Você não precisa ficar carregando a certidão de nascimento do seu bebê pra todo lado, nem deve fazer isto. O mais prático é fazer a certeira de identidade do bebê, o RG – Registro Geral. Além de ser mais prático carregar na bolsa, o RG serve como documento de embarque em viagens nacionais e internacionais dentro do Mercosul. É uma forma de  ter os dados da certidão de nascimento e do CPF no mesmo documento. Hoje vou postar o passo a passo para fazer a carteira de identidade de bebê e também o CPF. É muito fácil!!! Lembro que estas instruções se referem à cidade de Belo Horizonte, o que pode alterar em outros municípios e estados. Antes, vou dar umas dicas preciosas, antes de iniciar esta tarefa. Veja como ficou a carteira do Uozinho…

carteira de identidade de bebe

Dicas Iniciais Antes de Tirar a Carteira de Identidade de Bebê

  1. Tire o CPF antes da carteira de identidade. Você poderá colocar o nº dele na carteira.
  2. Se o bebê for muito novo tire a foto dele em casa e mande revelar no tamanho 3×4. Há um programa para Iphones que faz isso, mas eu não o conheço já que não tenho Iphone (rs). Acredito que deve ser difícil tirar foto 3×4 de bebês pequenos já que normalmente não ficam sentados sozinhos (dependendo da idade).
  3. Você poderá tanto o CPF quanto a carteira de identidade assim que o bebê tiver certidão de nascimento. Então faça o quanto antes pois o manuseio da carteira é muito mais prático que o da certidão.
  4. A carteira infantil pode ter foto sorrindo, mas exige-se que o fundo seja claro. Nós optamos por uma foto sorrindo do Vini, já que há esta possibilidade.
  5. Se o bebê for mais agitado, tente levá-lo em um horário que esteja dormindo pois será necessário colher a impressão digital dos dez dedinhos das mãos!

Como Tirar CPF de Bebê?

Não há idade mínima para fazer CPF, ou seja, um bebê recém nascido já pode ter o seu. O CPF pode ser tirado nos Correios, Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal.

Tiramos o CPF do Uozinho nos Correios. Fomos a uma agência e solicitamos o serviço. É necessário levar a certidão de nascimento do bebê, o documento de identificação dos pais e pagar uma taxa de R$ 5,60. Este procedimento é padrão para todo o país.

O número é liberado na hora. Não há mais a entrega daqueles cartões de CPF. Há somente o protocolo do correio constando o número. Caso deseje é possível imprimir um cartão no site da Receita, mas ele quase nunca será utilizado. Assim, é melhor nem imprimir e de quebra colaborar com a sustentabilidade do planeta..

Leve este protocolo do correio quando for fazer a identidade para que seja colocado o número nela.

Como Tirar Carteira de Identidade de Bebê?

A exemplo do CPF, não há idade mínima para fazer carteira de identidade.

Como disse acima, este passo a passo é aqui em Belo Horizonte. Acredito que em Minas deve ser muito parecido e talvez só não precise fazer o agendamento. Já para outros estados o procedimento difere bastante.

A carteira de identidade é feita pela UAI- Unidade de Atendimento Integrado (são postos de serviços prestados pelo estado aos cidadãos). Então, deve-se entrar no site mg.gov.br e, no lado direito, clicar em Emissão da carteira de identidade – 1ª via. Em seguida clicar no link Clique aqui para agendar seu atendimento presencial para este serviço. Este link fica bem no centro da tela antes da lista de documentos necessários.

Na próxima tela você escolherá o município que deseja o serviço e a unidade selecionada. Ao escolher a unidade, no lado direito o calendário já exibe os dias nos quais há disponibilidade de agendamento. Ao visualizar o dia destacado em verde, ou seja, aquele no qual há disponibilidade de horário, basta clicar nele e depois escolher o horário.

Ao escolher o horário, você deverá preencher, na próxima tela, os dados do bebê e depois os seus dados. Em seguida é só confirmar o agendamento. Você receberá um número que comprova que o agendamento foi feito.

No dia marcado comparecer na unidade escolhida com 15 minutos de antecedência. Lá eles solicitarão os documentos necessários, a foto do bebê e em seguida colherão as digitais. Em sete dias o documento estará pronto e deverá ser retirado nesta mesma unidade pelo pai ou pela mãe, portando a certidão de nascimento e o protocolo dado anteriormente.

