. O que sobrar você multiplica por 15%. Então, no seu exemplo será 500 x 15%.

      4 – Tem o limite mínimo que se não me engano é 140 reais. Mas eu particularmente declaro tudo que tenho em conta, seja 1 real ou 1 milhão, rs. Só para evitar qualquer tipo de problema. Se você tiver outros bens, dinheiro emprestado, rendimentos tributáveis, etc. Eu declararia tudo.

      Abraço!

  54. Thiago Responder

    Boa tarde.
    Como todo iniciante na bolsa estou com muitas duvidas sobre o IR,algumas já consegui tirar aqui nos comentários,mas ainda restam umas e se você me ajudar ficarei muito grato.
    1 – Posso compensar prejuízos em operações DT no mini-indice e mini-dolar em operações DT em ações ?
    2 – Fechei o mês de Outubro (2016) com um prejuízo (X) em operações de SWT só que as vendas não ultrapassaram os 20 mil, porém em fevereiro de (2017) as vendas ultrapassaram os 20 mil em operações de SWT obtive um lucro (x), a questão é; posso abater esse prejuízo de Outubro (2016) agora em Fevereiro(2017) ?
    3 – Em Fevereiro as vendas somadas em operações DT e SWT ultrapassaram os 20 mil,cálculo o que foi operações DT e gero uma darf para pagar agora em Março e depois faço o mesmo em operações SWT?
    Exemplo:
    DT vendas 10 mil,lucro liquido 100,IR = 100 x 20% = 20 – 1% (retido na fonte) = darf a pagar 18,00
    SWT vendas 23 mil,lucro liquido 2000,IR = 2000 x 15% = darf a pagar 300.

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Bom dia Thiago!

      Seguem as respostas:

      1 – Sim, você pode compensar prejuízos em operações day-trade no mini-indice e mini-dolar em operações day-trade em ações.

      2 – Sim, você pode abater prejuízos, mesmo que as vendas no mês foram abaixo de 20 mil, com lucros futuros em meses que as vendas foram superiores a 20 mil.

      3 – Para considerar o limite de 20 mil você não pode somar as operações de day-trade com as operações não day-trade. O limite de 20 mil tem a ver só com as operações não day-trade. Portanto, se as vendas não day-trade somaram mais de 20 mil então você deverá recolher o DARF sobre o lucro delas. Já as operações day-trade, sempre que o consolidado mensal for positivo você deverá recolher o imposto de renda no mês seguinte. De qualquer forma o seu exemplo está correto, já que as vendas de swing trade foram superiores a 20 mil.

      Não deixe de assinar o site Abacus Liquid para ficar informado sobre as últimas novidades.
      http://abacusliquid.com/blog/assine

      Abraço!

  55. M.P Responder

    Muito bom conteúdo. No caso da sua nota que você colocou como exemplo, caso o campo “outros custos” apresentasse qualquer valor ele deveria ser deduzido? A nota da corretora que utilizo é parecida, mas sempre vem um valor em outros custos. Eu entendo que pode ser considerado e venho recolhendo IR, quando aplicável, deduzindo o montante do campo “outros custos”. Está correto?

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Olá M.P.!

      Acho que depende. Sabe informar que custos são estes?

      Abraço!

  56. Pingback: Imposto de Renda 2017: Perguntão e Guia para Declaração

  57. Marcos Responder

    Bom dia,

    Realizei operações de WDO e WIN no dia 23/12, porém a corretora de investimentos me enviou apenas uma nota de corretagem com os 2 produtos. Saberia me dizer se eles são obrigados a enviar 2 notas de corretagem desse dia 23/12, uma com WDO e outra com WIN ? Pergunto isso pois na declaração de IR eu tenho que declarar esses valores em campo separados correto?

    Obrigado.

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Bom dia Marcos!

      Não conheço corretora que emite notas de corretagem separadas por tipo de ativo. Elas separam é por tipo de marcado (a vista ou BM&F). Contudo, você mesmo deverá separar as coisas para declaração no programa de imposto de renda.

