Aprenda aqui como declarar salário no Imposto de Renda 2018. Imposto de renda sobre décimo terceiro salário, Rendimentos tributáveis, etc

Como Declarar Recebimento de Salário no IRPF 2018?

Como Declarar Salário no IRPF 2018 – Rendimentos Tributáveis

Recebimento de trabalho assalariado deve ser declarado na ficha “Rend. Trib. Receb. de Pessoa Jurídica” conforme mostrado na figura abaixo.

como declarar salario


O trabalhador que recebe salário de uma pessoa jurídica (empresa por exemplo), deve ter em mãos o informe de rendimentos para a declaração dos valores recebidos. A seguir é apresentado um exemplo de informe.

como declarar salario

Como Declarar Salário no IRPF 2018 – Dúvidas mais Comuns

Pergunta: Além do salário-base, recebo benefícios como adicional de insalubridade, horas extras e adicional noturno. Que valor devo lançar na Declaração de IRPF 2017? O valor do salário-base, o bruto ou o líquido?

Resposta: São tributáveis todos rendimentos provenientes do trabalho assalariado, incluindo horas extras, adicional noturno, etc. O valor a ser informado na ficha “Rendimentos Tributáveis Recebidos de PJ” da Declaração de Ajuste Anual é o rendimento bruto, compreendendo salário, horas extras, adicional noturno etc., que estejam no comprovante de rendimentos. Nesta ficha você deve informar também o valor da contribuição previdenciária oficial, o imposto de renda retido na fonte, se houver, e o valor do rendimento do 13º salário na coluna própria. O programa deduzirá automaticamente a despesa da contribuição previdenciária oficial. O valor do 13º salário, por ser um rendimento tributável exclusivo na fonte, é transferido pelo programa para o item 01, da ficha “Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva/Definitiva”.

20 comentários em “Como Declarar Recebimento de Salário?

  1. Pingback: Imposto de Renda 2018 Restituição Calendário e Cronograma

  2. Regiani Souza Responder

    Sou aposentada, e trabalho em uma empresa , acontece que a empresa não está pagando o salario integral , desconta em folha de pagamento o IR e não repassa para a Receita , não paga ferias e nem 13 salario, mas enviou o informe como estivesse pagando correto. Acontece que ao fazer a declaração 2018 ajuntando as aposentadoria e a empresa., tenho que pagar para a receita. preciso saber como devo declarar o IR, faço pelo valor que realmente estou recebendo ou tenho que colocar o valor que esta na declaração?

  3. Gisele Responder

    Boa tarde! Gostaria de tirar uma dúvida, eu e meu namorado depositamos nosso salário em apenas uma conta, no caso a minha. Como faço pra declarar o imposto?
    Sendo que o salário de cada um não chega ao valor que a receita estipula para ser declarado.

  4. Anônimo Responder

    Boa noite Luciane Lopes,

    Muito obrigado pela resposta, eu tinha a mesma dúvida.

  5. Anônimo Responder

    Olá, boa tarde. Recebo o salário de dezembro/2017 apenas no dia 02 de janeiro/2018. Devo declará-lo agora ou somente no próximo ano? Grato

  6. anonimo Responder

    ano passado fiquei de auxilio doença por 3 meses. sei que vai ser isento. mas tenho uma duvida? onde coloco na declaraçao o 13º do auxilio doença?

  7. Mario Ferreira da Silva Junior Responder

    Não tenho resposta tenho uma pergunta: recebo um salario da previdência e outro de uma fundação que complementa meu salário. Suponhamos que eu que tenha dois salários de 5000,00+ 5000,00, como sou aposentado e mais de 60 anos tenho direito a um desconto no IR em cada salário. posso declarar os dois rendimentos isentos e não tributaveis que constam em cada comprovante de rendimentos somados ou um só.
    Considere que alguem como eu aposentado com 10.000,00 terá direito ao beneficio inteiro . Se for assim Isso, torna-se um injustiça. Ainda não entendi o sistema e não acho ninguem que me explique

    • Rita Dias Responder

      Quem tem 2 fonte de renda e tem 65 anos ou mais só pode abater 24.751,74 o restante é tributado.

      Minha informação deu para esclarecer.

  8. Marcos Responder

    Olá… referente o comentário: “O valor do 13º salário, por ser um rendimento tributável exclusivo na fonte, é transferido pelo programa para o item 01, da ficha “Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva/Definitiva”.” Isso não aconteceu… preenchi na ficha Rend. Trib. Recebidos de pessoa jurídica mas ele não copiou para a ficha “Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva/Definitiva” e nela não tem a opção de incluir o 13º. O que faço?

    • Luciane Lopes Responder

      Dentro da aba “Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva/Definitiva” tem outras duas abas: “Rendimentos” e “Totais”. O 13º é transferido para essa última (Totais).

  9. Everaldo Oliveira Souza Responder

    No meu 13º salário incidiu IR no valor de R$ 20,75 e não sobre o meu vencimento ao logo do ano.
    Minha dúvida:devo fazer a declaração à Receita já que o mesmo foi descontado na fonte ou não é necessário?

  10. Pingback: Restituição IR 2018: Calendário de Restituição 2018 - Cronograma

  11. Odécio Monteiro Responder

    Sou prestador de serviço desde de sempre não consigo entender o que é imposto de renda gostaria de saber presto serviço para algem mais não dou nota fiscal ele mi paga onde eu mi enquadro para fazer a declaração

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Bom dia Odécio!

      Todo cidadão brasileiro que tem rendimentos, seja formal ou não, a princípio está obrigado a recolher imposto de renda a partir de um certo valor. Não é somente quem possui um emprego formal que precisa declarar seus bens e rendimentos à Receita Federal. Os trabalhadores autônomos, inclusive os que trabalham na informalidade, sem carteira assinada, também devem realizar a declaração anual de imposto de renda caso tenham tido rendimentos tributáveis cuja a soma foi superior a R$ 28.559,70 ou tenham recebido rendimentos isentos, não-tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, acima de R$ 40 mil, em 2016. De acordo com a Receita Federal, a omissão de rendimentos é o principal motivo que leva os contribuintes a caírem na malha fina.

      Mais detalhes aqui: http://abacusliquid.com/irpf/quem-deve-declarar-irpf-2017/

      Abraço!

  12. Anônimo Responder

    Em novembro recebi o pagamento por transferência bancária da conta de um dos sócios da empresa, ou seja, apesar de ser um rendimento devido ao meu serviço, o pagamento deste mês veio de uma pessoa física sócia da empresa, nos demais meses o pagamento veio da empresa. Minha dúvida é como declaro esse pagamento em específico, como rendimento tributável de pessoa física, ou junto com os demais pagamentos em rendimento de pessoa jurídica. Obrigado

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Bom dia!

      Sugiro você entrar em contato com a contabilidade da empresa para obter maiores detalhes. Não saberia te informar.

      Abraço!

  13. Pingback: Dúvidas Sobre Imposto de Renda 2017? Veja algumas informações úteis

  14. Pingback: Imposto de Renda pela Primeira Vez em 2017: Como Declarar

  15. Pingback: Imposto de Renda 2017: Perguntão e Guia para Declaração

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.