Os 1.942 Ativos da Minha Carteira de Investimento (Parte 2/2)

Robert Kiyosaki, com seu best seller Pai Rico Pai Pobre, há anos tem influenciado positivamente milhares de pessoas pelo mundo afora. Este livro é considerado por muitos uma obra essencial na área de educação financeira. É um livro de leitura fácil mas com passagens reveladoras. Se fosse para resumir a história em uma frase eu diria: a diferença fundamental entre “ativos e passivos”, entenda este conceito e sairá da “corrida dos ratos”. Este post é uma continuidade de um assunto iniciado ontem aqui no blog. Na verdade é a finalização do texto sobre rendas, despesas, ativos, passivos e imobilizado.

Disse no artigo de ontem que tenho um estilo de vida basicamente frugal. Já escrevi sobre este tema aqui no blog algumas vezes e voltei a falar sobre isto pois nesta semana publiquei um artigo sobre nomadismo digital. Este estilo de vida é baseado em frugalidade e quem o adota são pessoas que viajam o mundo com apenas uma mochila nas costas e uma mala com algumas peças roupas. Os nômades digitais são pessoas que se desfizeram da maioria dos seus bens materiais em troca de uma experiência de vida libertadora.

Ao entrar em contato com o estilo dos nômades digitais percebi que minha frugalidade é nível 10, ao passo que a deles é nível 1, rs. Enquanto eles possuem apenas o essencial para se locomover de país em país, eu ainda tenho um certo volume de bens acumulados. Neste artigo irei mostrar quais são os bens que tenho hoje em dia, e usarei a clássica definição de Robert Kiyosaki para classificá-los em ativos e passivos. Usarei também um terceiro termo para enquadrar alguns bens que para mim não são nem ativos nem passivos: os imobilizados.

Ativos, Passivos e Imobilizados

No artigo anterior discutimos sobre os termos rendas, despesas, ativos e passivos sob a ótica do livro Pai Rico Pai Pobre. A figura a seguir ilustra estes conceitos (se você leu o artigo de ontem pule este capítulo pois é apenas um resumo do que já foi falado).

ativos e passivos

Rendas, despesas, ativos e passivos

Vimos que renda é todo dinheiro que entra periodicamente no nosso caixa. Um empregado, por exemplo, recebe salário do seu empregador em troca da sua força de trabalho. Um investidor recebe dividendos e juros provenientes dos seus investimentos em ativos financeiros.

Vimos também que as despesas representam todo dinheiro que sai periodicamente do nosso caixa, tais como: obrigações financeiras, contas a pagar, impostos, hipotecas, alugueis, seguros de vida, supermercado, farmácia, entretenimento, juros de financiamentos, etc.

A clássica definição de Robert Kyosaki no livro Pai Rico Pai Pobre sobre ativos e passivos foge um pouco dos conceitos tradicionais de contabilidade, porém a ideia básica é a mesma: ativo é tudo aquelo que agrega valor à nossa vida financeira e passivo é tudo aquilo que subtrai valor.

“Um ativo é algo que põe dinheiro no meu bolso. Um passivo é algo que tira dinheiro do meu bolso.”

Podemos então dizer que para ter uma vida financeira equilibrada devemos procurar comprar ativos em detrimento de comprar passivos. Mas isto só será possível se as rendas forem superiores às despesas. Ou seja, o primeiro passo é gastar menos do que se ganha. Então, a regra no. 0 seria: promova para você uma vida financeira superavitária. E a regra no. 1 seria: adquira ativos e não passivos.

Falta definir agora o que são imobilizados. Na contabilidade clássica, imobilizados são um tipo específico de ativo, caracterizados como bens necessários à manutenção das atividades de uma entidade econômica tais como edifícios, máquinas, etc.

Na minha abstração da teoria de Robert Kyosaki apresentada no livro Pai Rico Pai Pobre, considerarei como imobilizado tudo aquilo que possuo e que não é nem ativo nem passivo, ou seja, os bens materiais que não tiram nem colocam dinheiro no meu bolso.

Imobilizados

Quem me conhece há mais tempo sabe que raramente falo sobre minha vida pessoal. Gosto de manter um certo nível de discrição e não pretendo transformar este blog em um diário eletrônico. Mas neste post irei fugir um pouco da regra. O objetivo é apenas fazer um exercício de desapego e procurar saber o que precisaria vender ou doar para me tornar um nômade digital.

A figura a seguir apresenta os bens materiais que tenho hoje. Podem ver que não é tanta coisa assim. Então, adotar um estilo de vida nômade não seria muito custoso do ponto de vista do desapego material.

ativos passivos

Tenho hoje um notebook que é utilizado quando estou viajando a trabalho. Para me tornar um nômade digital este equipamento seria fundamental pois seria através dele que obteria renda ativa durante as viagens. Portando não poderia me desfazer deste bem.