      Não deixe de assinar o site Abacus Liquid para ficar informado sobre as últimas novidades.
      http://abacusliquid.com/blog/assine

      Abraço!

  58. Daniela Martin Responder

    Boa tarde! Adorei as explicações, mas estou com dúvida em um caso atípico…

    Nov 16 tive prejuízo com DT no valor de -R$2574,08 – contabilizando várias operações de DT entre lucros e prejuízos
    Dez 16 tive novamente prejuízo no valor de -R$12,80 – idem acima

    Perguntas: o imposto sobre DT eu devo pagar considerando o saldo final? Ou seja, se tive prejuízo, não pago IR? Ou devo pagar IR sobre cada operação que tive lucro? Foram diversas, mas juntando os prejuízos, prevaleceu o saldo negativo.

    Continuando, em Jan 17 tive lucro de R$132,09 sobre DT – contabilizando todas as operações de DT

    Pergunta: eu deveria ter pago imposto sobre este lucro? Ou posso abater dos prejuízos dos meses passados, exatamente como fiz nessa situação…

    Neste mês de FEV 17 tambem tive um pequeno lucro com DT no valor de R$119,92, deverei pagar IR até o final de março, ou posso abater do prejuízo dos meses de nov e dez de 2016?

    Muito obrigada e parabéns pelas explicações!
    Daniela Martin

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Bom dia Daniela!

      Obrigado pelo feedback!

      1 – o imposto sobre DT eu devo pagar considerando o saldo final? Sim, você paga o IR no mês seguinte via DARF. Para isto deve fazer o consolidado das operações no mês anterior, isto é, somar os lucros e diminuir os prejuízos e despesas de cada pregão.

      2 – Ou seja, se tive prejuízo, não pago IR? Se no mês anterior você fechou com prejuízo então não precisa pagar imposto de renda.

      3 – Ou devo pagar IR sobre cada operação que tive lucro? Não, como dito acima, deve fazer o consolidado mensal.

      4 – Em Jan 17 tive lucro de R$132,09 sobre DT – contabilizando todas as operações de DT. Deveria ter pago imposto sobre este lucro? Você precisa contabilizar todas as operações no mês de janeiro para saber quanto de imposto deverá pagar em fevereiro. Contudo, se você tiver prejuízo acumulado até dezembro que seja maior que o lucro de janeiro então estará isenta de pagar o IR.

      5 – Neste mês de FEV 17 tambem tive um pequeno lucro com DT no valor de R$119,92, deverei pagar IR até o final de março, ou posso abater do prejuízo dos meses de nov e dez de 2016? Como falado na resposta 4, se o prejuízo acumulado até fevereiro for superior ao lucro de fevereiro então não precisará pagar, mas deverá abater o lucro do prejuízo acumulado para conhecer o novo prejuízo a ser transferido para o mês seguinte.

      Não deixe de assinar o site Abacus Liquid para ficar informado sobre as últimas novidades.
      http://abacusliquid.com/blog/assine

      Abraço!

  59. Davi Responder

    Desculpe a pergunta mas o que é a corretagem que aparece na sua planilho?
    Ah, parabéns pelo

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Olá!
      É justamente a corretagem que a corretora cobra, por exemplo, para fazer uma operação de comprar você deve executar uma ordem de compra e finalmente uma ordem de venda. Nesta operação são cobradas duas corretagens, uma para a compra e outra para venda. Considerando que paguei 0,30 por corretagem, o total então foi de 0,60.
      Abraço!

  60. Zava Responder

    Tive venda com lucro de Fundo Imobiliário no mês de Dezembro/16. Preenchi a DARF e paguei em Janeiro/17. Onde declaro esse imposto devido e não pago no ano de 2016?
    Obs: Na apuração do imposto na declaração fica imposto devido “X” imposto pago………????
    José Carlos

  61. MP Responder

    Parabéns pelo blog.
    Tenho uma dúvida: Para fins de apuração é permitido considerar as operações DT como um todo no mês ou preciso segregar por contrato?
    Ex: Compensação de prejuízos de WING17 com WINJ17 e vice-versa.
    Muito obrigado
    MP

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Boa noite!
      Obrigado!