Não deixe de conhecer a blogosfera materna, muitas informações úteis para a gestante e mamãe de primeira viagem…

  • 100 Blogs de Mamãe e Papai para Você Conhecer
    by Web Informado on 26/01/2017 at 17:13

    Os dramas e angústias tanto maternas quanto paternas na primeira gravidez bem como as preocupações com a chegada dos pequenos na família não mudam, porém o local onde as mães e pais agora buscam ajuda, dicas e outras […]

Emissão da 1a. Via da Carteira de Identidade

Para emissão da Carteira de Identidade, o requerente deve se dirigir aos Postos de Identificação da Polícia Civil ou às UAI, nas cidades em que estão instaladas. As Unidades de Atendimento Integrado (UAI) realizam o atendimento somente com agendamento efetuado no link abaixo.

O requerente deve comparecer com a documentação necessária, devidamente discriminada abaixo.

O menor de dezesseis anos deve estar acompanhado de pai ou mãe, ou, na falta desses, de seu representante legal.

A pessoa com dificuldade de locomoção, por doença ou incapacidade física, pode ser atendida na residência, desde que um familiar maior de dezoito anos compareça ao Posto de Identificação da Polícia Civil portando o atestado médico comprobatório e preencha o requerimento próprio para solicitação. No caso do cidadão hospitalizado, a identificação pode ser requerida pelo Serviço Social da própria Unidade Hospitalar.

O cidadão naturalizado brasileiro, o filho de brasileiro nascido no exterior, o português com igualdade de direitos e o brasileiro casado no exterior, para obtenção da Carteira de Identidade, devem buscar informações junto ao Instituto de Identificação da Polícia Civil de Minas Gerais, no endereço Avenida Augusto de Lima, 1883, Barro Preto, Belo Horizonte/MG.

Todo e qualquer caso de urgência para emissão da Carteira de Identidade deve ser tratado com o Supervisor do Posto de Identificação, e o cidadão deve fazer prova desta urgência, apresentando documentação hábil que a comprove.

O prazo de entrega da carteira de identidade na capital e interior é determinado pelo responsável por cada posto de identificação, conforme o fluxo da demanda momentânea de cada unidade.

Para retirada da Carteira de Identidade, por outra pessoa que não seja a titular, será necessário que uma procuração seja feita no verso do protocolo de entrega de identidade, ou em uma folha a parte, autorizando a entrega (assinando ao final do pedido conforme a identidade que for buscar). Não há necessidade de autenticação em cartório. A Pessoa que for buscar a identidade para outra tem que levar a sua Carteira de Identidade. No caso de menores, quem pode buscar a Carteira de Identidade são os pais, ou responsável legal, sendo que o(a) mesmo(a) tem que levar a Carteira de Identidade.

A data da entrega será informada no ato da solicitação da confecção.

Documentos necessários para Emissão da Primeira Via da Carteira de Identidade:

  • 2 Fotos 3×4. As fotografias destinadas à Carteira de Identidade, em tamanho 3×4 (três por quatro centímetros) deverão ser recentes, de frente, com fundo limpo, impressas em papel fotográfico, não podendo ser feitas com qualquer espécie de cobertura de cabeça (lenço, chapéu, boné), nem com óculos de sol, por dificultarem ou encobrirem características físicas imprescindíveis para reconhecimento do portador. Serão admissíveis as coberturas que compõem hábitos religiosos que façam parte do uso quotidiano do portador.
  • Certidão de Nascimento, se solteiro, ou Certidão de Casamento, se casado (no original ou cópia autenticada em Cartório
  • Certidão de Nascimento com mudança de nome por ordem judicial para reconhecimento de paternidade, adoção ou outro caso.
  • Para menores de 16 (dezesseis) anos, o pai, mãe ou responsável legal deve acompanhar o menor com documento oficial com foto que identifique o responsável sem rasuras, avarias ou violação do documento de identificação apresentado. No caso de representante legal que não seja pai ou mãe, deve-se apresentar o termo de guarda do menor (original e cópia).
  • Em caso de Divorcio, deve ser apresentada a Certidão de Casamento com averbação do mesmo
  • CPF ou Comprovante de Situação Cadastral no CPF, PIS/PASEP originais – o número pode ser incluído na Carteira de Identidade, mediante solicitação.
  • Em caso de divórcio, deve ser apresentada a certidão de casamento com a averbação do mesmo.

Observação: Os documentos devem estar em perfeito estado de conservação. Não serão aceitos documentos danificados, rasurados ou incompletos, em que não seja possível verificar todos os dados do solicitante.

Fonte: <mg.gov.br> Acessado em: 16/04/2017

Comente...