Carta Mensal aos Cotistas (Novembro/2017)

Este é o resumão dos indicadores econômicos em novembro de 2017: O CDI e Taxa SELIC fecharam o mês com rendimento de 0,57%. A poupança antiga teve rendimento de 0,50% e a poupança nova teve rendimento de 0,43%. O IBOV apresentou pequena desvalorização de -3,15% enquanto e o IFIX teve leve queda de -0,60%. O Dólar americano Ptax teve leve queda -0,47% enquanto o Euro apresentou alta de 1,83%. O IGP-M registrou inflação de 0,52% enquanto o IPCA está estimado para 0,39% para este mês.

A maioria das aplicações registrou resultado negativo em novembro de 2017. O mercado sente as incertezas políticas em relação à aprovação da Reforma da Previdência, que pode não sair este ano. O Euro comercial teve ganho nominal de 2,19% no mês e registra ganho de 14,29% no ano. Na renda variável, o pior resultado ficou com o IDIV (índice de dividendos), que registrou perda nominal de 6,67%. No ano, a aplicação tem variação positiva de 19,39%.

O Ibovespa fechou o mês com queda de 3,15%, afetado pelas incertezas sobre a aprovação da reforma da Previdência. Foi o pior mês para o índice desde maio, quando os mercados sentiram o impacto do escândalo envolvendo executivos da JBS e o presidente Michel Temer (PMDB). No ano o Ibovespa tem ganho de 19,50%. O dólar comercial ficou perto da estabilidade, com ligeira queda de 0,06%. No ano a moeda acumula variação positiva de 0,62%.

O salto de quase 2% do dólar em apenas dois dias chamou o Banco Central ao mercado de câmbio, depois de dois meses. O BC começa, nesta sexta-feira (1º de dezembro) os leilões de rolagem de contratos de swap cambial tradicional que vencem em janeiro. A oferta inicial será de 14 mil papéis, distribuídos entre março/2018, maio/2018 e outubro/2018. O lote de swaps a vencer em janeiro de 2018 soma US$ 9,638 bilhões. É o maior volume dentre os três atuais (US$ 9,029 bilhões em abril e US$ 5,127 bilhões em julho).

reforma da previdencia

O governo ainda está longe de atingir o número necessário de votos para aprovar a reforma da Previdência, afirmou Rodrigo Maia “Se não tiver voto, não vamos marcar a data”.

A piora do mercado ocorreu principalmente nos últimos dias de novembro, conforme sinalizações do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, começaram a tornar a possibilidade de aprovação da reforma este ano ainda menos provável. A queda da bolsa brasileira ocorre em um dia que os índices acionários americanos renovam máximas históricas consolidando a leitura de que, agora, são aspectos políticos domésticos os grandes responsáveis pelas vendas.

votacao reforma da previdencia

Na avaliação de Maia, a comunicação da reforma da Previdência foi mal feita pelo governo e isso está contaminando a votação, uma vez que estamos a um das eleições: “a reforma tem enfrentado dificuldades entre os deputados de partidos da base”, disse. Em meio a sinalizações de articuladores do governo de que talvez não seja possível colocar a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) em votação em primeiro turno no plenário da casa na próxima semana, Maia disse que não tem como definir o calendário da matéria neste momento, justamente por não haver apoio necessário.

Indicadores Econômicos em Novembro de 2017

A tabela de indicadores econômicos abaixo apresenta os principais índices financeiros registrados em novembro de 2017. Estes dados são compilados pelo portal Valor Data e podem ser encontrados sempre atualizados nesta página.

indicadores economicos novembro 2017

Indicadores econômicos em novembro de 2017

Taxa SELIC em Novembro de 2017

A taxa SELIC em novembro de 2017 ficou em 0,57%. No ano de 2017, o acumulado da taxa SELIC é de 9,35%. No acumulado dos últimos 12 meses, a taxa SELIC está em 10,58%.

CDI em Novembro de 2017

A exemplo da taxa SELIC, o CDI em novembro de 2017 ficou em 0,57%. No ano de 2017, o acumulado do CDI é de 9,34%. No acumulado dos últimos 12 meses, o CDI está em 10,56%.

CDB em Novembro de 2017

O CDB em novembro de 2017 ficou em 0,53%. No ano de 2017, o acumulado do CDB é de 8,05%. No acumulado dos últimos 12 meses, o CDB está em 9,00%.

Poupança em Novembro de 2017

O rendimento da poupança antiga em novembro de 2017 foi de 0,50%. A poupança nova rendeu 0,43%. No ano de 2017, o acumulado da poupança antiga é de 6,27% e da nova é de 6,12%. No acumulado dos últimos 12 meses, a rentabilidade da poupança antiga está em 7,00% e da nova em 6,84%.