      Pode considerar como um todo, inclusive se forem ativos diferentes (índice e dólar)

      Não deixe de assinar o site Abacus Liquid para ficar informado sobre as últimas novidades.
      http://abacusliquid.com/blog/assine

      Abraço!

  62. EVANDRO carlos ALERICO Responder

    Boa noite
    Em relação a compensação de prejuizos,
    Gostaria de saber quais dessas descrições e valores que eu carrego para o mês sequinte para compensação de prejuízos para os próximos meses ?
    Exemplo pratico:

    Janeiro de 2017

    ir retido: 11,79
    Ganho: 220,00
    Gasto Total : 638,38
    Liquido -416,38
    IR Total: -83,28
    IR Devido -95,07

    • EVANDRO carlos ALERICO Responder

      Continuação

      Dezembro 2016

      ir retido: 0,00
      Ganho: 189,00
      Gasto Total : 245,88
      Liquido -56,88
      IR Total: -11,38
      IR Devido -11,38

      Como acumulo esse valor para janeiro? e de janeiro para fevereiro ?
      Eu tenho que informar esse prejuizo em minha declaração anual de imposto de renda de 2016 ? qual valor que informo ?

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Olá Evandro!

      1 De dezembro para janeiro transferir o prejuízo de -56,88.

      2 – De janeiro para fevereiro transferir o prejuízo de -475,26 = -418,38 – 56,88 e transferir o IR retido de 11,79 em separado. Lembrado que na transferência do prejuízo não se deve somar o IR retido. Estou entendendo que no seu gasto total de 636,38 não está incluso o IR retido que é o correto.

      Sim, você deve informar o prejuízo acumulado na sua declaração de imposto de renda conforme estes valores transferidos.

      Não deixe de assinar o site Abacus Liquid para ficar informado sobre as últimas novidades.
      http://abacusliquid.com/blog/assine

      Abraço!

    • EVANDRO C Responder

      Bom dia

      “Estou entendendo que no seu gasto total de 636,38 não está incluso o IR retido que é o correto.”
      R: Isso mesmo, o valor de 636,38 ñ está incluído o IR.

      Desculpe, não conseguir entender essa parte “transferir o IR retido de 11,79 “,, Poderia explicar melhor?

      Sem palavras para agradecer sua explicação !!!

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Opa!
      Transferir o IR já retido e acumulado para o mês seguinte. No mês de janeiro você deve declarar o que foi retido em janeiro no campo 1 da figura abaixo se for day-trade. Se no mês de fevereiro você ainda continuar negativo então deve somar o IR retido em janeiro com o de fevereiro. Lembrando que em dezembro expira, ou seja, os IR retidos não podem ser transferidos de dezembro para janeiro.
      como declarar acoes
      Abraço!

  63. EVANDRO C Responder

    Boa tarde.
    Muito boa e explicação. e também já tenho a sua planilha.
    Gostaria de uma informação. Qual dos totais da nota de corretagem que utilizo para a base de calculo ? (total da conta normal, total liquido #, total liquido da nota) ?
    No seu exemplo, o custo total foi de 13,58, na nota de corretagem, ñ se considerando o ISS, mais na planilha ele acaba se somando como gasto total, sendo assim o ISS também entra como dedução ou não ?
    Gostaria de compartilhar contigo para verificação minha nota de corretagem como modelo para afinar a planilha pra dar continuidade.
    ecalerico@hotmail.com

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Bom dia Evandro!
      O ISS deve ser considerado nos custos sim. Então, para o cálculo do imposto de renda a ser pago, você precisa pegar o lucro e abater as corretagens, taxas da Bolsa e o ISS.
      Abraço!

    • EVANDRO C Responder

      OK
      e por exemplo, fechei o mes no total com prejuízo, não vou pagar imposto correto?, mas houve retenção no mes das operações que teve ganho.
      No mês se quinte houve lucro, e vou abater o prejuízo do mês anterior correto ? junto com o ir que foi retido ?
      Exemplo:
      Janeiro: Prejuízo – 100,00 IR RETIDO: -10,00
      FEV. ganho + 300,00 ir retido : – 30,00
      Como fica as compensações a pagar ?

