Carta Mensal aos Cotistas (Setembro/2017)

Este é o resumão dos indicadores econômicos em setembro de 2017: O CDI e Taxa SELIC fecharam o mês com rendimento de 0,64%. A poupança antiga e nova tiveram rendimento de 0,50%. O IBOV apresentou alta de 4,88% enquanto e o IFIX alta de 6,57%. O Dólar americano teve alta de 0,66% enquanto o Euro apresentou queda de -0,01%. O IGP-M registrou inflação de 0,47% enquanto o IPCA está estimado para 0,12% para este mês de setembro.

Os mercados financeiros, tanto o doméstico quanto o internacional, continuam em clima de euforia e o movimento de bull market continuou em setembro de 2017. O IBOV teve mais um mês de forte alta mas quem roubou a atenção neste mês que passou foi o IFIX – índice que mede a variação dos FIIs. Com a taxa básica de juros Selic em queda, produtos alternativos à renda fixa se destacam entre as aplicações financeiras. Em setembro, os fundos de investimentos imobiliários lideraram o ranking de investimentos.

Nesses fundos, os investidores aplicam recursos em negócios de base imobiliária, como prédios residenciais, edifícios comerciais, shopping centers e hospitais. Os rendimentos são dados através da exploração de locação, arrendamento ou venda. A rentabilidade real do IFIX em setembro – descontada a inflação, estimada em 0,12% pelo IPCA no mês – foi de 6,45%.

bull market

O touro continua bravo!

Já o IBOV, depois de seis pregões consecutivos de baixa, reagiu no último pregão do mês e encerrou a sexta-feira em alta de 0,99%, aos 74.293 pontos. Apesar da segunda queda semanal, o mercado acumulou alta de quase 5% em setembro. Isto marcou para a Bolsa como o melhor trimestre da década, com alta de 18%.

Os rendimentos mais fracos em setembro foram os de renda fixa, como a poupança (0,5% nominal) e CDB (0,62% nominal). Perderam para o ouro, que fechou o mês com alta nominal de 0,83%. Perdeu dinheiro quem comprou euro comercial, cuja cotação recuou 0,16% sem considerar a inflação. No acumulado do ano, apenas o dólar tem perda de valor, com recuo de 2,60% em termos nominais na cotação de mercado.

Indicadores Econômicos em Setembro de 2017

A tabela de indicadores econômicos abaixo apresenta os principais índices financeiros registrados em setembro de 2017. Estes dados são compilados pelo portal Valor Data e podem ser encontrados sempre atualizados nesta página.

indicadores economicos setembro 2017

Indicadores econômicos em setembro de 2017

Taxa SELIC em Setembro de 2017

A taxa SELIC em setembro de 2017 ficou em 0,64%. No ano de 2017, o acumulado da taxa SELIC é de 8,04%. No acumulado dos últimos 12 meses, a taxa SELIC está em 11,54%.

CDI em Setembro de 2017

A exemplo da taxa SELIC, o CDI em setembro de 2017 ficou em 0,64%. No ano de 2017, o acumulado do CDI é de 8,03%. No acumulado dos últimos 12 meses, o CDI está em 11,53%.

CDB em Setembro de 2017

O CDB em setembro de 2017 ficou em 0,62%. No ano de 2017, o acumulado do CDB é de 6,86%. No acumulado dos últimos 12 meses, o CDB está em 9,68%.

Poupança em Setembro de 2017

O rendimento da poupança em setembro de 2017 foi de 0,50%. No ano de 2017, o acumulado da poupança é de 5,22%. No acumulado dos últimos 12 meses, a rentabilidade da poupança está em 7,32%.

IBovespa em Setembro de 2017

O Ibovespa fechou com expressiva alta de 4,88% em setembro de 2017. No ano, a alta é de 23,35%. Nos últimos 12 meses, o IBOV apresenta alta de 27,29%.

indicadores economicos setembro 2017 ibovespa

IBovespa em tendência de alta no curto e médio prazo

IFIX em Setembro de 2017

O IFIX fechou com expressiva alta de 6,57% em setembro de 2017. No ano, a alta é de 19,13%. Nos últimos 12 meses, o IFIX apresenta alta de 22,32%.

indicadores economicos setembro 2017 ifix

Dólar em Setembro de 2017

O dólar Ptax medido pelo Banco Central teve alta de 0,66% em setembro acumulando queda de -2,80% no ano e -2,41% em 12 meses. Já o dólar comercial teve alta de 0,57% em setembro acumulando queda de -2,60% no ano e -2,64% em 12 meses.

Euro em Setembro de 2017

O Euro medido pelo Banco Central teve queda de -0,01% em setembro acumulando alta de 8,86% no ano e 2,59% em 12 meses. Já o Euro comercial teve queda de -0,16% em setembro acumulando alta de 9,79% no ano e 2,44% em 12 meses.