Tenho também um computador desktop que utilizo no dia-a-dia do meu home office. Para me tornar um nômade digital precisaria me desfazer deste item. Mas atualmente é meu bem material mais importante, sem ele minha vida profissional não existiria.

Para me comunicar com meus sócios e meus clientes utilizo geralmente o Skype. Contudo tenho também um celular para comunicar com pessoas quando estou fora de casa. No meu dia-a-dia raramente uso este aparelho, tanto que a carga da bateria dura quase duas semanas. Geralmente uso este celular só para falar com minha esposa que trabalha fora – para ela a ligação é gratuita. Acredito que se fosse me tornar um nômade digital seria preciso trocar este celular por um smartphone.

Possuo uma câmera digital SLR que é utilizada para registrar o crescimento do Uozinho. Esta câmera também seria fundamental em um vida de nômade digital. Poderia utilizá-la para fotografar locais e pessoas e obter renda com estas fotografias.

Tenho uma pilha de 600 CDs de música – todos originais. Alguns deles são duplos e importados. São resquícios de uma juventude de excessos embalada por S. D. e Rock and Roll, rs. Brincadeira. Já transformei todos estes CDs em MP3, hoje possuem apenas um valor sentimental. Não venderia, guardaria na casa de alguém. Faltou desapego aqui.

Tenho também uma pilha de 150 DVDs de filmes, documentários e shows – todos originais. É o mesmo caso dos CDs. Faltou desapego.

Tinha uma estante com uns 300 livros, por falta de espaço tive que encaixotar todos eles e guardei as caixas em um quarto de despejo. Doaria estes livros para alguma biblioteca e presentearia algumas pessoas. Alguns deles ainda não li, uns 100, rs.

Tenho 4 caixas de ferramentas. Como moro em uma casa, vez ou outra surge uma coisinha para consertar. Não precisaria disto para viver como nômade.

Possuo um guarda-roupas repleto de roupas e calçados velhos. Precisaria doar uns 90% deste vestuário. Ou então guardar metade, vai que a vida de nômade não dê certo, rs.

Finalmente tenho um baixo e um baixolão. Tenho também uma caixa amplificada. Nunca aprendi a tocar estes instrumentos, até tentei, mas percebi que nasci para ouvir e não para ser músico.

Passivos

Não tenho passivos. Não tenho imóvel próprio. Tem um carro na garagem mas está no nome da minha esposa, em tese não é meu, rs.

Ativos

Bom, chegamos na parte central do post. O que escrevi até aqui foi para “encher linguiça”, para deixar o post mais fácil de ser ranqueado nos engines. Sou sincero, não se assustem. O título do post diz “Os 1.942 Ativos da Minha Carteira de Investimento”, vamos então saber quais ativos são estes.

Fundos de Investimento Imobiliário

A figura abaixo apresenta a última compilação da minha carteira de fundos imobiliários. Hoje ela está um pouquinho diferente, mas nem tanto. Andei vendendo um pouco de XPGA para corrigir esta distorção de alocação e comprando mais XTED abaixo dos 20 reais – metro quadrado a preço de banana, mas não contem para ninguém. No total temos uns 32 FIIs.

carteira de fiis

Ações

As figuras a seguir apresentam as minhas carteiras de ações. Temos a carteira conservadora, a carteira moderada e a carteira arrojada, rs. No total são 53 ações, mas acho que este número diminuiu desde a última compilação pois andei vendendo alguns papéis como CMIG (depois que subiu com o boato da privatização) e JBSS (por sorte antes de ser deflagrada a operação Carne Fraca). Coloquei um ativo novo na carteira (QGEP) e comprei mais do mesmo (VLID).

carteira de acoes raiz

carteira de acoes nutella

carteira de acoes hedge

Sites

Tempos atrás ouvi de um blogueiro famoso, destes que “vivem de blog”, que os posts e páginas de um site ou blog deveriam ser considerados ativos financeiros. Na ocasião achei aquilo um certo exagero, mas neste ano a ideia passou a fazer sentido para mim.

Nos últimos três meses tenho recebido, quase que semanalmente, propostas de parcerias nos sites. A a maioria delas eu rejeito pois não verifico alinhamento de interesses. Minha esposa costuma puxar minha orelha pois rejeito as ofertas sem mesmo questionar o valor financeiro. Mas é uma característica minha, quando vejo que a proposta não é viável para mim, o valor financeiro pouco importa. Talvez isto seja um erro, como minha esposa argumenta, seria uma forma de conhecer meu valor no mercado.