IBovespa em Novembro de 2017

O IBovespa fechou novembro de 2017 com queda de -3,15%. No ano, o ganho é de 19,5% e de 16,26% nos últimos 12 meses.

ibov novembro 2017

IBovespa futuro em tendência de alta no médio prazo mas congestionado no curto prazo

IFIX em Novembro de 2017

O IFIX fechou com queda de -0,60% em novembro de 2017. No ano, a alta é de 18,70%. Nos últimos 12 meses, o IFIX tem alta de 20,49%.

ifix novembro 2017

O IFIX interrompeu sua forte tendência de alta no mês de novembro

Dólar em Novembro de 2017

O Dólar Ptax (BC) caiu -0,47% em novembro d 2017 e acumula alta de 0,08% no ano mas queda de -3,98% nos últimos 12 meses. O Dólar Comercial (mercado) caiu -0,06% e acumula alta de 0,62% no ano mas queda de -3,35% nos últimos 12 meses.

dolar novembro 2017

O Dólar apresentou leve queda em novembro mas ainda continua congestionado no médio prazo

Euro em Novembro de 2017

O Euro medido pelo Banco Central teve alta de 1,83% em novembro de 2017 acumulando alta de 12,96% no ano e 7,88% em 12 meses. Já o Euro comercial teve alta de 2,19% acumulando alta de 14,29% no ano e 8,59% em 12 meses.

euro novembro 2017

O Euro apresenta congestão no curto prazo mas no médio prazo o movimento é de alta

IGP-M em Novembro 2017

O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) avançou 0,52% em novembro, após subir 0,20% um mês antes, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV). No ano, porém, a taxa acumulada ficou negativa em 1,40%. Em 12 meses, o IGP-M registrou recuo de 0,86%. O resultado de novembro foi superior à estimativa média dos analistas de mercado.

IPCA em Novembro 2017

A prévia da inflação oficial brasileira, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15) acelerou de 0,11% em setembro para 0,34% em outubro. Em 12 meses, houve alta de 2,71%, acima dos 2,56% verificados nos 12 meses imediatamente anteriores. Foi a primeira aceleração da inflação pelo indicador de 12 meses desde agosto de 2016. Mesmo assim, a taxa segue abaixo do piso da meta, de 3% neste ano – o centro da meta é de 4,5%.

Meus Investimentos em Novembro de 2017

Rentabilidades

A rentabilidade geral dos meus investimentos em novembro de 2017 foi de -2,23%. Esta rentabilidade engloba todo o meu patrimônio financeiro, incluindo investimentos em corretoras, dinheiro de poupança para gastos imediatos bem como os resultados de day-trade e hedge de carteira. No ano, a rentabilidade acumulada está em 19,45%. No histórico iniciado em janeiro de 2013, a rentabilidade geral está em 37,52%.

rentabilidade investimentos geral

A rentabilidade negativa deste mês foi muito influenciada pelo desempenho ruim da carteira de ações. Enquanto o IBOV teve queda de -3,15% em novembro, minha carteira de ações caiu -5,33%. No ano, as ações apresentam valorização de 19,91% contra 19,50% do índice.

rentabilidade acoes

As maiores quedas da minha carteira neste mês de novembro foram: BRIN3 (-34%), RCSL4 (-29%) e WIZS3 (-30%). As maiores altas foram ATOM3 (31%), EUCA4 (12%) e WEGE3 (7%). Realizei diversas compras no mês e apenas uma venda (ATOM3) com lucro de 60%.

A rentabilidade dos investimentos só não foi pior porque os FIIs tiveram leve alta. Neste mês de novembro, minha carteira de fundos imobiliários teve uma alta de 0,50% enquanto o IFIX teve queda de -0,60%. No ano, meus FIIs sobem 19,68% contra 18,70% do IFIX. É a primeira vez que meus FIIs ultrapassam o IFIX neste ano.

rentabilidade fiis

Os FIIs que mais subiram em novembro de 2017 foram FLMA11 (12%), NSLU11 (5%) e FAED11 (4%). Os FIIs que mais caíram foram PLRI11 (-8%), PRSV11 (-5%) e RBRD11 (5%). Realizei poucas compras no mês e liquidei a posição de XTED11 com lucro de 30%.