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Isto mesmo, no mês que teve lucro você precisa abater o IR retido que ainda não foi abatido. Lembrando que se virar o ano não pode mais abater o IR retido. Beleza?

  64. rodrigo cortez Responder

    Olá!!
    Seu blog ta me ajudando muito e muitas das minhas duvidas eu sanei no campo de comentários,mais tenho uma duvida ,tenho que somar no dia o IR de cada operação individualmente ou,posso calcular todo lucro e subtrair o prejuízo para depois retirar os 20% desse valor
    EX:
    R$100(lucro de todas as operações vencedoras)
    R$20(prejuizo de todas as operações perdedoras)
    100-20=80-20%(IR=R$16)=R$64

    me corrige se estiver errado o calculo

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Boa noite Rodrigo!
      A conta é bem simples: você soma todos os lucros e deste valor você abate todos os prejuízos e despesas. Da resultante você calcula os 20%. Em seguida você abate o imposto retido na fonte. Mas se no dia você tiver operações day-trade em conjunto com operações não day-trade então deverá fazer um rateio conforme explicado neste post…
      http://abacusliquid.com/imposto-de-renda-day-trade-acoes/
      Abraço!

  65. Daniel Möllmann Responder

    Bom Noite, no exemplo acima em sua planilha, você informa R$ 0,00 como trade de prejuízo e ou não ganho, no caso de trade negativo deverá o mesmo compor na soma dos custos e abater 1% do lucro líquido IRRF, depois do lucro líquido final deduzir 19% IR, para gerar o DARF conforme procedimento acima.

    – Sempre deverá ser pago esse DARF no último dia do mês?
    – No caso de prejuízo como descriminar visto que no DARF somente o valor total?

    Já o ISS é debitado sobre a taxa de corretagem, por isso vem descriminada separadamente das taxas da Bovespa, pois essas taxas são tarifadas sobre o volume financeiro incidente sobre as operações.

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Olá!

      O DARF deve ser pago no mês seguinte em qualquer dia, mas o prazo final é o último dia útil.
      No caso de prejuízo no mês X, no mês X+1 você não precisa pagar o DARF. Foi esta a sua dúvida?

      Abraço!

    • Daniel Möllmann Responder

      Acho que me expressei mal, os Trades negativos do dia, serão descontados o imposto de renda, tanto na fonte nas ordens de corretagens, e o restante do imposto sobre a operação negativa também?

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Quando você fecha o dia no negativo, não se retém o imposto de renda na fonte.
      No final do mês você precisa somar todos os lucros e diminuir desta soma todos os prejuízos. Precisa também abater todos os gastos. Se no final das contas você ainda ficou negativo, então no mês seguinte não precisa emitir o DARF.

  66. Uira Responder

    Boa dia.
    Me tira uma duvida. Comecei agora a operar mini indice. Fiz 6 operacoes em dezembro/16, todas DT. Obtive lucro em 4 e prejuizo em 2. Prejuizo total de 1400 reais.

    Perguntas:
    1) Devo pagar IR sobre o DT das 4 operacoes que tiveram lucro? Se sim, para o calculo, excluo as que tive prejuizo e so computo as operacoes d sucesso?
    2) O prejuizo de 1400, posso carregar pra 2017? Como funciona isso? Sempre que tiver que pagar um DARF, eu abato os 1400, até liquida-lo?

    Obrigado!!!

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Opa!
      1) Você apura o mês como um todo e não as operações de lucro e prejuízo de forma independente, ou seja, no mês você teve prejuízo e por isto não precisará recolher imposto de renda.
      2) O prejuízo acumulado deve ser abatido do lucro no mês seguinte, até mesmo se for no ano seguinte (dezembro/janeiro), ou seja, se você tiver um lucro de 2.000 reais em janeiro, então o seu imposto a ser recolhido incidirá sobre a compensação de 2.000 – 1.400 = 600.
      Abraço!

