Black Friday na Bolsa de Valores: Tudo Pela Metade do Dobro!

Li agora a pouco, em um blog de finanças, um investidor falando que ontem foi a verdadeira black friday da bolsa brasileira. Mas será que foi mesmo? 

Acredito que foi mesmo: estava tudo pela metade do dobro! ou pela metade do triplo, rs. Eu não me iludo, o mercado para mim continua forte, até que se prove contrário, a tendência é de alta. Basta ver a reação que o índice teve logo após a saída do circuit breaker. Black Friday é isto, você acha que está comprando barato só porque caiu, mas na verdade continua caro.

black friday na bolsa

Vejamos alguns casos, peguei algumas ações que mais caíram ontem, uma de cada setor da economia.

Abaixo a reação da Kepler (KEPL3) – uma empresa do setor de agro-negócio. Notem que o pânico não fez nem cócegas para o papel. O preço continua o dobro daquele verificado no começo do ano passado.

gráfico kepl3

Abaixo o gráfico da Lojas Renner (LREN3). O preço caiu 4 reais mas logo apareceram compradores com apetite para o risco comprando avidamente as ações. A cotação continua quase o dobro em relação à do início do ano passado.

gráfico lren3

Abaixo o gráfico da Direcional (DIRR3) que é uma construtora aqui de Belo Horizonte. Mais um papel que continua cotado com o dobro do ano passado.

gráfico dirr3

A Cemig (CMIG3) foi a grande vedete de ontem. A ação abriu o dia caindo mais de 40%. Porém foi um negócio isolado que nem aparece no gráfico. Esta é uma que estava sendo cotada tempos atrás pelo triplo do ano passado, agora está o dobro.

gráfico cmig3

Finalmente o gráfico do Banco do Brasil (BBAS3). Continua sendo cotado pelo dobro do preço do ano passado.

gráfico bbas3

Enfim, todos este papéis que dobraram e triplicaram de valor nos últimos meses sentiram o efeito da notícia. O mercado está agora precificando o adiamento da reforma da previdência e o aumento do risco Brasil. Contudo o preço atual dos ativos continua embutindo a queda do PT e uma perspectiva de melhora na economia, ou seja, estão bem valorizados.

Os analistas estavam prevendo uma queda de 20% do IBOV caso a reforma da previdência não passasse. Como caiu “apenas” 10% então podemos concluir, através de uma conta de padeiro, que o mercado ainda acredita na reforma. O estrago foi grande, ninguém sabe o que irá ocorrer daqui para frente, mas sugiro guardarem dinheiro na poupança pois a real Black Friday poderá acontecer em breve, ou não.

suno research recomendação

20 comentários em “Black Friday na Bolsa de Valores: Tudo Pela Metade do Dobro!

  1. Yago Bastos Responder

    O que vale a pena agora é investir na Bolsa brasileira. Lembro-me quando as empresas X’s caíram até valer centavos, muitos investidores mesmo com risco acreditaram, logo após o crescimento o valor continuou em centavos porém o capital duplicou. Para investir tem que ser muito estratégico..

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Bom dia Yago!

      Cuidado com recomendações pouco fundamentadas.

      Abraço!

  2. Armando Responder

    Notei uma baixa bem fraca. Não acompanho tantos papéis, mas só 1 teve queda expressiva de 13%. FII foi mais leve ainda. Os bancos sofreram mais e não levo BB a sério.

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Acho que a queda foi compatível com o grau de incertezas das coisas, mas o pânico que se viu antes do mercado abrir foi maior, o próprio mercado tratou de acalmar os ânimos, rs.

  3. viverdedividendos Responder

    Kkkk bom post UO

    Galera gosta de pagar caro mesmo, se for barato perde a graça porque chega muito rápido na IF

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      kkk, e tem gente que gosta de comprar é caro.

  4. BPM Responder

    Excelente Uó!

    Eu comentei isso em alguns lugares, acho até que comentei no blog do VDC.

    Não é pelo fato de ter caído 10% que ficou super barata. Tenho ação na minha carteira que caiu 13% e ainda assim fiquei com 11% no azul. Outras que entraram no vermelho entraram de 1 a 6% de queda, ou seja, não me abala. Grandene então nem se fala, essa nem fez cócegas.

    Julgo que ainda possa haver uma queda maior e a bolsa ir a 55k. Este sim seria um cenário que eu gostaria de ver. Os preços podem cair mais 10% tranquilos para entrarem na faixa de cogitação de análises mais realistas, por enquanto o mercado é altista.

    Abraço!

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Fala BPM!
      Grendene tá uma coisa de louco mesmo, lindo de ver.
      Nos próximos dias o mercado ou vai cair mais 10% ou vai voltar para onde estávamos, vai depender do desenrolar das coisas, estaremos preparado para as duas opções, rs.
      Valeu!

  5. AROLDO BATISTA Responder

    Em um país com juros de um por cento ao mês ou de inflação + seis por cento ao ano o preço das aços tem que estar muito baixo para valer a pena se arriscar no mercado de renda variável.

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      É risco puro, mas é disso que eu gosto, rs. Todo dia uma nova emoção. Mas esta queda não fez cócegas, um circuit breakizinho de nada, rs

  6. Gaucho Responder

    Difícil imaginar ibov em 40 mil pontos de novo, mas nada é impossível se tratando de Brasil. Acho que teremos mais uma fase ruim pela frente.

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Aqui no Brasil até o passado é incerto, kkk

  7. Frugal Simple Responder

    Eu nao acho que Banco do Brasil possa valer nem 23 reais.
    Um banco péssimo num valuation superior ao Itaú é brincadeira.
    abç

    • Ábaco Líquido Autor do postResponder

      Rapaz, não entendo nada de valuation, entendo de gráficos é olha lá…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.