Proventos

Neste mês de novembro, o dividend yield das ações foi de 0,25% e dos FIIs foi de 0,73%. O dividend yield geral foi de 0,48%. A dy médio das ações está em 0,31% e dos FIIs em 0,95%. O dy médio geral está em 0,64%. Abaixo é apresentado o gráfico histórico de proventos.

dividend yield

Alocação de Ativos

O percentual alocado na renda fixa caiu de 8,8% em outubro para 6,8% em novembro. A alocação em ações está em 48,3% e a alocação em FIIs está em 45,0%. O gráfico abaixo apresenta a evolução da alocação de ativos.

alocacao de ativos

Day-Trade

Neste mês de novembro realizei 29 operações day-trade com mini-índice participando de 13 pregões. Operei 1 mini-contrato em cada operação tendo obtido resultado positivo em 19 operações. O total bruto alcançado foi de 356 reais como mostra a planilha de registro de operações abaixo.

planilha day trade

Hedge

No momento não estão montadas estruturas de hedge de carteira.

Estatísticas dos Sites em Novembro de 2017

Em novembro de 2017 os três site tiveram 359.549 visualizações totais de páginas conforme relatório abaixo:

google analytics

O faturamento AdSense dos três sites em novembro de 2017 foi de 1.405,17 dólares contra 1.392,74 dólares de outubro. A renda total dos sites (incluindo outras parcerias) em novembro será em torno de 5.000 reais. Como o Google realiza o pagamento apenas no final do mês então não há como ter um valor exato neste momento já que a cotação do dólar será diferente de hoje.

google adsense

suno research recomendação

17 thoughts on “Carta Mensal aos Cotistas (Novembro/2017)

  1. Simplicidade e Harmonia Responder

    Uó,

    Gostei dos seu relatório, bem detalhado!
    Com a queda da Selic e do CDI preciso encontrar outras opções mais conservadoras além do TD, LCI, LCA, etc…

    Abraços,

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Obrigado Simplicidade!
      Está cada vez mais difícil encontrar boas opções conservadoras.
      Abraço!

  2. Longe do Limite Responder

    Imagino que o Adsense tenha amortecido bem esta queda.rs

    Liga não, Uó. Dezembro há de ser melhor para todas as carteiras.

    Abraço!

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Amorteceu um pouquinho LdL, tá ruim mas tá bom, rs.
      Abraço!

  3. taze Responder

    Ola,

    A divulgacao dos dados dos sites tem sido de bastante interesse.
    A relacao (vizualizacoes)/(rendimento adsense) tem sido (aproximadamente) constante no passar dos meses ?

    Obrigado!

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Opa Taze!
      Sim, não varia muito não.
      Abraço!

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Fala Enriq.
      Palavra chave que trás muito tráfego aqui no site é IRPF, rs.
      Abraço!

  4. Stifler Pobre Responder

    Interessante que o seu blog do blogspot tem muito menos visitas do os outros 2.

    No blogspot as visitas são mais segmentadas, ou seja, geralmente o nosso mundo da blogosfera.

    Já os outros deve ter muitas visitas através de buscas né? fora isso eu estou em alguns grupos de face e vi que você está também nos mesmos e vira e mexe você posta links com referência aos seus 2 sites, isso deve gerar um bom tráfego, ao menos eu acho rs

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Correto Stifler, 80% do tráfego dos sites vem do Google, do Facebook vem pouca coisa.
      Abraço!

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Queria ter esta visão aí, rs
      Abraço D.I.L.

  5. Anônimo Responder

    Primeiramente parabéns, você poderia me informar quais ações e FII comprou. Desde já adianto que e mera curiosidade, por isso fique a vontade se não quiser informar, pois eu invisto há bastante tempo e tenho meu próprio método.
    Outra coisa, por que você compra essa bagulhada. Tudo bem, você vai responder que lucrou 60%, mas vale a pena, pois se o valor e baixo o percentual alto não vai ajudar.
    E por fim desculpe alguma coisa, atualmente frequento pouquíssimos blogs pois acho o nível da maioria muito baixo. Comentei no seu pois gosto do seu blog.
    Abs

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Opa!

      Evito falar o que compro, justamente porque costumo comprar uns bagulhos. rs. Mas são para trade, mera especulação. 80% da minha carteira é sólida, os outros 20% são empresas bem complicadinhas. Entendi seu questionamento, eu mesmo tenho me questionado pois os resultados não estão lá grandes coisas, estou assumindo riscos altíssimos pra ganhar 1-2% sobre o IBOV. Minha vontade mesmo era ter a carteira do KB Investimentos, pouquíssimos ativos com rentabilidades altíssimas, um dia chego lá, rs. Compras…

      FIIs: PRSV11 e EDGA11
      Ações: TCSA3, TRPN3, WIZS3, LAME3, MOVI3, VLID3, TIET11.

      Abraço e obrigado!

      • Ábaco Líquido Autor do post

        Ah, e vc o que tem comprado?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.