O fato é que o posicionamento dos sites na rede cresce a cada dia. Estamos cada vez mais bem ranqueados nos engines de busca. O tráfego de acessos cresceu a níveis inimagináveis para mim. Claro que estou fazendo um jabá aqui, não sou bobo, mas é real, vejam abaixo o tráfego ao Abacus Liquid nesta primeira quinzena de março:

trafego do site

A média de acessos no Abacus é de 10.000 visualizações de páginas nos dias úteis e 6.000 nos fins de semana e feriados. Se for considerar também o tráfego do Web Informado, este valor sobre para 13.000 visualizações nos dias úteis e 7.500 visualizações nos fins de semana e feriados. Na figura abaixo é apresentado o resultado isolado do Web Informado.

trafego do blog

Na internet, tráfego é dinheiro. Daí que vem a consideração do blogueiro de que cada post e página do seu site ou blog devem ser tratados como ativos financeiros. Um post e uma página isolados não representam nada, mas um conjunto de URLs sob um domínio de autoridade possuem um valor tangível.

Podem não ser ativos financeiros, talvez uma definição mais adequada seria ativos intelectuais. Mas com certeza possuem um valor a ser explorado. Vejo muitos blogueiros, principalmente na finansfera, argumentarem que não querem receber nada com blog. Que estão aqui blogando “por prazer”. Pode até ser, mas a maioria deles tem lá um AdSense rodando. Ou seja, o objetivo realmente não é renda extra, mas que tentam tirar uns cents de dólar, isto é fato.

Todo mundo quer ganhar dinheiro. Em outras palavras, todo mundo quer ser feliz, e se dinheiro não trás felicidade, a falta dele é que não trás mesmo, rs. Então fico observando estes blogueiros, meus colegas na verdade, perdendo tempo e dinheiro. Não perceberam ainda que possuem um diamante, que precisa apenas ser lapidado para gerar valor. (Este parágrafo foi só um toque),

Voltando ao caso aqui do Abacus, na figura abaixo vocês verão que quanto mais faço a lapidação deste diamante mais valioso ele fica. Em janeiro foram recebidos 167 dólares. Em fevereiro 361 dólares. E na primeira quinzena de março… 491 dólares. Ou seja, o faturamento cresceu mais de 100% a cada mudança de mês.

ganhos adsense

Pelas projeções, o valor que receberei em março com os sites poderá até superar o valor que recebo mensalmente com os FIIs. E estou falando aqui apenas de AdSense. Em uma parceria firmada nesta semana recebi 100 reais. Um valor simbólico devo admitir, mas para isto precisei apenas colocar uma frase em um post que nem lembrava mais que tinha feito.

Mas não estou interessado apenas em parcerias monetárias. Como estou construindo uma marca forte e prezo pela autoridade do domínio, parcerias de cooperação também são muito bem vindas. E nesta semana firmamos um acordo deste tipo com uma conceituada casa de Research brasileira com foco no mercado de ações e FIIs. O que me motivou a firmar este compromisso foi o fato desta casa ter também a cooperação do maior investidor pessoa física da bolsa brasileira – Luiz Barsi.

Então pessoal, os 1.942 ativos mencionados nos títulos são nada mais nada menos que os 32 FIIs, 53 ações e as 1.857 URLs dos sites Abacus Liquid e Web Informado. Na verdade agora são 1.944 ativos se for considerar o post de ontem e o post de hoje. E você ainda dúvida que estes dois artigos não irão ser convertidos em valor financeiro? Basta dar tempo ao tempo, deixar os trabalhadores trabalharem, assim como ocorre com os ativos financeiros.

Mas não pense você que é algo fácil, trivial. Dá um trabalho danado. Depois de clicar o botão Publicar, este post ganhará vida. Ao contrário do que ocorre em outros blogs, onde os posts são publicados e a partir dali são considerados arquivo-morto, aqui no Abacus voltamos aos artigos várias e várias vezes. Para corrigir erros de português, revisar conteúdos, otimizar parágrafos, links, imagens, etc. Nenhum dinheiro neste mundo cai do céu.

Abraço!

suno research recomendação

13 thoughts on “Os 1.942 Ativos da Minha Carteira de Investimento (Parte 2/2)

  1. Leon Reply

    Primeiro parabéns Uó, seu blog compartilha conteúdo que agrega, e isso já é um fator
    muito relevante.

    Sobre o desapego, é uma coisa extremamente difícil mesmo, a gente é bombardeado todo dia
    para consumir e manter, mas queria compartilhar contigo a respeito das roupas, o projeto333.

    Cara, estou acompanhando o blog e desejo muita sorte para você.

    • Ábaco Líquido Post authorReply

      Opa Leon!

      Penso que o ser-humano nasceu para consumir, foi programado para consumir. Não há como fugir desta sina, mas o porém está em se consumir de maneira sustentável, e até mesmo adiar o consumo. A necessidade de gratificação imediata é que coloca o comportamento geral da massa em cheque.

      Me fale mais sobre este projeto.

      Obrigado!