IGP-M em Setembro 2017

O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) teve variação positiva de 0,47% em setembro. A variação acumulada em 2017, até setembro, é de -2,10%. Em 12 meses, o IGP-M registra taxa de -1,45%. O IGP-M é calculado com base nos preços coletados entre os dias 21 do mês anterior e 20 do mês de referência. Neste ano, o índice apresentou deflação durante quatro meses seguidos, até julho. A queda começou em abril deste ano, quando atingiu a menor taxa mensal desde 1989, início da série histórica (-1,1%).

IPCA em Setembro 2017

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15), prévia da inflação oficial do país, desacelerou a alta de 0,35% em agosto para 0,11% em setembro. Foi o menor resultado para um mês de setembro desde 2006.No acumulado do ano, a prévia da inflação ficou em 1,90%, inferior à taxa apurada em mesmo período de 2016, de 5,90%. Nos 12 meses encerrados em setembro, houve alta de 2,56%, ante os 2,68% registrados nos 12 meses imediatamente anteriores.

Meus Investimentos em Setembro de 2017

Setembro de 2017 foi mais um bom mês para meus investimentos. Tanto FIIs quanto ações apresentaram boas altas. Vamos aos números…

Rentabilidades

A rentabilidade geral dos meus investimentos em setembro de 2017 foi de 5,35%. No ano, a rentabilidade acumulada subiu para 23,27%. No histórico, a rentabilidade geral está em 42,30%.

indices financeiros setembro 2017-rentabilidade investimentos

A rentabilidade positiva deste mês foi muito influenciada pelo bom desempenho da carteira de ações. Enquanto o IBOV teve alta de 4,88% em setembro, minha carteira de ações subiu 6,04%. No ano, as ações apresentam valorização de 32,67% contra 23,35% do índice.

indices financeiros setembro 2017 rentabilidade acoes

A rentabilidade positiva deste mês também foi muito influenciada pelo bom desempenho da carteira de FIIs. Neste mês de setembro, minha carteira de fundos imobiliários teve uma leve alta de 6,45% enquanto o IFIX teve alta de 6,57%. No ano, meus FIIs sobem 18,25% contra 19,13% do IFIX.

indices financeiros setembro 2017 rentabilidade fiis

Proventos

Neste mês de setembro, o dividend yield das ações foi de 0,24% e dos FIIs foi de 1,05%. O dividend yield geral foi de 0,62%. A dy médio das ações está em 0,31% e dos FIIs em 0,96%. O dy médio geral está em 0,65%. Abaixo é apresentado o gráfico histórico de proventos.

indices financeiros setembro 2017 proventos

Alocação de Ativos

O percentual alocado na renda fixa aumentou de 8,7% em agosto para 9,4% em setembro pois realizei a venda de algumas ações e não realoquei o dinheiro. A alocação em ações está em 46,0% e a alocação em FIIs está em 44,6%. O gráfico abaixo apresenta a evolução da alocação de ativos.

alocacao de ativos

Hedge

Continuo comprado em 1 mini-contrato de dólar. Ontem realizei a rolagem para o contrato wdox17. Também continuo vendido em 3 mini-contratos winv17 de índice. Durante o mês cheguei a ficar vendido em 6 minis de índice e comprado em 2 minis de dólar mas realizei lucro nos últimos pregões.

Day-Trade

Neste mês de setembro realizei 14 operações day-trade com mini-índice em 10 pregões. Operei 1 mini-contrato em cada operação tendo obtido resultado positivo em 11 operações. O total bruto alcançado foi de 525 reais como mostra a planilha de registro de operações abaixo.

planilha day trade

O valor bruto obtido em 33 meses é de R$ 15.869,44 e o total de taxas e corretagens pagas é de R$ 6.698,92. O valor líquido é de R$ 9.170,52. Foram operados 384 pregões no total sendo 34 deles negativos.

grafico day trade

suno research recomendação

16 thoughts on “Carta Mensal aos Cotistas (Setembro/2017)

  1. KB Investimentos Responder

    Mais de 1% de DY na carteira de FIIs?!? Sensacional Uó!

    Acho que dá pra dizer que setembro foi o mês dos fundos imobiliários. Não lembro de um mês que o IFIX subiu tanto.

    Abraço.

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      KB, teve um não-recorrente, o PLRI distribuiu 9,13 reais por cota, rs.

  2. ANDRE R AZEVEDO Responder

    É, também estou deixando um pouquinho no curto prazo para aproveitar alguns soluços que podem aparecer por aí rsrs

    Abraço e parabéns pelos controles, Uó!

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      O mercado tá sempre soluçando né André?! rs
      Abraço e obrigado!

  3. José Responder

    Desculpe a ignorância, mas por que carta aos “cotistas”? Vc tem algum fundo de investimento com cotistas? Abs!

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Opa José,
      quem dera ser gestor de fundo, rs. Mas trata-se de uma alegoria à estra industria, mesmo porque todos aqui na finansfera são cotistas pois acabam gerindo seus próprios fundos particulares.
      Abraço!

  4. RKinvestimentos Responder

    Muito bom, belo trabalho UO, creio que o touro vai ficar muito mais bravo com o rali de dezembro rsrs….

    Grande abraço amigo!
    Bagual

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      RK, será que vai ter este rali de dezembro. O mercado não é tão óbvio, rs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.