  67. jhennifer Responder

    Boa tarde , estou com uma nota de corretagem da rico e confesso que estou meio na duvida, eu posso pegar o valor líquido da nota para calcular o imposto?porque parece que eles usaram o valor de ajuste do day trade para calculo do irrf, não sei qual campo eu pego para calcular os 19 %. e também queria saber como vejo se a nota deu prejuízo.

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Olá, poste uma figura da nota de corretagem aqui para podermos discutir melhor…

  68. Ariosto Responder

    Olá! Caso o resultado negativo do mês de outubro seja superior ao positivo do mês de novembro, não preciso fazer nada, certo? Ou devo fazer algum procedimento?
    Obrigado.

    • Ariosto Responder

      Já descobri que não devo fazer nada. Só estou com dificuldade de achar onde gerar o DARF, poderia me informar? Já quero ter conhecimento pra quando precisar.

      • Ábaco Líquido Autor do post

        Bom dia Ariosto!
        Se no mês de outubro você teve prejuízo de x e no mês de novembro teve lucro de 0,3x então você ainda está com um prejuízo acumulado de 0,7x e não precisa recolher o imposto.
        Para pagar a DARF use o home banking do seu banco. Qual é o seu?

      • Ariosto

        Olá! É a caixa, porém ainda não gerei o DARF. Estou meio perdido no site na receita, em meio a tantas formas de imposto. O mês de dezembro está superando as perdas, por isso minha preocupação. Obrigado pela atenção!

      • Ábaco Líquido Autor do post

        Pelo site da Receita nunca gerei. Tente gerar pelo home banking da Caixa.

      • Ariosto

        Pois é, não sabia que podia gerar pelo home banking. Tudo certo, muito obrigado pela ajuda.

      • Rodrigo

        Ábaco Líquido, o prejuízo acumulado vale de um ano para o outro?
        Por exemplo, tive prejuízo ‘x’ em novembro 2016, prejuízo ‘2x’ em dezembro 2016 e no mês de janeiro 2017 eu consiga um lucro líquido de ‘3x’. Neste caso, não preciso pagar nada?

      • Ábaco Líquido Autor do post

        Sim Rodrigo, o prejuízo acumulado em um ano pode ser transportado para o ano seguinte.
        Abraço!

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Boa noite Rodrigo!

      Sim, o prejuízo acumulado pode e deve ser rolado de um ano para o outro.

      Abraço!

  69. André luis Responder

    Bom dia Amigo!

    Quanto aos “outros custos”(Custos BM&F, conforme Circular BM&F 079/2007-DG) deve ser deduzido para apuração do IR? Obrigado e parabéns pelo Blog.

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Olá André.
      Antes de calcular o IR você deve abater todos os custos.
      Obrigado e abraço!

  70. Daniel Responder

    Tem como pagar o imposto sobre renda variavel de modo antecipado, atraves do mensalão codigo 246? Como faço para pagar antecipado, e não preocupar já que são poucas operações, pois faço a contabilidade exata em dezembro. que codigo usar?

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Olá Daniel!

      Não tenho esta informação para você. Não conheço este código. Mas acredito que você pode esperar o mês terminar, e no mês seguinte já pode fazer o pagamento logo no primeiro dia, usando o código 6015.

      Abraço!

  71. Gabriel Sgura Responder

    Boa tarde, paguei meu primeiro DARF hoje, antes de consultar seu site e quase tive um treco, porque nao sabia se ISS era deduzido do lucro antes de calcular o IR. Fiz o cálculo igual você, mas tenho uma dúvida. Nas minhas notas de corretagem, o IRRF é 1% de [(ajuste do dia) – (Taxa de corretagem + Taxa Registro BMF + Taxa Emolumentos BMF)] ou seja, o ISS não é deduzido na hora de calcular o IRRF, porque ele seria na hora de calcular o IR??

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Olá Gabriel, tudo beleza?