  2. Ronald Sampaio Reply

    Fala Uo. Beleza? Acompanho seu blog faz algum tempo e com certeza, ele é um dos Top Tier da finansfera. Parabéns! Uma perguntinha: uso o feedly.com para ler seus posts, mesmo lendo por lá, ainda conta como visualização?

    Abraço e bons lucros!

    • Ábaco Líquido Post authorReply

      Boa noite Ronald!

      Obrigado!

      Não sei lhe responder esta questão, na verdade nunca utilizei um leitor tipo este. O artigo chega completo lá?

      Valeu!

  3. Frugal Simple Reply

    Mestre, vc não pensou em trocar suas ações pelo PIBB11? Eu acho que no seu caso pode valer a pena sim, já que gosta de ter muitas ações, trocar por uma coisa só a uma taxa baixa poderia valer a pena no seu caso, assim como também trocar os fiis pelos fiis que são fundos de fiis como o BCFF11, o BPFF11 e outros, acho que tem uns 5.

    Melhor do que se dedicar a estudar ativos financeiros é melhorar cada vez mais seu blog e produzir mais coisas de qualidade.

    Eu não sei o que aconteceu que caiu de 1000 pra 300 na média, vou continuar postando e ver se sobe um dia, vou pagar essa hospedagem por um tempo, um dia ela se paga, mas pelo menos, imagino que seja um público que lê mesmo.

    abraço!

    • Ábaco Líquido Post authorReply

      Eu não gosto de muitas ações, rs. Só não tenho capacidade para escolher as melhores. Se tivesse conhecimento real deste mercado teria só umas 6 ações na minha carteira.

      Sim, não desista, já já seu blog estará bombando novamente.

      Grande abraço!

  4. soulsurfer Reply

    Alexandre, meu amigo, você conseguiu chegar a marca de 10 mil visualizações diárias?
    Caramba, só posso te congratular. Meus parabéns amigo. Você vem aplicando técnicas que aprendeu de marketing digital, continua fazendo boas postagens e o resultado vem chegando. Fiquei bem impressionado com a sua evolução.
    Um abraço!

    • Ábaco Líquido Post authorReply

      Bom dia Soul!

      Em dezembro visualizei uma oportunidade de uma série de artigos e fiz um planejamento. Executei este planejamento nos meses de janeiro e fevereiro. Imaginava uma aumento do tráfego mas o resultado final me surpreendeu. Penso que no mês que vem será maior ainda mas já no mês de maio começar a cair. Você deve estar se perguntando, que planejamento foi este?… vou responder porque não escondo nada… IR, rs.

      O fluxo poderia estar maior ainda, mas me esgotei psicologicamente e não estava mais conseguindo fazer artigos sobre este tema, então estou retornando aos posts normais. Mas ano que vem pretendo explorar mais este assunto.

      Grande abraço!

  5. Misael da Silva Reply

    Parabéns por mais um belo trabalho do blog.
    Muitos pensam que vida de blog é fácil tinha um colega e vi na prática que corrido. Pois tem que elabora novo artigo e ainda responde os comentários.
    Será possível que a Cmig irá ser privatizada??

    • Ábaco Líquido Post authorReply

      Opa Misael, obrigado!

      Dá trabalho sim e consome um certo tempo, quem não é blogueiro pode até pensar que é fácil, mas não há almoço grátis neste mundo. A vantagem é que você pode trabalhar de pijama, rs.

      Sobre a privatização da CEMIG, acho que seria uma boa para a empresa, acionistas e até a população. Mas se vai ocorrer ninguém sabe. rs

      Abraço!

  6. Frugal Simple Reply

    Parabens pelo faturamento Uó! Nada mais justo! Seu blog está cada dia melhor!
    Depois que eu coloquei o adsense pra ver se pagava a hospedagem de 21 reais por mes vi que não valia a pena. Meu blog tem uns 300 acessos diários e gera 3 centavos de dolar por dia. kkkkkkkk não se paga nem a energia elétrica pra carregar o pc, mas é a vida!

    Tomara que chegue logo o dia de vc ganhar 100 dolares por dia!

    Grande abraço!!

    • Ábaco Líquido Reply

      Fala Frugal!

      No início é difícil mesmo. Quando abandonei o antigo blog do Uó e passei a postar aqui no Abacus meus acessos diários passaram de 1.500 para 150. Com o tempo foram aumentando. No dia 10/2 atingiram o pico de 15.000 acessos. O segredo do negócio é a dedicação e a persistência. Todo trabalho uma hora ou outra é recompensado.

      Seu conteúdo é muito bom, seu blog é um dos que tem maior potencial na finasnfera, tem tudo para crescer.

      Grande abraço!

  7. Pingback: Pai Rico Pai Pobre: O Segredo da Construção de Riqueza Revelado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.