      Não sei como a sua corretora está discriminando as taxas, mas veja a nota que coloquei como exemplo no post, os valores são:

      Corretagem: 8
      Taxa Registro BM&F: 2,94
      Taxa BM&F: 2,64
      Total de Taxas: 13,58

      Lucro Bruto: 159

      Lucro Bruto – Taxas: 145,42

      ISS: 0,34
      Lucro Bruto – Taxas – ISS: 145,08

      IR Retido: 1,45

      Total Líquido da Nota (Lucro Bruto – Taxas – ISS – IR Retido): 143,63

      Entendo que o ISS faz parte dos gastos, mas você precisa certificar na sua nota de corretagem se ele não está incluído em outras taxas.

      Abraço!

      • Gabriel Sgura

        Então, eu estava fazendo o cálculo exatamente assim, mas quando fui ver a nota de corretagem fiquei confuso, porque o ISS estava em uma seção diferente que as taxas de corretagem e da BMF. O seu post me tranquilizou, mas só pra ter certeza fui até a Receita Federal e eles me instruíram a calcular o IR após deduzir todo e qualquer custo, o que inclui o ISS.

        Disseram também que se o cálculo estiver errado, que um de dois poderia acontecer. A diferença ser tão desprezível que a Receita não iria se incomodar, ou que eles iriam entrar em contato para cobrar o resto, que no caso poderia ser corrigido no próximo DARF. Falaram que se você fizer um pagamento errado, tanto para mais quanto para menos num determinado mês, que você pode corrigir nos próximos, já que o importante é o valor total estar correto.

        Obrigado pela atenção, espero que essa descoberta também ajude a outros.

        Abraço!

      • Ábaco Líquido Autor do post

        O ISS é discriminado em separado mesmo.

        Não sabia que pagar a mais em um mês poderia ser compensado no mês seguinte. Qual página você fez a consulta na Receita?

        Abraço e obrigado!

      • Gabriel Sgura

        Fiz a consulta pessoalmente. Fui lá no prédio da Receita no atendimento a pessoas físicas.

        Abraço

      • Ábaco Líquido Autor do post

        Ah sim, valeu!

  72. Investidor Mineiro Responder

    Esse ano ao preencher meu irpf acabou que meu imposto a recolher foi menor que 10 reais.
    Sabe me dizer se no próximo ano se eu tiver imposto a ser restituído a dedução daquilo q tenho q pagar será automática?
    Pesquisei mas não encontrei a resposta.
    Se sim ou se não, de qualquer forma ano que vem passo aqui para falar Oq aconteceu.
    Abraco!!

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Olá Mineiro, não entendi direito sua questão.

  73. JOAO MACIEL Responder

    Ola, tenho uma duvida, comecei Day trade mês passado, no primeiro dia ganhei R$200,00, mas minha alegria acabou no primeiro dia, depois só perdi e fechei o mês negativo. Comecei o mês com R$2000,00 e fechei o més com R$700,00. E agora, o dia que eu ganhei R$200,00 tenho que gerar a Danf e pagar o imposto? Ou como não tive lucro no fechamento do mês não preciso pagar IR nem desses R$200,00?

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Olá João!
      Que pena que fechou o mês negativo, mas não se preocupe, é o custo do aprendizado. O importante é ir aprendendo com os erros.
      Sobre a DARF, você só precisaria gerar caso tivesse terminado o mês no positivo, ou seja, com lucro. Para o Fisco o que conta é a soma dos resultados de todas as operações do mês. Então no seu caso não será necessário gerar. Porém anote seu prejuízo que poderá ser utilizado para abater caso tenha lucro neste mês.
      Abraço!

  74. Anônimo Responder

    E quando no campo “Outros” existir valores a ser Debitado, conta como custo ?

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Pode dar um exemplo colocando aqui a figura?

  75. Anônimo Responder

    Uo conseguiu sair no gain hoje no day trade? Hoje foi um dia bem direcional no mini indice, vi alguns professores de sala ao vivo no loss, como pode os caras perder grana num dia desses aqueles que se dizem professores rs

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Opa, hj não fiz DT mas aproveitei o dia para me desfazer de 2 minis de índice que tinha vendido no swing na semana passada. Na verdade estava vendido em 3 e deixei o último para depois do feriado. Quinta promete. Quem é vc?
      Abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.